Marca Maxmeio

Resultado da busca por: Interior do rn

Não diria que foi uma viagem dos sonhos. Mas com certeza seria para o sertanejo que durante 7 anos não viu uma só folha verde e agora aos seus olhos pode ver a imensidade de barragens, açudes e barreiros cheios de água, alguns quase cheios e outros sangrando. Ao longo das estradas, seja de asfalto ou de chão, deparamos com rio e riachos com água correndo no sertão sofrido do interior do RN. Nesses tempos de chuvas a paisagem é outra, não parece ser no Nordeste. Da gosto viajar nesses tempos. Da gosto ver a alegria do sertanejo, da gosto ver o milharal com suas espigas e o plantio de feijão. Quanta fartura e quanto seria se todos os anos a chuva chegasse em abundância. Saímos de Natal na manhã do sábado, 28, e retornamos a Natal no final da tarde da segunda-feira, 30 de abril. Foram três dias de viagem para desfrutar das belezas do período de inverno.

Os registros fotográficos foram feito do açude Pataxó em Ipanguassu, da barragem Armando Ribeiro Gonçalves em Itajá, cachoeira de Caparina em Felipe Guerra, Martins, Cachoeira do Pinga em Portalegre, Patu, Jardim de Piranhas, Itans em Caicó, ponte Zé do Bastos com açude sangrando em Jardim do Seridó e por último o Gargalheiras em Acari, um dos mais belos açudes do nosso Estado que infelizmente ainda não tomou água.

Nos lugares onde existe pontos atrativos como cachoeiras e sangrias dos açudes, encontramos pessoas dos mais diversos lugares que fazem o caminho das águas para conhecer esse momento único. Ainda não é muita gente como o atrativo merece, pois falta incentivo e divulgação para esse fim. Poderia ser bem maior levando emprego e renda para essas regiões.

Por fim quero agradecer ao amigo Bruno Giovanni pela oportunidade de lhe acompanhar nessa viagem pelo caminho das águas.

 

O usuário do Sistema Único de Saúde no Rio Grande do Norte foi beneficiado nesta terça-feira (6) com aporte da Assembleia Legislativa de equipamentos para ampliar o alcance do atendimento móvel de urgência e emergência, através do repasse de 24 ambulâncias do tipo UTI’s para hospitais regionais e cidades pólo do Estado.

“Investimento em ambulância é investimento em saúde, sendo, portanto, uma forma de salvar vidas. A Assembleia Legislativa sabe da necessidade de hospitais e municípios terem equipamentos como esses, que a Assembleia está de forma inédita viabilizando. São UTIs capazes de realizar prontamente o atendimento de pacientes que sofreram traumas, podendo ser transportados com os primeiros atendimentos médicos para centros de tratamento mais especializados. O ato de hoje reflete a alegria da Assembleia em poder contribuir para melhor qualidade de vida do norte-rio-grandense”, destacou o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

A contribuição do Poder Legislativo com o reforço de mais 24 ambulâncias para a Saúde do Estado segue a orientação da atual Mesa Diretora em se comprometer com a resolutividade de questões que estão na pauta do cotidiano do potiguar. Anteriormente, em dezembro, 61 ambulâncias de menor porte já tinham sido viabilizadas para municípios de todas as regiões do Rio Grande do Norte, contribuição reconhecida por quem vive diariamente a superação da crise na saúde pública.

“É uma demonstração de que a saúde precisa de integração entre os poderes. A carência de equipamentos, as dificuldades que enfrentamos diariamente só podem ser vencidas assim. E isso não é só em nosso Estado. Deveria ser um exemplo nacional. Ao repassar as ambulâncias para os hospitais regionais, a Assembleia Legislativa vem somar ao esforço que o Estado vem fazendo para melhorias do setor”, enfatizou a secretária adjunta de Saúde do Estado, Hélida Bezerra.

Secretários de saúde municipais, diretores de hospitais regionais, vereadores e prefeitos que participaram da solenidade de entrega dos veículos destacaram as repercussões locais do reforço na saúde. Para a diretora do Hospital Regional de Caicó, Luciana Kadidjta, o equipamento destinado à região alcançada pela unidade hospitalar provocará melhoria significativa no atendimento.

“Não tínhamos uma ambulância do tipo UTI em nossa região. Com a entrega de hoje, o atendimento de urgência e emergência melhorará significativamente. Estamos falando de um hospital que atende 25 municípios e uma população estimada em 300 mil pessoas”, explicou a diretora do Hospital Regional de Caicó.

03032013-MartinsCasaPedra_0328b

 

Se o binômio sol e mar é o carro-chefe do turismo no Rio Grande do Norte, a riqueza do Estado potiguar possibilita inúmeras outras maneiras de fomentar o segmento. Hoje (30) aconteceu reunião para discutir as potencialidades turísticas em cavernas do RN. Secretários e técnicos no assunto apresentaram sugestões para que a ideia se torne um roteiro turístico consolidado em breve.

Hoje existem mais de mil cavernas catalogadas no Rio Grande do Norte, sendo mais de 10% com potencial turístico a ser explorado. Para montagem de um roteiro inicial foram selecionadas oito cavernas e um sítio arqueológico, situados nos municípios de Mossoró, Apodi, Martins e Felipe Guerra. Entre os critérios adotados também se levou em consideração a rede hoteleira já apta a receber boa demanda turística.

“Este governo acredita na interiorização do turismo desde o início da gestão. O Geoparque Seridó já é quase uma realidade. Semana passada levamos o Festival de Jazz para Mossoró e bancamos a segunda edição em São Miguel do Gostoso. E esse roteiro de cavernas é outra maneira de fomentarmos o turismo regional integrado”, avaliou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

Também presente à reunião, a presidente da Emprotur, Aninha Costa, lembrou ainda a ação do Governo do RN que veiculou 12 matérias em TV Aberta com atrativos turísticos de dezenas de municípios potiguares. “O Rio Grande do Norte não é só Natal e Pipa. Uma ação como essa que reúne várias secretarias para promover o turismo regional é mais uma demonstração da aposta do Governo no turismo”.

Além de Ruy Gaspar e Aninha Costa, também participaram o governador em exercício, Fábio Dantas, os secretários de Desenvolvimento, Flávio Azevedo, de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Mairton França, de Infraestrutura, Jader Torres, a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o diretor geral do Idema, Rondinelli Oliveira, a procuradora do Estado, Marjorie Madruga, a subsecretária de Turismo, Solange Portela, além de titulares de pastas dos municípios de Apodi, Baraúna, Felipe Guerra, Governador DixSept Rosado, Martins e Mossoró.

As oito cavernas propostas para o roteiro inicial, são: Furna Feia (Parque Nacional, em Mossoró), Furna Nova (Mossoró), Abrigo do Letreiro (Mossoró), Poço Feio (Governador Dix-Sept Rosado), Gruta dos Crotes (Felipe Guerra), Gruta da Carrapateira (Felipe Guerra), Gruta da Catedral (Felipe Guerra) e Casa de Pedra (Martins).

O Parque Nacional de Furna Feia, situado entre Mossoró e Baraúna, será tema de programa exibido nesta quinta-feira (2), na BandNews, às 22h, sendo uma das matérias captadas pela ação do Governo do RN, via Setur e Emprotur, com produção da RN Vídeos. Durante a reunião foi apresentado projeto para regularização de visitas no Parque e, assim, possa integrar os roteiros de ecoturismo de aventura do país.

Assessoria de Comunicação SETUR/EMPROTUR

Esta e outras imagens do RN, você encontra no nosso BANCO DE IMAGENS, www.csfotojornalismo.net

Dourado em Currais Novos
_MG_8161

Gargalheiras em Acari
_MG_8189

Itans em Caicó
_MG_8297

Registros feitos neste sábado dia 10 de outubro e que mostram a precária e triste situação que vive municípios do interior do Rio Grande do Norte por causa da falta de chuvas.

 

 

 

 

 

Foto: Vlademir Alexandre
DSC8759-680x453

Mineiro visitou na manhã desta segunda-feira, 21, a mostra “Bravo Sertão”, que reúne 20 fotografias de Canindé Soares, um dos mais conhecidos fotógrafos potiguares, retratando os efeitos da seca no interior do Rio Grande do Norte. A exposição ficará aberta ao público até o próximo dia 28, das 8h às 15h, no salão nobre da Assembleia Legislativa.

“A exposição reúne registros sobre a realidade desse momento de seca que estamos vivendo no Rio Grande do Norte. As fotos foram feitas em várias cidades e regiões nos últimos três anos”, explicou Canindé Soares.

Para Mineiro, além da beleza artística do trabalho de Canindé Soares, a exposição chama atenção para o drama da estiagem prolongada que vive nosso estado. Na opinião dele, é uma forma de sensibilizar a sociedade para o problema.

“Esse é um assunto fundamental. Nós que vivemos em Natal às vezes não temos dimensão da situação no interior do Rio Grande do Norte, onde as famílias estão tendo que comprar água para sobreviverem. Em muitos lugares nem comprando há mais água”, comentou.

A mostra segue até a próxima sexta-feira, 2 de outubro na Assembleia Legislativa, aberta ao público.

 

Fotos: Humberto Sales
PMeleicao14 (1)

Por Nadjara Martins
repórter – Tribuna do Norte

 

O policiamento no interior do Rio Grande do Norte passará por uma operação de reforço neste final de semana. No final da manhã de ontem (3), 778 policiais foram enviados para as mesorregiões do Estado – com exceção do Seridó – para fazer a segurança do pleito eleitoral durante o final de semana. O efetivo fará o transporte e a proteção das urnas, mas também atuará no combate ostensivo aos crimes eleitorais.

Leia mais em www.tribunadonorte.com.br

 

08 de agosto de 2014 às 00:11

As arribaçãs invadiram o interior do RN

_MG_0075

 

Nesta quinta-feira (7), quando voltava de Parelhas observei centenas de arribaçãs sobrevoando a região. Decidi ir em busca do lugar onde estariam fazendo a postura para fazer o registo. As imagens falam por si só.
Não vou revelar o local para não despertar atenção dos caçadores. Aproveitando para informar que a caça a arribaçã é proibido, sendo assim um crime ambiental com punição de multa de R$ 500,00 por unidade apreendida e quem estiver de posse das aves vai responder processo que pode levar a detenção de até três anos. O IBAMA orienta a população para que ajudem a combater essa prática denunciando através do 84 3342.0410 ou para Polícia Militar.

image

image