Marca Maxmeio

Notícias

A reconstrução facial forense é uma técnica muito usada no meio policial para devolver o rosto de uma vítima de crime a partir do seu crânio. Essa técnica também é bastante utilizada para reconstruir faces advindas de esqueletos encontrados em escavações arqueológicas. No Rio Grande do Norte, existem pesquisas arqueológicas com descobertas de crânios pertencentes a povos que habitaram a região antes da chegada dos colonizadores. Um desses crânios, que pertence ao acervo do Museu Câmara Cascudo (MCC/UFRN), receberá uma face e ela será revelada durante a Campus Party, evento mundial que acontece pela segunda vez em Natal, entre 16 e 18 de agosto, no Centro de Convenções.

O projeto começou há três meses, quando o 3D designer, Cícero Moraes, foi convidado para ser um dos principais palestrantes do evento. Moraes e os organizadores entraram em contato com o arqueólogo Moyses Siqueira, chefe do Setor de Arqueologia do MCC, e iniciaram as conversações acerca da possibilidade de reconstruir algum crânio arqueológico pertencente ao acervo.

Parceria acertada, os trabalhos se iniciaram e o crânio foi digitalizado em 3D, através de um processo conhecido como fotogrametria. A equipe do museu executou 72 tomadas fotográficas em círculo para abordar as partes mais importantes do crânio. As capturas foram então enviadas a um software que as converteu automaticamente em um objeto 3D, ou seja, a representação digital do crânio.

O processo de reconstrução facial consiste em utilizar dados estatísticos e anatômicos para, por meio de escultura digital, devolver o rosto ao crânio escolhido. A técnica teve os seus primeiros resultados acadêmicos no final do século XIX e ao longo dos anos vem se desenvolvendo e atualmente, graças à popularização dos microcomputadores, foi portada para o mundo digital. O resultado do projeto potiguar poderá ser apreciado na Campus Party Natal, durante palestra ministrada por Cícero Moraes e também no Museu Câmara Cascudo, com a presença do corpo técnico da instituição, onde o rosto ficará em mostra permanente.

Sobre a Campus Party

A Campus Party é um dos maiores encontros de tecnologia, onde são trocadas experiências tecnológicas reunindo jovens geeksem um festival de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e entretenimento digital. O evento será realizado numa parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Prefeitura Municipal de Natal e Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

A Campus Party conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, México, Argentina, Alemanha, Reino Unido, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia e Equador. O evento está presente no Brasil há dez anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Btn Posts Anteriores