Marca Maxmeio

Notícias

Paraty em Foco 2012

De 26 a 30 de setembro

Resultado da paixão do fotógrafo italiano Giancarllo Mecarelli por Paraty-RJ, o Paraty em Foco foi criado em 2005 com o intuito de incentivar e promover a arte fotográfica e atualmente é uma das maiores iniciativas culturais do país ligadas a essa área. Hoje já est[a entre os 10 mais importantes festivais de fotografia do mundo. São 4 dias com uma programação rica e atual, com a presença de grandes nomes da fotografia mundial.

 

A Cidade

Bela cidade colonial,considerada Patrimônio Histórico Nacional, preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos.

 

Passear pelo Centro Histórico de Paraty é entrar em outra época, onde o caminhar é vagaroso devido às pedras “pés-de-moleque” de suas ruas.

 

As construções de seus casarões e igrejas traduzem um estilo de época e os misteriosos símbolos maçônicos que enfeitam as suas paredes nos levam a imaginar como seria a vida no Brasil de antigamente. A proibição do tráfego de automóveis no Centro contribui para esta viagem pelo “Túnel do tempo”.

 

A cidade foi fundada em 1667 em torno à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, sua padroeira. Teve grande importância econômica devido aos engenhos de cana-de-açúcar (chegou a ter mais de 250), sendo considerada sinônimo de boa aguardente.

 

No século XVIII, destacou-se como importante porto por onde se escoava das Minas Gerais, o ouro e as pedras preciosas que embarcavam para Portugal. Porém, constantes investidas de piratas que se refugiavam em praias como Trindade, fizeram com que a rota do ouro fosse mudada, levando a cidade a um grande isolamento econômico.

 

Após a abertura da Estrada Paraty-Cunha,e principalmente, após a construção da Rodovia Rio-Santos na década de ’70, Paraty torna-se pólo de turismo nacional e internacional, devido ao seu bom estado de conservação e graças às suas belezas naturais.

 

Em sua área encontram-se o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Área de Proteção Ambiental do Cairuçú, onde está a Vila da Trindade, a Reserva da Joatinga, e ainda, faz limite com o Parque Estadual da Serra do Mar. Ou seja, é Mata Atlântica por todo lado.

Fonte: http://www.paraty.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 comentários em “Paraty, sinônimo de preservação histórica

  1. José Antônio P. Rodrigues disse:

    Paraty é cercada de Mata Atlântica. Tudo preservado, a cidade e a mata. Natal, nem a cidade nem o resto de Mata Atlântica. A devastação dos morros do Tirol, com as encostas todas desmatadas, já alcançou as alturas do Estádio Juvenal Lamartine. As construções de casas de alvenaria avançando em direção aos fundos da Escola Doméstica, como quem vai pras bandas do Quartel do 16 RI, parecendo até que faz parte do projeto de repaginação urbana para a Copa do Mundo de Natal. Todo mundo fazendo que não vê…

  2. Animais nao sao maquinas… diga nao a exploracao dos cavalos de Paraty a a implementacao de transporte altenativos.

  3. Animais nao sao maquinas… diga nao a exploracao dos cavalos de Paraty a a implementacao de transporte altenativos.

  4. Belas fotos eu estive em Paraty em 1990 fazendo uma producao para uma cofeccao do Rio de Janeiro. Paraty e lindo.

  5. Roger disse:

    Um trabalho perfeito. Fotos marcantes que ilustram a arte através da fotografia. Roger- Corretor de Imóveis.

  6. José Antônio Pereira Rodrigues disse:

    A foto grande, de cima, olhando ligeiramente a silhueta linear do casario, parece o nosso prédio histórico da RAMPA. Mas um diferencial as distingue e separa, anos-luz de responsabilidade política dos governantes: justamente o compromisso com a preservação dos valores históricos, que aqui tanto faz falta.

  7. Caro Canindé, vc tem um olho de Coruja, outro de Águia!! por isso fotografa da forma mais bela!!
    grande abraço.
    Dom Peron

  8. Catarina Melo disse:

    Paraty é uma cidade maravilhosa ! Ficamos alguns dias no hotel da eterna diva Maria Della Costa . Tudo perfeito .

Btn Posts Anteriores