Marca Maxmeio

Resultado da busca por: arena das dunas

06 de abril de 2011 às 16:24

Juca Kfouri realiza palestra na UFRN

Juca Kfouri realiza palestra na UFRN e critica obras da Copa

Jornalista falou sobre a situação das obras da Copa do Mundo e das Olímpiadas do Rio de Janeiro, criticando ferrenhamente as organizações dos eventos.

Por Geraldo Miranda – Nominuto.com

“Sai de São Paulo e vi aquele lindo estádio, o Fielzão, e ao chegar a Natal vi também esta maravilha de Arena das Dunas”. Com esta ironia, o jornalista esportivo Juca Kfouri abriu sua palestra no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde falou sobre Copa 2014, casos curiosos de sua carreira e temas polêmicos.

José Carlos Amaral Kfouri é natural d São Paulo e nasceu no dia 4 de março de 1950. Ele é formado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Juca Kfouri começou sua carreira no jornalismo nas revistas Placar e Playboy, foi comentarista do SBT, da rede Globo, da rede Cultura, da RedeTV e, atualmente, está na Rádio CBN e ESPN Brasil, além de ser colunista da Folha de São Paulo.

O jornalista falou sobre como começou sua carreira e fez criticas a organização da Copa de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. “Aqui no Brasil a desorganização começa pelos chefes dos comitês. No caso da Copa, temos o exemplo de da copa da Alemanha, onde o chefe do comitê organizador foi Franz Beckenbauer e nas Olímpiadas de Londres temos o ex-atleta Sebastian Coe”, diz.

Juca Kfouri também comentou sobre a falta de mudanças a frente das organizações esportivas e definiu o momento do país no esporte como um “boom do negócio esportivo, onde infelizmente não é um boom do esporte, hoje o Brasil não tem nenhuma formação olímpica para ser sede da olímpiada. Hoje estamos léguas e léguas dos outros países em termo de organização. Hoje o que temos em relação ao futebol é que nós somos uma fabricação de talentos que é invencível, por isso justifica a vinda da copa”, explica.

E para justificar a critica o jornalista usou como exemplo o Pan Americano do Rio de Janeiro. “Na hora de se falar em gastos o Pan só deveria gastar por volta de 400 milhões, porém foi gasto por volta de 4 bilhões de reais, onde seria feita a despoluição das lagoas Rodrigo de Freitas e da Guanabara, além da criação de uma linha de metrô, porém nada disso foi feito e o pior se criou o complexo aquático Maria Lenk sob a desculpa de se usar para as olimpíadas, mas já foi informado pelo COI que este complexo não comportará as provas aquáticas e que nós teremos que construir outro. No fim das contas vamos gastar mais ainda”, dispara.

E em relação a Copa de 2014 Juca Kfouri foi enfático em relação ao jogo politico do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. Ele atacou a forma com que está sendo feitos os projetos da Copa e que não existe necessidade de se fazer como na Europa.

“Aqui nós todos temos que rever os princípios para organizar esta copa, pois estamos fazendo uma copa da Alemanha no Brasil. Construindo novos estádios com padrão europeu e que serão usados apenas por um mês. Porque nós não reformamos os nossos estádios, invés de derrubar e construir outros. É um absurda a situação de São Paulo, preterir o Morumbi, que já é um dos melhores estádios do Brasil, só para ter que gastar com outros, isto é jogar dinheiro fora”, diz o jornalista.

 

16 de março de 2011 às 01:26

Recursos para obras da copa

MINISTRO DOS TRANSPORTES GARANTE OBRAS DE ACESSO À ARENA DAS DUNAS
Em audiência com a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, em Brasília, nesta terça-feira (15), o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, garantiu a liberação de recursos para obras de acesso a Arena das Dunas. As obras fazem parte do pacote de melhorias relacionados com a realização da Copa do Mundo de futebol de 2014.
A principal delas é o prolongamento da avenida Prudente de Morais até a Br 101, o que permitirá o desafogamento do trânsito até o estádio onde acontecerão os jogos na capital potiguar. A obra também facilitará o acesso para quem se deslocar do aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, para a área.
A governadora destacou a importância de acelerar a execução da obra, mesmo antes da realização da Copa, que resolverá os problemas de trânsito na região, já complicado nos dias de hoje.
“Minha luta incansável em agilizar essas obras não é só pensando na Copa de 2014. O mais importante é encontrar alternativas eficientes para resolver o problema do trânsito nas nossas rodovias, um desafio para os gestores em todas as grandes cidades do país”, concluiu.
O próximo passo será o envio do projeto do executivo para a pasta de Alfredo Nascimento. O secretário responsável pela ações da Copa, Demétrio Torres, informou que o projeto será enviado nos próximos dias.
18 de fevereiro de 2011 às 01:27

Mobilidade para Copa do Mundo de 2014

Prefeita Micarla de Sousa em reunião com o Ministro dos Esportes Orlando Silva

Prefeita Micarla presenteia o ministro com o livro Vem Viver Natal

Prefeita Micarla assina contrato para elaboração dos projetos

Prefeita de Natal assina contrato para elaboração dos projetos executivos

Na presença do ministro dos Esportes, Orlando Silva, a prefeita de Natal, Micarla de Sousa, assinou o contrato de consolidação dos projetos executivos das intervenções do programa de mobilidade urbana da cidade de Natal para a Copa do Mundo de 2014. O contrato foi celebrado entre Prefeitura de Natal e o consórcio EBEI (Empresa Brasileira de Engenharia de Infraestrutura Ltda) e MWH Brasil (MWH Brasil Engenharia e Projetos Ltda).

Com a assinatura do contrato para elaboração dos projetos executivos, a prefeita autoriza a conclusão para os 12 projetos de mobilidade urbana, o que representa um investimento de R$ 338 milhões, sendo R$ 293 milhões de financiamentos e R$ 45 milhões de recursos próprios. A licitação para as obras do lote 1 foi finalizada em dezembro de 2010 e a empresa vencedora do processo licitatório foi a Empresa Industrial Técnica (EIT).

A prefeita Micarla de Sousa falou sobre o contrato no valor de R$ 7 milhões. “Eu acabo de assinar o resultado da concorrência pública através de edital com relação aos projetos executivos para a Copa de 2014”, esclarece a prefeita. O contrato referente ao lote 1 já foi elaborado e licitado e o início das obras está previsto para o início do mês de maio, um mês antes do primeiro desembolso da Caixa Econômica Federal.

A chefe do Executivo Municipal também enfatiza o compromisso de Natal como sede do Mundial da Fifa e garante o cumprimento dos prazos. “O ministro Orlando Silva veio até Natal, presenciou a assinatura do termo e viu, não só diante dos relatos feitos por mim, mas também pelos nossos técnicos, que Natal está mais do que nunca dentro da Copa e que nós estamos cumprindo os prazos determinados pela Fifa e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF)”, garante a prefeita.

O ministro Orlando Silva confirmou, mais uma vez, a sua confiança e aprovou a assinatura do contrato pela prefeita Micarla de Sousa. “O fundamental agora é que Natal cumpra com o seu dever de casa porque o ‘Arena das Dunas’ merece muita dedicação. E é este o sentimento que sinto da prefeita, que acabou de assinar o contrato para as obras executivas e que, dentro de pouco tempo, serão concluídas para dar início às obras do primeiro lote, que são as principais intervenções de mobilidade urbana. Essa era a minha preocupação e que a prefeita ajudou a dissipar com a assinatura deste contrato”, disse o ministro dos Esportes.

Durante a assinatura do contrato estiveram presentes, além do ministro Orlando Silva; o assessor especial para os assuntos do futebol do Ministério dos Esportes, Alcino Reis; os secretários municipais do Gabinete Civil, Kalazans Bezerra; do Planejamento, Orçamento e Finanças, Antônio Luna; de Obras Públicas e Infraestrutura, Sueldo Florêncio; de Mobilidade Urbana, Marco Antônio Silva; de Comunicação Social, Jean Valério; e o consultor de Natal na Copa de 2014, Rodrigo Sintra.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Natal

NATAL: A SEDE DA COPA DO MUNDO DE 2014

Natal será não somente sede da Copa. Será a melhor sede da Copa 2014 do Brasil. Não há possibilidade da nossa cidade deixar de figurar como uma das 12 sedes. Asseguramos esta certeza junto ao Governo Federal e ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, que confirmou diretamente ao deputado federal Henrique Alves (PMDB), na tarde desta quarta-feira.

Por parte da Prefeitura do Natal, quero reafirmar que todas as tarefas foram e estão sendo cumpridas. Primeiro no tocante ao licenciamento da área onde será construída a Arena das Dunas Novo Machadão. Depois na cessão da área ao Governo do Estado para que este realizasse licitação em modelo PPP (Parceria Público Privado) e escolha consórcio ou empresa responsável pelo nosso novo estádio.

Natal é a única cidade-sede da Copa de 2014 que já iniciou a concorrência para a contratação das empresas para execução das obras de mobilidade urbana na cidade. Ao todo, a Prefeitura do Natal vai investir R$ 330 milhões. A primeira etapa, em processo de licitação, compreende 5 lotes e totaliza R$ 170 milhões em investimento. São obras importantes que vão desafogar o trânsito e preparar nossa cidade para a demanda de público da Copa do Mundo.

É importante ainda destacar que a Prefeitura do Natal aguarda a aprovação, por parte do Governo Federal, de uma série de projetos como o Prodetur II, que destinará 77 milhões de dólares para a revitalização da orla marítima de Natal, e o PAC II, com a inclusão de mais de R$ 200 milhões em obras de drenagem e pavimentação, com destaque para as áreas do entorno da Arena das Dunas.

Com todo este processo em curso, projetos aprovados, licitações em andamento, investimentos assegurados, reiteramos que a parte que cabe a Prefeitura do Natal está sendo cumprida integralmente. Aproveito para tranqüilizar os natalenses que, assim como nós, sonham em sediar um evento de tal magnitude, que proporcionará o choque de desenvolvimento que a nossa cidade precisa e deixará um legado imenso para as futuras gerações.

Micarla de Sousa

Prefeita de Natal

21 de maio de 2010 às 14:17

Drenagem de Natal

Prefeitura conclui Plano de Drenagem de Natal e envia à Câmara Municipal

A Prefeitura do Natal irá necessitar de R$ 490 milhões para resolver os problemas dos 108 pontos críticos de alagamento espalhados por toda a cidade. O valor e os pontos foram levantados pelo Plano Diretor de Drenagem e Manejo de Águas Pluviais do Município (PDDMA), sendo apresentados em uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (21), no Palácio Felipe Camarão, pela prefeita Micarla de Sousa.

O PDDMA é o instrumento legal que aponta as diretrizes para os projetos de drenagem, visando à redução dos impactos causados pelas inundações em Natal. O documento possibilita ainda a elaboração de estudos técnicos sobre os problemas decorrentes do escoamento das águas das chuvas, com a participação direta da sociedade.

O plano, enviado pela prefeita à Câmara Municipal, traz um amplo diagnóstico da infraestrutura de drenagem do município, indicando ainda sugestões e soluções. Uma das iniciativas incluídas no PDDMA foi a criação de um Manual de Drenagem, que se aprovado irá impor normas e regras a serem seguidas por todas as obras, públicas e privadas, realizadas no município do Natal.

Para acompanhar a adequação das obras ao manual, a orientação do estudo é que sejam criados setores de fiscalização e de análise de projetos, dentro da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), especificamente voltados para os aspectos que envolvam a drenagem e o manejo de águas.

Distribuição

Com relação aos pontos críticos de alagamento existentes na cidade, o PDDMA identificou 13 na zona Oeste, 20 na Leste, 32 na Norte e 43 na Sul. Os investimentos necessários para solucionar os problemas desses 108 pontos foram estimados em R$ 30 milhões (Oeste), R$ 50 milhões (Leste), R$ 60 milhões (Norte) e R$ 350 milhões (Sul), totalizando os R$ 490 milhões.

Durante a elaboração do plano, também foram delimitadas as bacias e sub-bacias de drenagem existentes no território natalense. A medida facilitará a definição sobre o destino final das águas coletadas em cada uma dessas áreas. Além disso, também foi levantado um cadastro completo da estrutura de drenagem da capital.

Na zona Norte foram identificadas seis bacias de drenagem, totalizando 4.300 hectares, enquanto no restante da cidade há um total de 14 bacias, que representam cerca de 9.900 hectares de áreas. Foram identificados os pontos de recarga e taxas de infiltração, além da realização de um diagnóstico com foco no esgotamento sanitário e sua interferência na drenagem do município.

Na apresentação do PDDMA, a chefe do executivo municipal ressaltou que este é o primeiro plano completo e estruturado para resolver o problema de drenagem da cidade. “É fundamental que o Plano Diretor de Drenagem e Manejo de Águas Pluviais seja transformado em lei para que o projeto possa ser criteriosamente seguido. O Plano Diretor de Drenagem é a solução definitiva para os alagamentos da cidade”, enfatizou a prefeita Micarla de Sousa.

“Hoje vários problemas de alagamentos devem-se ao desrespeito do Plano Diretor de Drenagem elaborado há 35 anos. O novo plano apresentado pela Prefeitura vai regulamentar todo o setor através da aprovação da lei”, completou o secretário municipal de Obras Públicas e Infra-Estrutura, Demétrio Torres.

Discussão

A elaboração do Plano Diretor de Drenagem e Manejo de Águas Pluviais do Município (PDDMA) teve início em julho de 2008 e foi concluída em dezembro do ano passado, a cargo da LR Engenharia e Consultoria Ltda. Ao todo, 55 profissionais, dentre os quais especialistas das mais diversas áreas, participaram do levantamento.

O trabalho foi dividido em três fases. A primeira abrangeu os serviços preliminares e proposições do plano de trabalho, aprovado em audiência pública. A segunda incluiu o levantamento sobre os pontos críticos, a realização dos estudos ambientais, socioeconômicos, urbanísticos, de saneamento básico, hidrologia e hidrogeologia.

A terceira e última fase resultou na criação do Manual de Drenagem, na proposta de solução para os pontos de alagamento e na escolha dos delegados que representaram cada uma das quatro regiões da cidade, na votação do projeto final de minuta do PDDMA.

Durante todo o trabalho a participação popular foi uma constante. Além de moradores e técnicos da Semopi, participaram das diversas discussões e reuniões representantes da Caixa Econômica Federal (responsável pela maior parte dos R$ 3 milhões aplicados na elaboração do plano), de diversas secretarias municipais e de instituições como a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

“Nós demos carta branca para que os engenheiros, técnicos e estudiosos da área junto com a participação da sociedade apresentasse o melhor plano de drenagem para Natal, que é este que está sendo enviado para a Câmara Municipal”, disse a prefeita do Natal.

Prefeitura aguarda liberação de R$ 747 milhões da União

O trabalho realizado pela Prefeitura do Natal, junto ao Governo Federal, vem resultando na aprovação de verbas que podem garantir à cidade um choque de desenvolvimento, com a realização de obras fundamentais para a melhoria da infraestrutura urbana. Ao todo, já foram captados R$ 747 milhões em investimentos da União somente para as áreas de drenagem e mobilidade urbana.

“O que nós precisamos é que o Governo Federal dê prioridade ao Plano Diretor de Drenagem de Natal. A Prefeitura fez a parte dela realizando os estudos, elaborando os projetos e o Plano Diretor. Por isso, faço um apelo que a nossa bancada unida possa conquistar os investimentos para a nossa cidade”, pediu Micarla de Sousa.

Principais obras previstas com recursos federais

Obras de mobilidade para a Copa 2014 – R$ 293 milhões

Pavimentação de corredores viários na zona Leste – R$ 4,2 milhões

Drenagem na zona Sul – R$ 19 milhões

Urbanização na zona Oeste – R$ 5 milhões

Urbanização e drenagem na zona Norte – R$ 20 milhões

Drenagem de Petrópolis, Tirol e Cidade Alta – R$ 24 milhões

Drenagem Lagoa Nova (Arena das Dunas) e lagoas de captação – R$ 280 milhões

Drenagem e pavimentação de San Vale e Parque das Colinas – R$ 80 milhões

Conclusão da drenagem e pavimentação de Nossa Senhora da Apresentação – R$ 22 milhões

13 de junho de 2009 às 10:09

Imagens do RN

csfotojornalismobbi

CLIQUE AQUI PARA IR DIRETO PARA O BANCO DE IMAGENS

 O BANCO DE IMAGENS E FOTOS AÉREAS DO RN

Já colocamos no ar o nosso BANCO DE IMAGENS. Estamos colocando fotos diariamente.

Acesse www.csfotojornalismo.net para ver as fotos, conhecer os lugares e comprar as fotos que tiver interesse. São fotos de Natal, de praias, das cidades do interior, de todo Rio Grande do Norte.

Quarquer dúvida ligue para 084 9994.2841 ou escreva para fotografia@canindesoares.com

Clique nos links abaixo para ver outras fotos:

Aéreas de Natal e outros lugares:
http://canindesoares.com/?s=a%C3%A9reas

Interior do RN:
http://canindesoares.com/?s=Interior+do+rn

Arena das Dunas:
http://canindesoares.com/?s=arena+das+dunas

Chuva em Natal e no interior do RN:
http://canindesoares.com/?s=Chuvas

 

*Fotos protegidos pela Lei ( n° 9.610 de 19/02/98) Brasileira dos Direitos Autorais.
É crime a reprodução total ou parcial, através de qualquer meio, sem autorização, por escrito, do respectivo autor.

Fotografias liberadas para serem usadas sem fins lucrativos nas redes sociais, blogs e site pessoais com link para o blog e sem tirar a marca d´água, logicamento respeitando o direito do autor.

Tags:

acari, currais novos,  chuva, fotojornalismo, fotojornalista, fotógrafo, gargalheiras, seca, caatinga, rn, praias, aéreas, interior, castelo, dunas, barragem, mina, chelita, xelita, scheelita, comporta, jumento, coruja, galo de campina, sertanejo, litoral, eólica, salina, sertão, caicó, currais, mossoró, macau, santa rita, santa cruz, patu, santuário, lima, rapel, ne, rupestre, natal, farol, parelhas, serra, caju, cajueiro, pipa, galinhos, caiçara, jangada, pescador, pico, repórter-fotográfico, cacto, pássaro, seca

cidade do natal, natal rn, cidade do sol, imagens aéreas de natal, fotógrafo em natal, fotografo natal rn, fotógrafo natal rn, fotógrafo no rn, fotos aéreas, fotos do litoral do rn, fotos de praias do rn

fotos de seca, fotos do rn, fotos de natal, fotos do sertão, fotos aéreas, imagens de seca no nordeste, ne, fotos de praias, fotos do litoral do rn, fotos de dunas, fotos de eólicas, fotos de igrejas

imagens aéreas do brasil, imagens aéreas da capital do brasil, brazil

pictures, photos, aerial, photographs, Brazil

04 de junho de 2009 às 22:58

Kelps Lima em Brasília

STTU apresenta projetos de mobilidade para a Copa no Ministério das Cidades
Projetos incluem viaduto e túnel na Urbana e acesso pelo KM 6 até a Amintas Barros e Antônio Basílio
kelpspedromagdaharoldo
Em Brasília, Kelps (e) apresenta projetos a Pedro Pereira e Magda Hennes, do
Ministério das Cidades, acompanhado do secretário adjunto de Trânsito de Natal, Haroldo Maia

 

O secretário de Transporte e Trânsito Urbano de Natal, Kelps Lima, protocolou no final da tarde de quarta-feira, 3 de junho, no Ministério das Cidades, em Brasília, dois projetos de mobilidade da Prefeitura de Natal que vão facilitar o acesso do natalense num dos trajetos mais importantes para o trânsito durante a Copa do Mundo: do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante até a Arena das Dunas, a ser erguida no espaço onde hoje funciona o Centro Administrativo do Governo do Estado e o Estádio Machadão.

 

No Ministério das Cidades, Kelps Lima participou de reunião e detalhou para a gerente de Projetos do Ministério, Magda Hennes, a concepção de um complexo de viadutos e túneis no Largo da Urbana e um acesso rodoviário daquele trecho para as Avenidas Amintas Barros, Nascimento Castro e Antônio Basílio, facilitando o tráfego da região Norte para a área de Lagoa Nova e desafogando a Avenida Bernardo Vieira.

 

“O principal argumento para a realização desses projetos é que eles serão úteis principalmente ao morador de Natal. O maior legado deles é que não serão apenas obras pontuais, para funcionar apenas nos 30 dias da Copa do Mundo, mas, principalmente, para o pós-copa”, declarou o secretário.

 

Os dois projetos viários estão avaliados em R$ 33 milhões e já estão em estudos pelo Ministério das Cidades. O secretário debateu a viabilidade das construções com a gerente Magda Hennes e com dois outros técnicos do mesmo Ministério, Eduardo Sanches e Pedro Pereira, para dotá-los de argumentos quando estes forem defender as obras junto à Casa Civil do Governo Federal, a qual caberá a seleção de todas as obras de embasamento estrutural para a Copa do Mundo.

19 de janeiro de 2009 às 10:25

Papel de parede

19_9856

 Ponte Newton Navarro

40_4002
Ponta Negra

45_9904
Pipa

89_2372
Galinhos

 IMG_0562
Santuário de Santa Rita de Cásia

z_5393
Natal

33b_9651
Arena das Dunas

_MG_0916
Arena das Dunas

Obs.: Esta outras imagens milhares de imagens você encontra em nosso BANCO DE IMAGENS (www.csfotojornalismo.net – O Banco de Imagens do RN)

Fotografias liberadas paras serem usadas nas redes sociais, blogs e site pessoais sem tirar a marca d’água e com link para www.canindesoares.com, logicamento respeitando o devido crédito.

Para colocar este Papel de Parede no seu computador:
Clique na imagem, quando  estiver completamente aberta, clique nela com o botão direito do mouse e selecione:
Windows 95, 98 e Me:
Definir como papel de parede
Windows XP:
Definir como plano de fundo
Para salvar a imagem:
Salvar imagem como…

_MG_4021

_MG_3997

Na tarde da segunda-feira (14), a diretoria do América-RN convocou a imprensa para coletiva na sede social, no Tirol, e comandada pelo vice-presidente de Futebol, Eduardo Rocha, falou-se a respeito do futuro do clube e sobre o ato de vandalismo praticado por parte da torcida, ao final da partida diante do Juazeirense – BA, no último domingo (13), na Arena da Dunas.
Antes de abrir para as perguntas, o presidente José Rocha afirmou que o América, mesmo diante da não ascensão, continua vivo. E virá em 2018 com toda força para cumprir o calendário. “Nós não vamos recuperar o América. Nós não tivemos o acesso, mas fizemos um campeonato muito bonito, e daqui para frente vamos trabalhar para que o clube continue crescendo para ser maior do que já é.
Em seguida, Eduardo Rocha começou a falar sobre as ações de vandalismo na última partida e afirmou que o departamento jurídico está trabalhando para que todos os responsáveis sejam identificados e processados. A entrevista foi realizada na sede do time potiguar.
“Isso não vai ficar barato. O América vai processá-los, já falamos com o nosso setor jurídico. Tem que mexer no bolso, que é onde dói mais. E acho que as autoridades deveriam afastar essas pessoas por pelo menos cinco anos de comparecer ao estádio. Ou se toma providências ou nós vamos ver campear esse tipo de violência desnecessária”, disse o vice de Futebol, Eduardo Rocha completando que o clube terá que arcar com os prejuízos após a partida, quando foram depredadas cadeiras, catracas eletrônicas, banheiros e quiosques.
Em seguida foi falado a cerca do futuro do clube, e o dirigente foi enfático que precisará cortar gastos, mas que em novembro estará a todo vapor, de olho no calendário de 2018.

Quanto ao desligamento do elenco, treinador, comissão técnica, bem como demais funcionários, serão definidos nesta terça-feira (15).
Eduardo finalizou a conversa agradecendo o apoio da torcida americana nesta Série D do Brasileiro, lamentando uma campanha tão bonita e vitoriosa ter encerrado a temporada sem conquistar o objetivo mais importante do ano, que era o acesso para à Série C do Brasileiro de 2018.
“Queremos agradecer a nossa torcida que mostrou mais uma vez ser a maior do Rio Grande do Norte. Não adianta dizer que tem torcedor se ele não vai a campo. O nosso torcedor vai a campo e ontem, colocamos quase 13 mil pagantes. Se você pegar o scout de pagantes dos jogos do América-RN é maior que qualquer time do Rio Grande do Norte mesmo o clube terminado a competição precocemente”, finalizou.