Marca Maxmeio

Resultado da busca por: Interior do rn

GalinhosIMG_2397

O ciclo de reuniões promovido pela equipe da Secretaria de Estado do Turismo RN com a representação dos cinco polos turísticos do Rio Grande do Norte terá início amanhã (8) e termina dia 10 de março, tendo uma reunião do Conselho Estadual de Turismo (Conetur) inserida na programação.

 

Em todas elas há pautas em comum: uma apresentação-síntese do Plano Estratégico e Marketing Turístico do RN, elaborado por empresa de consultoria internacional contratada pela Setur RN com recursos do RN Sustentável.

 

Também a apresentação das ações, projetos e propostas da Setur RN e Emprotur para o ano de 2017, já divulgadas em reunião realizada no Centro de Convenções de Natal para o trade e secretários de turismo.

 

O Programa de Regionalização do Turismo será o último dos itens fixos na pauta das reuniões a ser discutido. Outros assuntos de interesses de cada polo também serão ouvidos.

 

“Queremos dar transparência às nossas ações, além de ouvir a demanda de cada região. Julgamos importantes essas reuniões. Por isso temos mantido a regularidade, como não se fazia há pelo menos uma década”, destacou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

 

Data das reuniões

 

08/02 – Polo Costa das Dunas – (em Natal)

09/02 – Polo Agrete Trairi – (em Santa Cruz)

14/02 – Polo Serrano – (em Riacho da Cruz)

22/02 – CONETUR

09/03 – Polo Costa Branca – (em Macau)

10/03 – Polo Seridó – (em Caicó)

 


Assessoria de Comunicação SETUR/EMPROTUR

Apodi_LagedoDeSoledade_0263

Lajedo de Soledade, Apodi, RN

Desde o início da gestão Robinson Faria, a interiorização do turismo foi meta. Não à toa, partiu do Governo do RN a ideia de levar o evento musical de maior apelo turístico do Estado para Mossoró. E junto à realização do Fest Bossa & Jazz, também será promovido um fampress, ambos com recursos do RN Sustentável, com jornalistas de diferentes veículos da mídia nacional para cobrir o festival e também atrativos turísticos de Mossoró e cidades ao redor.

O Fest Bossa & Jazz em Mossoró começa hoje (24) com oficinas, palestras e workshops, e abre espaço à música nesta quarta e quinta-feira, em um grandioso palco montado na Estação das Artes Eliseu Ventania. Para acompanhar o evento, o Governo do RN, por meio da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), organizou um roteiro turístico para cobertura do fampress que abrange Mossoró, Apodi, Martins e Portalegre.

Na manhã desta quarta, o grupo partirá do Hotel Thermas, em Mossoró, para visitar o Lajedo Soledade, importante sítio arqueológico situado no município de Apodi. Segue para almoço no restaurante Alto da Serra, no mirante em Portalegre e visitas à cidade. Depois conhecerão a Casa de Pedra, em Martins, considerada uma das maiores cavernas do Brasil, até seguir de volta a Mossoró para breve descanso até o horário do início dos shows.

Na quinta-feira, o fampress visitará salinas, a praia de Tibau e o centro histórico de Mossoró, com almoço na Pousada Beijo Mar e volta ao Hotel Thermas à espera do Fest Bossa. “É uma aposta que fazemos na capital cultural do nosso Estado, que é Mossoró. A interiorização do turismo na região deve partir deste pólo e acreditamos que um evento do porte do Fest Bossa tenha apelo turístico para atrair visitantes para a cidade e, de lá, para municípios vizinhos”, avaliou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

A presidente da Emprotur, Aninha Costa, enfatiza que esta famtour também inclui, além dos jornalistas, representantes de operadoras de viagem, como CVC, Flytour e Azul, além de jornalistas de alguns dos principais veículos especializados em turismo, como as revistas Mercado & Eventos e Qual Viagem. “A nossa intenção é que eles não só conheçam o roteiro, mas também coloquem o produto em sua `prateleira’ para ser comercializado”.

O fampress segue já na manhã de sexta-feira direto para São Miguel do Gostoso, onde acontece a segunda etapa do Fest Bossa & Jazz, como realização do Governo do RN por meio da Setur e Emprotur e recursos do RN Sustentável, e produção de Juçara Figueiredo. Em “Gostoso”, o festival acontece na sexta e no sábado, no palco montado na Praia da Xêpa. Lá, os jornalistas passearão de buggy para ver o pôr do sol em Tourinhos, terão demonstração de aulas de Wind e kite surf e passeio de lancha em Perobas.

Assessoria de Comunicação SETUR/EMPROTUR

Esta e outras imagens do RN, você encontra no nosso BANCO DE IMAGENS, www.csfotojornalismo.net

23112014-_MG_9996b

cartaz-7oforum-turismo-rn162

 

 

O tema “Interiorização do Turismo” abrirá o segundo dia do Fórum de Turismo do RN, que ocorre nos próximos dias 17 e 18 de março, no pavilhão Morton Mariz de Faria, do Centro de Convenções de Natal. A palestra estará a cargo de Ana Clévia Guerreiro, gerente adjunta de Serviços do Sebrae Nacional e ex-coordenadora do Programa Nacional de Regionalização do Turismo de 2007 a 2011.

 

O debate posterior à palestra terá a mediação da professora Jurema Dantas (UnP). Participarão ainda o diretor do Senac-RN, Fernando Virgílio; o diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcante; a secretária adjunta de Turismo do RN, Solange Portela; e o responsável pelo projeto Geoparque Serió, Marcos Nascimento.

 

Simultaneamente ao Fórum, a 2ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur) vai divulgar o que o Estado tem a oferecer como produto turístico. Com 118 estandes de tamanhos variados, que reunirão municípios, empresas públicas e privadas e diversos segmentos representativos da cadeia produtiva, a Femptur espera a visita de cerca de quatro mil pessoas nos dois dias (17 e 18 de março). A estimativa tem base nos números do ano passado, que registraram quase 3,2 mil nos dois dias. Os stands expõem artesanatos, passeios, aplicativos para o Turismo, pousadas, entre outros, sempre oferecendo vantagens e promoções a quem visita a Femptur.

 

O 7º Fórum, com o tema “Promover Destinos, Desenvolver Regiões”, também vai contemplar palestras sobre destinos complementares, destinos de aventuras, recolocação profissional no mercado de turismo, como atrair empreendimentos hoteleiros, valorização das cidades do interior do RN como destinos turísticos, entre outros.

 

Serviço

O 7º Fórum e a 2ª Femptur terão os seguintes horários: Fórum (14h às 19h) e Femptur (14h às 22h). A entrada e o estacionamento da Femptur são gratuitos. Para o Fórum, a inscrição é de R$ 100 e R$ 50 (estudantes). Fone: (84) 99150-4242. Site: www.forumdeturismorn.com.br.

 

________________________________________________
Assessoria de Comunicação – 7º Fórum de Turismo do RN e Femptur
Taciana Chiquetti
Octávio Santiago 

IMG_1647b

Comporta da Barragem Boqueirão em Parelhas

 

Você sabia que já cresce cada vez mais o número de pessoas que adquirem pacotes de viagem e produtos de turismo pela internet? Por isso, o Governo do Rio Grande do Norte estabeleceu parceria com uma das maiores agências de viagem online do Brasil – o Hotel Urbano – para mapear e inserir hotéis e pousadas do Estado nesta ferramenta de vendas.

O Hotel Urbano é uma operadora de viagens relativamente nova, fundada em 2011 e já com 18 milhões de usuários ativos, possuindo a fan page relacionada ao turismo com maior número de seguidores do mundo – o que mostra a força e a tendência do marketing digital no setor. A página comercializa pacotes desde o albergue ao resort.

“Esta é uma grande ação para interiorização do nosso turismo com a inserção de seus empreendimentos turísticos em uma das maiores agências de viagem online do país. O brasileiro mudou sua forma de viajar, de procura por pacotes, diárias e hotéis. Então esse é um caminho moderno e viável para isso”, comentou a presidente da Emprotur, Aninha Costa.

O secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar, ressalta que esta iniciativa faz parte do prometido em reuniões realizadas recentemente nos polos Trairi, Seridó, Serrano e Costa Branca. “Estamos trabalhando na venda e na interiorização do nosso turismo, fundamental para a economia do Estado e uma das prioridades do governador Robinson Faria”, concluiu.

Em reunião realizada nesta segunda-feira (1) na Empresa de Promoções Turísticas do RN (Emprotur), com presença de representantes do Hotel Urbano, da Setur/RN, do Sebrae/RN, da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomercio/RN e do Natal Convention Bureau, foram traçadas estratégias de mobilização do grande ao pequeno empresário, para aderirem à ideia.

Governo do Estado e Sebrae/RN iniciarão o mapeamento de leitos em todo o Estado e farão o convite aos empresários do turismo a participarem do evento promovido em parceria com o Hotel Urbano no próximo dia 7 de julho, no Centro de Convenções (data ainda será confirmada). Lá, os empresários receberão orientações de como se inserir no mercado via marketing digital.

Segundo a gerente de produtos do Hotel Urbano para o Nordeste, Alessandra Quaresma, as maiores dificuldades enfrentadas pela agência para incluírem os pequenos empreendimentos turísticos é a falta de CNPJ e de bom serviço de internet devido à localidade. Por isso, um técnico do Sebrae/RN orientará esses empresários durante o evento para que estejam aptos a participarem desta ferramenta de vendas.

CRESCIMENTO DO TURISMO POTIGUAR – Meses atrás, o Hotel Urbano divulgou levantamento e mostrou que a procura pela capital potiguar, nesta gestão de Robinson Faria, cresceu 200% no comparativo do primeiro trimestre de 2014 com o mesmo período de 2015. Gramado, no Rio Grande do Sul, ficou em segundo lugar (190%) e Porto Seguro, na Bahia, ficou em terceiro (180%).

Fonte:

Assessoria de Comunicação  SECTUR/EMPROTUR

 

Obs.: Esta outras milhares de imagens  você encontra em nosso BANCO DE IMAGENS (www.csfotojornalismo.net – O Banco de Imagens do RN)

_MG_8667

Foram 5 dias de viagem pelo interior do RN acompanhando o fotógrafo Marcelo Buainain que está na finalização do seu projeto “Jumento – um personagem do Brasil” – Projeto esse que tem como intenção resgatar a importância social, econômica e cultural do Jumento no Nordeste Brasileiro. Ainda em fase de execução no âmbito do Prêmio Marc Ferrez de Fotografia 2013.

As imagens falam por si só, principalmente para o nordestino, principalmente para quem nasceu no interior. Para mim não existe nada mais prazeroso do que viajar por meu interior… nosso interior, qual onde você chega é bem recebido e tratado como realmente um ser humano, como uma pessoa da família. Pessoas humildes que oferecem suas casas, e nada falta, do café ao jantar, dormida e comida. Lições de amor ao próximo que a humanidade vem ao longo dos tempos esquecendo. A confiança impera nessas pessoas. Recebem desconhecidos e oferecem suas residências. Chegamos a noite numa residência de um sítio e de lá não deixaram mais a gente sair com direito a janta e dormida de rede no alpendre da casa.

A nossa viagem terminou na Cidade de Timbauba dos Batistas para registrar a tradicional corrida de jegue do município que aconteceu no último domingos, 7 de setembro.

Aproveitando para fazer um comentários sobre a produção, realmente são paisagens de interior, mas que também mostra uma triste realidade, o descaso do poder público, dos políticos, que em sua maioria só lembra do sofrimento do sertanejo em época de eleições aproveitando para fazer promessas mirabolantes que nunca são cumpridas.

FrancisdoWildoIvanizio (1)

FrancisdoWildoIvanizio (2)

 

A governadora Rosalba Ciarlini recebeu, em audiência, na tarde desta quinta-feira, o futuro presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, Desembargador Federal Francisco Wildo Lacerda Dantas, acompanhado do futuro vice-presidente, Edilson Nobre, e do corregedor, Francisco Barros Dias. Também participaram do encontro, o procurador geral do Estado, Miguel Josino, o diretor da Justiça Federal do Rio Grande do Norte, juiz federal Manoel Maia e o deputado estadual Getúlio Rêgo.

 

Na ocasião, a governadora solicitou a expansão da Justiça Federal no Rio Grande do Norte e a construção de prédios próprios para varas do órgão em determinados municípios. “Solicitei a ampliação da interiorização da Justiça Federal criando uma vara em Ceará Mirim e, também, a construção de prédios onde já existe vara que funcionam em prédios cedidos ou alugados, como é o caso de Pau dos Ferros e Assú. Com prédios próprios, eles terão mais estrutura e mais condições para o funcionamento da Justiça Federal, beneficiando o cidadão”, afirmou Rosalba Ciarlini.

 

O desembargador federal Francisco Wildo convidou a chefe do Executivo Estadual para a posse da nova presidência do Tribunal Regional Federal da 5ª Região e assegurou a parceria com o Governo do Estado. “Seremos parceiros neste esforço para expandir a Justiça Federal no Estado, pois a interiorização leva benefícios aos mais necessitados e implica, necessariamente, na melhoria de renda para o povo potiguar”, informou o futuro presidente.

 

A posse da nossa presidência será realizada no próximo dia 03 de abril, às 19h, em Recife/PE. O Tribunal Regional Federal da 5ª Região abrange os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Ceará e Sergipe.

 

19 de dezembro de 2013 às 22:12

EMPARN registra chuvas no interior do Estado

Atuação de um Vórtice Ciclônico trouxe chuvas de até 35 milímetros

A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou a ocorrência de chuvas, nas últimas 24 horas, em várias regiões do Estado, em decorrência de um Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCAS), que está atuando no Oceano Atlântico. Esse fenômeno pode atuar de dois a três dias, segundo os meteorologistas.  Em novembro foi registrada nos dias 4 e 5, a presença de um vórtice que trouxe chuvas ao litoral e interior do RN.

Na Mesorregião Oeste Potiguar foram registradas chuvas, entre outros, nos municípios de Pau Dos Ferros, com 35 milímetros; Tenente Ananias  30,0; Coronel João Pessoa com 25,0mm, em Venha Ver, 25,0mm; São Miguel,  20,8mm; Luis Gomes, 20,0mm; Martins, 12mm; Janduis, 10mm; Portalegre, 7,0.

Na Mesorregião Central Potiguar, as chuvas foram registradas, entre outros, nos municípios de Serra Negra do Norte, 28,0mm; Carnauba dos Dantas, 10,8mm; Santana do Serido,  9,1mm; Jardim de Piranhas, 8,4mm e Cruzeta (Base Fisica da Emparn), 6,3mm.

 
EMPARN – Gerência de Transferência de Tecnologias e Comunicação
– Assessoria de Comunicação –
    
17 de fevereiro de 2010 às 21:15

Carnaval no interior do Estado

Carnaval em Macau

Fotos: Frankie Marcone

DSC_1110 DSC_1079 DSC_1063

DSC_1107 DSC_1102 DSC_1039

O repórter-fotográfico  Frankie Marcone fez um registro fotográfico do carnaval em Macau.

Carnaval em São Tomé

Fotos: Adriano Abreu
DSC_1824 DSC_1830 DSC_1833

DSC_1840 DSC_1834 DSC_1879

E o fotógrafo Adriano Abreu registra  em São Tomé o futebol das Quengas com a presença do prefeito Babá e o vereador Júnior Zumba.

No horário destinado aos deputados na sessão ordinária por Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa, realizada nesta terça-feira (07), foram tratadas questões como cuidado com idosos na pandemia, responsabilidade do uso de recursos públicos no enfrentamento à pandemia, especialmente na contratação de ambulâncias, reabertura das igrejas e reforma da previdência.

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) falou da preocupação com a grande mortalidade de pessoas idosas. “Se a gente acessar a mídia, toma conhecimento de muitas conhecidos que perderam a vida”. Ele destacou que, especialmente nas cidades do interior do estado, precisa haver prioridade das prefeituras no cuidado dos idosos para enfrentamento do coronavírus. “Todos os prefeitos, sem exceção, receberam verba do governo federal para cuidar da covid-19. Então é preciso que seja feito algo em relação aos idosos, seja através do Programa Saúde da Família, do atendimento ao doente no próprio domicílio, entre outras ações”, disse.

Já o deputado Nelter Queiroz (MDB) sugeriu à governadora Fátima Bezerra que convide a direção da maternidade em Patu, Hospital Maternidade Dr. Anderson Dutra (APAMI), para reabrir o hospital. “A maternidade está toda equipada e com certeza está fazendo falta”, falou. Ele também aproveitou para questionar o aluguel de ambulâncias, que, segundo ele, foi feito a preços exorbitantes pelo governo estadual.

A deputada Cristiane Dantas (SDD) usou o horário para dizer que subscreveu todos os ofícios que o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) está enviando aos órgãos de controle e fiscalização sobre os recursos financeiros utilizados pelo Governo do Estado no enfrentamento ao coronavírus. “Não podemos nos calar e colocar vendas nos nossos olhos. Me preocupo pelos R$ 5 milhões pagos adiantados ao Consórcio Nordeste sem retorno, enquanto pessoas estão morrendo sem essa assistência; pelos R$ 1.750.000 pagos para uma Organização Social de Minas Gerais para abrir 30 leitos, para uma OS que não tem médicos e vai terceirizar o serviço; e, também, o aluguel dessas ambulâncias no valor de R$ 8 milhões quando o dinheiro dava para adquirir 8 ambulâncias para o Estado, um dinheiro que está sendo superfaturado”, disse. Ela também falou da situação das estradas do Rio Grande do Norte que precisam de recuperação asfáltica.

O deputado Coronel Azevedo (PSC) opinou que o Governo do Estado tem sido ineficiente na comunicação com os servidores sobre a suspensão dos empréstimos consignados. Ele pediu que isso seja resolvido.  Na oportunidade, ele também aproveitou para reiterar o pedido que já havia feito em outras ocasiões para que o governo reconsidere a reabertura das igrejas, levando em consideração a importância da assistência religiosa. “É um desrespeito à nossa Constituição Federal, a todas as leis e tratados internacionais, impedir o funcionamento das igrejas”.

Sobre o assunto da contratação do aluguel das ambulâncias pelo Governo do Estado, o parlamentar Francisco do PT explicou que compreende que é prerrogativa do Poder Legislativo a fiscalização dos atos do Poder Executivo, mas que fica reflexivo sobre a forma apressada dos deputados de fazer pré-julgamento a respeito de determinadas situações. “A informação dada aqui deixa a entender que o Estado alugou apenas as ambulâncias com esse recurso financeiro. Quero destacar que as ambulâncias não rodam sozinhas, elas precisam de combustível, de equipamentos, então a informação que nós dispomos é que essa contratação inclui ambulâncias, equipes de profissionais, materiais de proteção individual e equipamentos para oferecer suporte avançado de vida e garantir transferência de usuários com sintomas graves. Estou trazendo essa informação apenas para deixar aqui mais nítido que não se tratou apenas da contratação de ambulâncias, o que não tira a prerrogativa dos deputados de solicitar investigação pelos órgãos de controle. Aliás, é importante mesmo que faça”, declarou.

Sobre a reforma da previdência, o deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) falou que reconhecia e entendia o esforço que os governos estaduais têm feito para aprovar as respectivas reformas da previdência, mas quis opinar sobre a interpretação dos prazos, já que não concorda com a informação dada pelo governo de que o prazo se encerra no final de julho de 2020. “Se olharmos o art. 9º, §6º, da Emenda Constitucional nº 103/2019, ela é direta, estanque”. Ele entende ser o prazo de dois anos para apreciação da matéria que enseja sanções se houver descumprimento e não o prazo do final de julho de 2020 informado pelo governo.

O deputado George Soares (PL) respondeu sobre a questão do prazo. De acordo com ele, com base nas informações dadas pelo secretário de Tributação do Estado, o prazo de dois anos se refere à previdência complementar, e não às regras gerais do Regime Próprio. Ele voltou a alertar sobre as penalidades caso não se aprove no prazo previsto e pediu para que os parlamentares encontrassem uma forma de votar. Ele argumentou que sete estados da federação estão fazendo esse debate remoto e vão votar a matéria. “Então, por que esse grupo de deputados que questiona a votação não traz sugestões de soluções remotas?, questionou.

Por fim, o deputado José Dias (PSDB) opinou que a reforma da previdência não é um problema ideológico, mas de matemática financeira. “A reforma federal foi um alívio, os estados não estão em situação melhor. Nós cobramos desde o primeiro dia que a governadora mandasse a reforma para que pudéssemos estudar. Não veio, porque ela não queria o debate. Veio depois e apresentamos algumas emendas. Nós não vamos ter aumento do funcionário público este ano e no próximo, que é um mal necessário, mas o funcionário que ganha um salário mínimo será penalizado com uma alíquota acima do que paga o trabalhador da iniciativa privada”, disse. Ele declarou que deveria ser igual, equânime.  E disse que não abre mão da votação presencial, mas não teria problema de votar a qualquer tempo, desde que fizesse as modificações necessárias.