Marca Maxmeio

Notícias

Neste domingo(03), a cidade de Natal irá participar da Marcha Nacional das Famílias Contra as Drogas com uma grande mobilização no Hospital Psiquiátrico Professor Severino Lopes, a partir das 14h. O ato tem como objetivo mostrar o posicionamento contrário das Famílias Contra a Descriminalização das Drogas, que será votada pelo STF no próximo dia 06 de novembro.
A Dependência Química é um grande mal que tem assolado a nossa sociedade, destruindo sonhos e os futuros dos nossos jovens. A Associação Brasileira de Psiquiatria(ABP) tem se posicionado contrária a descriminalização pelos altos riscos e impactos, especialmente, no desenvolvimento do cérebro dos 12 aos 23 anos, e pelos graves danos psíquicos causados nos dependentes independente da idade. Hoje é vista como um problema de saúde pública que poderá aumentar alarmantemente em caso de descriminalização.
A marcha está sendo organizada em todo Brasil por associações que atuam na área da recuperação dos dependentes químicos, como Amor exigente, instituições religiosas e familiares. No RN, a Associação dos Familiares e Amigos dos Doentes Mentais do RN -AFDM e a Federação Nacional das Associações em Defesa da Sáude Mental, com o Apoio do Hospital Psiquiátrico Prof. Severino Lopes-HPPSL, aderiram a mobilização Nacional organizando o ato público.
A coordenação nacional do movimento tem reforçado que o risco para nossa população jovem e mesmo a adulta será enorme, pois certamente irá aumentar o número de consumidores das drogas, causando enormes danos para toda a sociedade, dentre eles o aumento da violência. Por exemplo, no Uruguai, em 2013, após a legalização, o chefe da Polícia Federal uruguaia deixou claro que a violência aumentou vertiginosamente depois da legalização da maconha no país.
Serviço: Marcha das Famílias contra as Drogas
Quando: 03/11/19- Domingo às 14h no HPPSL,
Como chegar: situado na Av. Romualdo Galvão, nº 588. Barro Vermelho.
Público: O movimento contará com a participação de Famílias, Profissionais, Entidades Representativas e Sociedade civil.
Promoção: AFDM e FENAEMD-SM – Federação Nacional das Associações em Defesa da Sáude Mental.
Apoio : HPPSL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Btn Posts Anteriores