Marca Maxmeio

Resultado da busca por: Interior do rn

Governo investiu pouco mais de R$ 11 milhões no Espaço Cultural João Paulo II por meio do Governo Cidadão

Trinta anos após a sua construção, o Espaço Cultural João Paulo II passou pela sua primeira grande obra de recuperação e ampliação e foi entregue pelo Governo do RN à população, totalmente recuperado. Conhecido como “Papódromo” por ter sido concebido para receber o Papa João Paulo II, em 1991, o local foi vistoriado nesta sexta-feira, 29, pela governadora Fátima Bezerra, ao lado do vice-governador, Antenor Roberto e de parte do seu secretariado.

“Em mais um resultado do esforço em prol da cultura potiguar, estamos entregando aos norte-rio-grandenses um importante equipamento para eventos com capacidade para receber até 1.500 pessoas, completamente reconstruído e ampliado”, comemorou a governadora.

O Governo investiu R$ 11.017.098,23 milhões na reforma e ampliação da edificação que tinha ficado subutilizada por mais de uma década. Os recursos foram viabilizados pelo acordo de empréstimo com o Banco Mundial, por meio do Projeto Governo Cidadão e os serviços foi fiscalizado pela Secretaria Estadual de Infraestrutura (SIN).  A obra integra a reforma do Centro Administrativo do Estado, em Natal, que recebeu nova iluminação e pórticos de entrada, além de ciclovias e projeto paisagístico.

“Estamos colhendo mais um fruto do trabalho integrado orientado pela governadora. Encontramos esta obra, hoje concluída, com apenas 1% de execução e diversos entraves que a atrasavam. Buscamos soluções para dar celeridade ao serviço e para que este grande dia chegasse”, pontuou o secretário de Gestão de Projetos e Metas e coordenador do Governo Cidadão, Fernando Mineiro.

O novo anfiteatro do “Papódromo” é totalmente equipado e possui palco, camarim, salas de ensaio, camarote, arquibancadas, banheiros e estacionamento para 150 carros. Os setores internos têm refrigeração central e total acessibilidade, com rampas e elevador e uma sala para ensaios da Orquestra Sinfônica do RN.

“Esse lugar será um relevante equipamento de lazer para a capital, fomentando a cultura potiguar, tão carente de locais adequados à expressão artística. E, especialmente, será um grande incentivo para a nossa orquestra, que vinha se apresentando com plateias lotadas, antes da pandemia”, comentou Crispiniano Neto, diretor-geral da Fundação José Augusto (FJA).

Espaço será multiuso

De uso plural, além de eventos culturais, o local voltará a abrigar um Restaurante Popular e a Escola da Polícia Penitenciária. Esta, no segundo pavimento, terá salas de aula, atendimento psicossocial, laboratório de informática e dormitórios. Contando com todas essas frentes, o equipamento será administrado em uma parceria entre a FJA e as secretarias de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e da Administração Penitenciária (SEAP).

Gustavo Coelho, titular da SIN, ressaltou na ocasião “o empenho das equipes das secretarias e todos os esforços feitos para entregar o prédio recuperado, mesmo com a pandemia”. Já a secretária da Sethas, Iris Oliveira, destacou o “ambiente espaçoso e totalmente adequado aos serviços de refeições populares que os mais carentes terão acesso, assim que o arrefecimento desta crise de saúde permitir”. A secretária adjunta da SEAP, Ivanilma Carla, agradeceu por “finalmente a escola poder beneficiar os policiais do interior em treinamento na capital, com alojamento digno para mulheres e homens que prestam serviço direto à população”.

Obras na pandemia

Para que a execução das obras fosse mantida neste período de pandemia, a Certa Engenharia assinou um termo de compromisso com o Governo do Estado, via Governo Cidadão, para proteger seus operários com EPIs necessários, exigindo distanciamento de segurança entre eles e garantindo álcool 70% e sabão líquido para a higiene das mãos.

Também estiveram presentes na ocasião a secretária adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista; a diretora da escola penal, Pascoaliana Alves, além de técnicos do Governo Cidadão. Representando a Certa Construções estavam José Walter Carvalho (diretor-presidente), Fredson Fernandes (engenheiro responsável pela obra) e Marcus Aguiar (diretor-técnico).

FOTOS: Elisa Elsie / ASSECOM-RN


Assecom-RN

Cinco postos funcionam em Natal, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros e Nova Cruz

Policiais militares, civis, penais e federais, bombeiros, guardas municipais e servidores do Instituto Técnico de Perícia (Itep) no Rio Grande do Norte começaram a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (08). A abertura da campanha de vacinação contou com a participação da governadora Fátima Bezerra e aconteceu no Quartel do Comando Geral da PMRN, em Natal.

“Este é mais um passo importante que damos no enfrentamento à pandemia. Após intensas gestões conseguimos que o Ministério da Saúde incluísse os policiais, que realizam suas funções em situações que aumentam o risco de contaminação, como prioridade. E é isto que estamos fazendo, protegendo nossos policiais e contribuindo para que possamos, o mais rápido possível, superar a pandemia”, afirmou Fátima Bezerra. Ela destacou que a imunização dos policiais é resultado de grande esforço dos governadores e intensas gestões junto ao Ministério da Saúde.

O secretário de Segurança Pública, coronel Francisco Araújo, reafirmou os esforços para a vacinação dos policiais de todo o Rio Grande do Norte. “São profissionais que estão nas ruas em exposição constante ao coronavírus. É uma medida importante e os servidores da segurança pública do Estado, da União e dos municípios ficam gratos a esta medida.”

A delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, disse que “hoje concretizamos um momento muito esperado pelos profissionais que estão nas ruas no combate à violência e à criminalidade. Agradecemos esta medida que vem para proteger quem está mais

exposto ao contágio”.

Comandante da PM, coronel Alarico Azevedo, agradeceu o apoio e os esforços da administração estadual que culminaram com a autorização pelo Ministério da Saúde da  priorização dos policiais no Plano Nacional de Imunização.

Para o coronel Monteiro, comandante do Corpo de Bombeiros, a antecipação da vacinação aos policiais é resultado dos esforços do Governo do Estado e atende uma categoria que trabalha nas ruas para levar tranquilidade à população e desde o primeiro momento atua na orientação das regras de proteção à contaminação pelo coronavírus.

Nesta primeira etapa serão aplicadas 1.040 doses do imunizante CoronaVac. A vacinação acontece em 5 unidades da PM na capital e interior do estado. São elas: Natal (Comando Geral da PM), Mossoró (Hospital da PM. Caicó – 6º BPM), Pau dos Ferros (7º BPM) e Nova Cruz (8º BPM).

A aplicação acontece de forma escalonada e proporcional com os seguintes critérios: Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes; Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar; Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19; Trabalhadores envolvidos nas

ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

Serão contemplados 14.404 agentes das forças: Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiro Militar, ITEP, Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal Federal e Guardas Municipais (Prefeituras).

Desde o início da pandemia e até o último dia 31 de março, 45 integrantes das forças de segurança pública estadual foram ceifados pela Covid-19, sendo 15 da ativa e 30 aposentados ou da reserva.

A inclusão das forças de segurança e salvamento como grupo prioritário no Plano Nacional de Imunização (PNI) foi um pedido encaminhado pela governadora Fátima Bezerra, em nome do Fórum de Governadores, ao Ministério da Saúde, que atendeu ao pleito.

“Continuamos desenvolvendo todos os esforços para proteger a população e para que o Governo Federal adquira mais vacinas para avançarmos na vacinação em todo o país. Seguimos lutando pela vacinação dos profissionais da Educação como grupo prioritário do PNI, até por que esta é uma medida que poderá favorecer o retorno às aulas presenciais no setor público”, afirmou Fátima Bezerra.


Assecom-RN

Central de distribuição de energia beneficiará 80 mil potiguares nos municípios de Santa Cruz, Lajes Pintada, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi e Japi

A Cosern, empresa da Neoenergia, inaugurou nesta quinta-feira (25) a Subestação Elétrica Santa Cruz, na Região do Trairi, totalizando agora 73 centrais de distribuição desse tipo em todo estado – além de mais três subestações móveis.

Ao entrar em operação, a nova central de distribuição da Cosern ampliou a oferta de energia para 80 mil potiguares nos municípios de Santa Cruz, Lajes Pintada, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi e Japi, reforçando o sistema elétrico de uma região importante para o turismo religioso, agricultura, pecuária e laticínios do estado.

Para o Diretor Presidente da Cosern, Márcio Caires Vasconcelos, a inauguração da Subestação Santa Cruz reforça o compromisso da concessionária com os potiguares na prestação de bons serviços.

A entrega desta nova Subestação é mais uma evidência de que a empresa vem mantendo seus níveis de investimentos, apesar de todas as condições adversas, resultando em indicadores de qualidade do fornecimento de energia continuamente melhores em todo o Estado”, disse Márcio Caires.

Santa Cruz é um dos municípios potiguares que mais se desenvolveu economicamente no interior do Rio Grande do Norte nos últimos 20 anos, entre outros fatores, por causa do turismo religioso. A cidade, além de exercer influência regional em dezenas de municípios vizinhos, também é um polo de atração estudantil, com duas instituições públicas de ensino superior e o campus do IFRN.

Informações técnicas sobre a Subestação

A Subestação Santa Cruz é atendida por uma linha de transmissão em 69 kV com 0,6 quilômetros de extensão, que deriva da subestação Santa Cruz II, de propriedade da Chesf. Possui 07 novos alimentadores (circuitos de média tensão) e 02 transformadores com capacidade instalada de 10/12,5 MVA cada, além de outros equipamentos de alta tecnologia.

Todas as 73 subestações da Cosern espalhadas pelo estado são dotadas de equipamentos de alta tecnologia de automação que possibilitam a operação e o monitoramento on-line e à distância da qualidade e da continuidade do fornecimento de energia elétrica. Tudo é controlado de forma on line e em tempo real pelo Centro de Operação Integrada (COI) da Cosern, situado em Natal, que faz a gestão das subestações e da rede de distribuição em todo o estado.

Investimentos em todas as regiões do RN

Ao longo do ano de 2020, a Cosern investiu R$ 359 milhões no sistema elétrico do Rio Grande do Norte em projetos de expansão da rede elétrica, renovação de ativos e na automação e digitalização da rede, reforçando a confiabilidade do sistema elétrico em todo estado. Esse valor representa um aumento de 10% nos investimentos em relação ao ano de 2019.

Entre os destaques dos investimentos da Cosern no ano passado, a inauguração das Subestações Itajá, na região do Vale do Assú, e Jandaíra, na Região do Mato Grande, a construção de 750 novos quilômetros de redes de média e baixa tensão, 42 quilômetros de redes de alta tensão e a instalação de 269 equipamentos telecomandados na rede elétrica em todo estado, totalizando 1.407 equipamentos desse tipo, dotados de uma tecnologia chamada de “Self-Healing” (auto reconfiguração, em inglês), que permite o restabelecimento automático do fornecimento de energia após um defeito

Em fevereiro, a Cosern também inaugurou a Subestação Major Sales, na região do Alto Oeste. A central ampliou e reforçou a oferta de energia elétrica para 35 mil potiguares em Major Sales, Tenente Ananias, Luís Gomes, Paraná e José da Penha.

Fotos: Canindé Soares/Cosern/divulgação

Governo construiu e comprou equipamentos para a Casa de Mel no Perímetro Irrigado, zona rural do município de Pau dos Ferros; meta é produzir quase 30 mil quilos de mel por ano

Produtores de mel do Perímetro Irrigado, zona rural do município de Pau dos Ferros, estão ainda mais perto de realizar um sonho. Nesta quinta-feira (18), a governadora Fátima Bezerra visitou a casa de mel da Associação Comunitária dos Agricultores Familiares do Perímetro Irrigado e Adjacências (ACAFPA), que está pronta, aguardando apenas a vistoria final do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn) para emissão do selo de certificação. Os 15 beneficiários agora poderão produzir mel certificado e buscar novos mercados.

Por meio da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape) e o Projeto Governo Cidadão, com recursos do Banco Mundial, o Governo do Estado investiu R$ 393.485,00 na construção e compra de equipamentos para a casa de mel. Agora, eles estão sonhando alto: a meta é produzir quase 30 mil quilos de mel por ano, o dobro do que produziam antes, caso tenham uma época de bom inverno.

“Ver a casa de mel pronta, construída com todo o zelo, renova nossa esperança de que a chuva este ano vai chegar com muita intensidade e alavancar a produção. Esta obra é mais uma amostra do quanto vale a pena investir na nossa agricultura familiar”, disse a governadora Fátima Bezerra ao presidente da associação, Antônio Félix, e à secretária Francisca Freitas.

Segundo Francisca Freitas, o grupo está otimista para uma safra mais produtiva. “É um sonho realizado porque passaremos dessa fase de submissão ao atravessador. Não podíamos vender sequer em Apodi. Com a casa de mel certificada, podemos chegar a todos os supermercados”, ressalta.

Para o secretário de Gestão de Projetos e Metas do Governo do RN, Fernando Mineiro, a conclusão da unidade é um avanço para uma cadeia de mel tão importante quanto a do Oeste potiguar. “Unimos muitos esforços no Governo Cidadão, secretarias envolvidas e órgãos parceiros para concluir este projeto. Agora, ele está pronto para ser vistoriado e certificado. É um novo caminho que se abre para esses produtores, rumo a mercados nunca antes alcançados”, pontuou.

A associação foi contemplada com a construção da pequena fábrica, além de máquinas e equipamentos como colmeias, tanques decantadores, fumigadores, mesas inox, centrífugas, baldes, cilindros, kits de EPI com luvas, botas, roupas e máscaras, balança eletrônica, embalagem primária e escritório completo com móveis e computadores.

Mesmo em condições precárias e poucas colmeias, o grupo já chegou a produzir 14 mil quilos de mel entre 2013 e 2014. A ação incentiva a cadeia produtiva do mel na região e a agricultura familiar, além de fomentar a geração de renda no interior de forma sustentável.

O Cine Verão – Festival de Cinema da Cidade do Sol realizará a sua quarta edição nos dias 20, 21 e 22 de janeiro, com programação totalmente gratuita composta por mostras de filmes e debates. Após três edições presenciais de sucesso, com 57 filmes exibidos, este ano o Festival acontecerá no formato on-line, devido a pandemia da COVID-19. Com realização da Pinote Produções, o projeto segue com o objetivo de ampliar as plataformas de difusão do cinema independente com foco na produção potiguar e brasileira.

O Festival teve mais de 350 filmes inscritos nas duas mostras: a Mostra Cine Verão Poti exibirá obras de realizadores potiguares e rodados no estado do RN, e a Mostra Cine Verão Brasil exibirá obras realizadas por brasileiros de diversas regiões do país. Após a análise criteriosa da curadoria – composta por Marana Torrezani, Rafaela Bernardazzi e Raildon Lucena na Mostra Cine Verão Poti, e Arlindo Bezerra, Carito Cavalcanti e Heloísa Sousa na Mostra Cine Verão Brasil –  foram selecionados 10 curtas potiguares e 30 curtas nacionais.  

Ter tantos filmes inscritos é uma prova de que o movimento audiovisual continua  atuante, e que a cultura segue resistindo apesar dos obstáculos. Heloísa Sousa considera os Festivais de cinema movimentos de resistência necessários: “Tenho percebido a curadoria de festivais como um exercício do olhar sobre as obras artísticas promovendo descentralizações e subversões das estéticas e éticas comuns. É também nesse sentido que se desdobra a seleção dos curtas-metragens que integram a programação da mostra nacional desta edição do Cine Verão, entre propostas documentais e de ficção advindas de diferentes cidades do Brasil, que com muita qualidade técnica e através de explorações consistentes na linguagem do audiovisual propõe outros protagonismos para as obras. Diante de um cenário tão devastador para o país, seja pela situação da pandemia, agravada pelas políticas de genocídio e de desmonte vividos, ter a oportunidade de apreciar e dialogar com tantas obras do cinema brasileiro e observar esse movimento de resistência e nossa capacidade de elaboração de múltiplas poesias é o que torna os festivais encontros tão necessários”.

Raildon Lucena ressaltou a satisfação de participar mais uma vez do Festival: “Uma grande satisfação participar mais uma vez do Cine Verão, dessa vez na curadoria do Festival, que teve grandes produções inscritas esse ano. A seleção final é um panorama do que vem sendo produzido em nosso estado e mostra a evolução do audiovisual potiguar. O Cine Verão é um Festival que vem crescendo e se consolidando a cada edição, promovendo o audiovisual do RN e do Brasil.” Marana Torrezani destacou a quantidade de curtas de ficção: Nos últimos anos houve um certo domínio dos documentários, aliás temos documentaristas maravilhosos aqui no Estado, mas é muito empolgante observar essa produção de ficção na cena potiguar. Sinto que especialmente esse ano, a mostra vai agradar não só o público, mas também a todo mundo que trabalha com audiovisual no estado.”

Na mostra nacional Arlindo Bezerra destacou a qualidade dos filmes selecionados: “Os perfis dos filmes apresentam uma diversidade de narrativas e discursos que mostram um recorte dos múltiplos protagonismos desse país. Acredito que o público irá conferir uma mostra de filmes de excelente qualidade técnica e artística, e preenchidos por afetividades.” E a linguagem poética de Carito Cavalcanti retrata essa diversidade: “As câmeras chegando com os índios em Mato Grosso do Sul na luta pelos seus direitos, sua terra, existência; resistência também no olho do Vidigal – olho do furacão pandêmico onde corre o Rio de janeiro a dezembro refletido-refletindo em sua diversidade e desigualdade; a Paraíba futurista-psicodélica e o Ceará em viagem interior-cosmopolita em suas várias histórias-representatividades humanas contra o preconceito; e o Paraná em charge e verso e reverso; e a Bahia nos dando mais que régua e (des)compasso; alguma coisa acontece no meu coração desvairado na Paulicéia; na cinematografia de tradução-tradição poética em outro Rio Grande, do Sul; nos documentários-ficções-fricções do cinema-curta, do cinema curto e grosso e delicado e poético e visionário e catártico e meta-eufórico! O cinema de guerrilha revelando ilhas-urgentes nesse país-continente.”

O Cine Verão tem realização da Pinote Produções e conta com o patrocínio da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, Prefeitura do Natal e Governo Federal.

SERVIÇO:

4º CINE VERÃO – Festival de Cinema da Cidade do Sol

Dias 20, 21 e 22 de janeiro

Exibições: www.cineverao.art

Filmes selecionados:

MOSTRA CINE VERÃO POTI

  • Womaneater – Direção: Paula Pardillos
  • Somente Após o Descanso – Direção: Sihan Felix
  • Cidadãos Invisíveis – Direção: Paulo Dumaresq
  • Dias Felizes – Direção: André Santos
  • Natureza do Homem – Direção: André Santos
  • Urubá – Direção: Rodrigo Sena
  • Crisálida – Direção: André Rosa
  • Vai Melhorar – Direção: Pedro Fiuza
  • Mais Um João – Direção: Athos Muniz
  • Quem Sabe Ele Mude – Direção: Kell Allen

MOSTRA CINE VERÃO BRASIL

  • Luís Humberto: O Olhar Possível – Direção: Mariana Costa e Rafael Lobo (DF)
  • Quarta: Dia de Jogo – Direção: Clara Henriques e Luiza França (RJ)
  • Castanhal – Direção: Rodrigo Chagas e Marques Casara (AM / SP)
  • Lacrimosa – Direção: Matheus Heinz (RS)
  • Mãtãnãg, A Encantada – Direção: Shawara Maxakali e Charles Bicalho (BG / MG)
  • Pelano! – Direção: Chris Mariani e Calebe Lopes (BA)
  • Modelo Morto, Modelo Vivo – Direção: Iuri Bermudes (SP)
  • Nadir – Direção: Fábio Rogério (SE)
  • O Caminho das Águas – Direção: Antonio Fargoni e Karla Ferreira (PE)
  • Papinha de Goiaba – Direção: Tiago Fonseca (RJ)
  • Mihe’aka Voxené: Simoné Veyopé Ûti! (Abre Caminho: nossas câmeras chegaram!) – Direção: Raylson Chaves (MS)
  • Bochincho, O Filme – Direção: Guilherme Suman (RS)
  • Batom Vermelho Sangue – Direção: R.B. Lima (PB)
  • Miga, Cê É Drag? – Direção: Gustavo Zampoli (SP)
  • Ela Que Mora no Andar de Cima – Direção: Amarildo Martins (PR)
  • Em Cima do Muro – Direção: Hilda Lopes Pontes (BA)
  • DNA-M Deus Não Acredita em Máquinas – Direção: Ely Marques (PB)
  • Janelas Daqui – Direção: Luciano Vidigal e Arthur Sherman (RJ)
  • Se Não For Divertido Não Tem Graça – Direção: Vinicius Comoti (PR)
  • Marco – Direção: Sara Benvenuto (CE)
  • Inspirações – Direção: Ariany e equipe (RJ)
  • Seremos Ouvidas – Direção: Larissa Nepomuceno (PR)
  • A Barca – Direção: Nilton Resende (AL)
  • Endless Love – Direção: Duda Gambogi (RJ)
  • Salinas – Direção: Gustavo Nakao (PR)
  • Ausência – Direção: Luiz Marchetti (MT)
  • Prefiro Que Me Xinguem – Direção: Levi Guimarães Luiz e Marcos Warschauer (SP)
  • O Menino e o Ovo – Direção: Juliana Capilé (MT)
  • O Menino Que Morava no Som – Direção: Felipe Soares (PE)
  • Marcas de Expressão: O Reflexo da Vida nas Ruas – Direção: Luan Macedo & Valesca Macedo (AL)

Para quem não assistiu na Cabo Telecom Canal 100, assista agora no Canal Canindé Soares no Youtube.
Programa Veredas do RN – Nesta edição, Lagoa Nova, Acari e Carnaúba dos Dantas.

Para mostrar a você as belezas do interior do Estado. Venha conosco participar dessa viagem!

Com a marca Canindé Soares, mas também na direção os competentes, Cristina Rocha e Diego Cavalcanti, o programa Veredas do RN é exibido aos sábado, às 9 horas com reprise aos domingo no mesmo horário, na Cabo Telecom, Canal 100.

Na apresentação do programa a jornalista Tatiana Cavalcante e nas coberturas externas Francisco Rocha e locução Rô Medeiros.

Siga @VeredasDoRN
@canindesoares @diegocavalcanti27 @taticavalcantee @kuquinha @cristinarochanatal @romedeirosfm @cesarodrigues @mrcupcake @cabotelecom @acasernaoficial @aquacocobrasil @geoparque_serido @sebraern

Comercial: 84 2010-2016 – 84 99645-0448

Para mostrar a você as belezas do interior do Estado. Venha conosco participar dessa viagem! Nesta edição, Currais Novos, Parelhas e o Cajueiro de Pirangi. Com a marca Canindé Soares, mas também na direção os competentes, Cristina Rocha e Diego Cavalcanti, o programa Veredas do RN é exibido aos sábado, às 9 horas com reprise aos domingo no mesmo horário, na Cabo Telecom, Canal 100. Na apresentação do programa a jornalista Tatiana Cavalcante e nas coberturas externas Francisco Rocha e locução Rô Medeiros. Siga @VeredasDoRN @canindesoares @diegocavalcanti27 @taticavalcantee @kuquinha @cristinarochanatal @romedeirosfm @cesarodrigues @mrcupcake @cabotelecom @acasernaoficial @aquacocobrasil @geoparque_serido @sebraern Comercial: 84 2010-2016 – 84 99645-0448

A tradicional Feira do bairro do Alecrim, realizada sempre aos sábados, passa a ser considerada um Patrimônio Cultural Imaterial do Rio Grande do Norte. O projeto com este objetivo foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Estado durante sessão desta quarta-feira (23). Autor do projeto, o deputado estadual Ubaldo Fernandes (PL) justificou que a Constituição reconhece a importância de se incluir no patrimônio a ser preservado pelo Estado em parceria com a sociedade, os bens culturais que sejam referências dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira.  “O patrimônio imaterial é transmitido de geração a geração, constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função de seu ambiente, de sua interação com a natureza e de sua história, gerando um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana”, explicou.  A primeira edição da Feira do Alecrim foi realizada em 18 de julho de 1920, um domingo. Apenas algum tempo depois a Prefeitura moveu a feira para o sábado. Atualmente a Feira do Alecrim tem mais de mil feirantes e possui 515 metros de cobertura (tendas), reunindo um total de 1.056 bancas. “É uma tradição quase centenária na capital potiguar e é um grande shopping a céu aberto. Ir à feira é o maior exemplo da nossa parte cultura, que está escondida nos shoppings, é relembrar aqueles costumes do interior, não só pelos produtos, mas também na forma de compra”, disse o parlamentar. Na mesma sessão a Assembleia aprovou projeto da deputada estadual Isolda Dantas (PT), que cria o Conselho Estadual de Políticas Públicas de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais no RN. O objetivo do colegiado será atuar na promoção e construção de políticas públicas da cidadania e defesa dos direitos, assim como combater à discriminação e violência contra a população LGBT. O Conselho será formado por 20 pessoas, sendo 10 do poder público e outros 10 da sociedade civil, com mandato de dois anos, permitida uma recondução. O trabalho será considerado serviço de relevante interesse público, não remunerado. “O Brasil é um dos países com os maiores índices de LGBT mortos e agredidos, estando o RN nestas estatísticas. De acordo com o relatório de violência homofóbica no Brasil, no ano de 2013, foram reportadas 9,31 violações de direitos humanos de caráter homofóbico do total de violações no dia. A cada dia, durante aquele ano, 5,22 pessoas foram vítimas de violência homofóbica do total de casos reportados no País”, disse Isolda na justificativa.

 

Mostrando as belezas do interior do Estado.

Neste primeiro programa, Macau e Cerro Corá. Na direção: Canindé Soares, Cristina Rocha e Diego Cavalcanti. O programa Veredas do RN é exibido todos os sábado, às 9 horas da manhã com reprise no domingo no mesmo horário, na Cabo Telecom, Canal 100.

Na apresentação do programa a jornalista Tatiana Cavalcante e nas coberturas externas o jornalista Francisco Rocha.

Agradecimento: Aos patrocinadores, a Rô Medeiros, Marcílio Dantas, Reinaldo Rocha, José Aldenir Joinha e todos demais que colaboraram para o Veredas do RN.

Comercial: 84 2010-2016 – 84 99645-0448

Siga @VeredasDoRN
@canindesoares @diegocavalcanti27 @taticavalcantee @kuquinha @cristinarochanatal @cesarodrigues @mrcupcake @cabotelecom @acasernaoficial @aquacocobrasil

MOSTRAR MENOS