Marca Maxmeio

Notícias

A governadora Fátima Bezerra assistiu na manhã de hoje (19) à tradicional missa de São José, no município de Angicos, na região central do RN. Considerado o padroeiro da família e também chamado pelos sertanejos de “o santo da chuva”, que traz esperança de um bom inverno, a festa teve início no dia 10 de março e foi finalizada na tarde desta terça-feira com a procissão. “É com muita satisfação que eu participo da festa dedicada a São José, o santo que simboliza a chegada do inverno para o homem e a mulher do campo”, afirmou Fátima.

Com seus guarda-chuvas a postos, na expectativa da tão aguardada chuva, a população participou atentamente da missa celebrada pelo arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha e pelo padre Jailton Soares da Silva, pároco de São José dos Angicos. Na ocasião, ele solicitou a D. Jaime que conceda o título de Santuário Josefino Diocesano à matriz de São José dos Angicos, no ano de 2020, quando completará 150 anos, o qual teve seu pleito de pronto atendido. “O povo trabalhador da nossa região, que da terra cultiva o sustento da sua família, tem uma personalidade forte e que se identifica bastante com o padroeiro”, disse o pároco.

Referindo-se à campanha da fraternidade, D. Jaime fez uma analogia com José do Egito, que segundo a Bíblia foi ministro do faraó e alertou que haveria sete anos de seca. “Ele armazenou alimento para os anos de seca. Isso que ele fez foi uma política pública, que nada mais é do que uma intervenção do poder público para a população, ou seja, são ações do governo para atender aos anseios e necessidades do povo”, declarou.

A missa foi realizada na praça José da Penha, em frente à igreja, teve início por volta das 9h30 e contou com a presença de Samanda Alves (secretária adjunta do Gabinete Civil), Deusdete Gomes (prefeito), Ivaneide Gomes (secretária de ação social do município), Edileuza Palhares (vereadora), Neto de Dezin (vereador), Rosalba Ciarlini (prefeita de Mossoró), Garibaldi Filho (ex-senador), dentre outras lideranças da região.

Região Central receberá Policlínica

Depois de participar da missa, Fátima Bezerra prestou contas à população durante entrevista à Rádio Cabugi Central 104 FM. Ela comentou sobre as ações em execução para restabelecer o equilíbrio financeiro fiscal do Estado. “Paralelo ao esforço que temos feito, catando moeda, revisando contratos, economizando nas contas, estamos buscando recursos extras para quitar as folhas atrasadas”, destacou ao anunciar que nesta quinta-feira (21) haverá uma nova negociação para a venda dos royalties e que está em curso a renegociação da folha de pagamento com os bancos. “Quando os recursos extras entrarem terão destino certo: pagamento dos servidores”, acrescentou.

Ela comentou que além de a gestão estar focada em colocar em prática o plano de recuperação econômica, busca também criar um ambiente favorável para a geração de emprego e renda, atraindo investidores para o estado, e citou o diálogo com empresas como Potiporã, Grupo Vicunha Têxtil, Enerfín (energia eólica) e Coteminas.

Outra área abordada na entrevista foi a saúde. “Vamos honrar um compromisso de campanha e criar a rede de policlínicas do RN e garanto que haverá uma policlínica na região central”, enfatizou para os ouvintes. A governadora afirmou ainda que está no planejamento das ações de saúde, recuperar o Hospital Regional de Angicos.

 


Assecom-RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Btn Posts Anteriores