Marca Maxmeio

Notícias

Fotos: José Aldenir Joinha, Wellington Lima e Humberto Sales

Escritos da Alma – Flávio Rezende
– um cabra chamado Canindé –

Reza a lenda que há muitos e muitos anos atrás, nos caminhos da comunicação potiguar, cruzei destino com uma alma que atende na matéria pela alcunha de Canindé.
Bastou duzentas gramas de prosa e a bissaca estava cheia de simpatia mútua, admiração recíproca e amizade eterna.
E assim fomos indo, estreitando laços, ele clicando, eu reportando, até que ele se meteu a fazer o bem, coisa que eu fazia com gosto e, eu, para me vingar, atrevi também clicar e meter bedelho em seu curral.
Hoje estamos juntos e misturados, unidos viajamos, trocamos ideias, informações, ele me alumia nesse espaço que reina, eu ajudo divulgando seus feitos.
E nesse entrelaçar de vivências positivas, num tour com Jailson pelo litoral norte, ouço verbo do memorial de Canindé, ficando sabedor que menino pobre do interior na capital, ao render o pai na vigilância de um posto de combustíveis, viu gente levando retratos para riba, se interessando pelo ofício, e estando já nele, inconformado avançou para ter máquina, apontar mira, apertar botão, e eis, tanto tempo depois, ele assentado numa cadeira no interior da Capitania das Artes, autografando belíssimo livro para autoridades máximas e amigos muitos, do mesmo jeito que vigilava o posto e admirava os entregadores de fotos.
O tempo largo passou, Canindé venceu, convenceu, mas de sua humilde origem não se desvaneceu.
Wellington Lima ainda o chama de cabeça dura, Adrovando de cabrito difícil, Paulo Vitorino arregala os olhos, Debinha releva, Leandro Mendes aposta, Bolonha apoia e o mago das fotografias se revela, sempre focado, invocado, dando seu recado.
Se pelo conjunto da obra já era fã, hoje virei chacrete.
Que situação, rapá…

Flávio Rezende aos cinco dias, décimo segundo mês, ano dois mil e dezenove, 21h14.

 


 

Do autor:

Agradecimento a todos que estiveram envolvidos diretamente com produção do livro:

Marcelo Veni, Leandro Mendes, José Maria e Flávio Rezende.

A Professora Doutora Sylvana Kelly que aceitou fazer o prefácio. Dra. Sylvana em sua tese de doutorado teve nossa fotografia como objeto de estudo.

Agradecer também a todos os o patrocinadores e apoiadores culturais:

A amigo Decca Bolonha através da Potiguar Turismo, receptivo CVC que foi o patrocinador oficial pela lei municipal de incentivo a cultura Djalma Maranhão e a Prefeitura do Natal.

Aos apoiadores culturais:
Prefeitura Municipal do Natal através da Secretaria do Turismo e Fernando Fernandes, Secretário de Turismo, Supermercado Nordestão através de Walkuíria, Gerente de Marketing, Prefeitura Municipal de Macau através de Bosco Afonço, Secretário de Comunicação, Hemolab do Dr. José Medeiros – Diretor, Prefeitura Municipal de Parnamirim, através do Prefeito Rosano Taveira e Giovani Rodrigues, Secretário de Planejamento, Finanças, Turismo e Desenvolvimento Econômico, JMT Service de Jonas Alves da Siva – Diretor, Governo do Estado do RN através da Governadora Fátima Bezerra e da Jornalista Guia Dantas, Secretária de Comunicação, LGN Estruturas e Eventos de Luìz Gonzaga Nunes – Diretor.

Agradecer também pela cobertura fotográfica e video
Wellington Lima, José Aldenir Joinha e Humberto Sales

Todos veículos e amigos da imprensa que divulgaram o lançamento

E finalmente a todos que confiaram e compraram o livro antecipado e aos que foram ao lançamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários em “Sucesso de público e vendas no lançamento do livro “Litoral do RN – 410 km de Praias”

  1. Maria Zelia da Costa Lopes Fernandes disse:

    Ah, caro amigo…
    Você não diz, mas eu imagino que não usa câmera para fotografar.
    Você fotografa com a alma, Canindé.
    Parabéns por mais esse belíssimo trabalho – “Litoral do RN – 410 Km de Praias”.

    Ele é a própria poesia em cores!

  2. Maria Zelia da Costa Lopes Fernandes disse:

    Ah, caro amigo…
    Você não diz, mas eu imagino que não usa câmera para fotografar.
    Você fotografa com a alma, Canindé.
    Parabéns por mais esse belíssimo trabalho – “Litoral do RN – 410 Km de Praias”.

    Ele é a própria poesia em cores!

Btn Posts Anteriores