Marca Maxmeio

Notícias

14 de maio às 18:29

Homenagem a Ivan

O Núcleo de Artes Visuais da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte) convidou oito grafiteiros para uma intervenção artística em quatro escolas do município com a intenção de homenagear o dia do artista plástico, transcorrido no último dia 08 de maio. A ideia era que os jovens artistas respondessem a uma pergunta que norteou todas as ações da programação: “E se a arte invadisse a sua vida?”
Uma reunião foi realizada para os acertos de todos os detalhes da intervenção com os grafiteiros selecionados com a ajuda da CUFA – NATAL (Central Única de Favelas) e a empolgação de um jovem chamou atenção. O grafiteiro Ivan Cláudio Bezerra de Melo, 18 anos, afirmou que sempre grafitava em seu bairro por uma ajuda nas tintas e uma autorização verbal. Pintava pela vontade de fazer arte de rua.
Na noite do dia 07 de maio, Ivan foi dormir com o projeto de seu desenho ao lado, mostrou a família e adormeceu próximo às 00h. Por volta das 05h40 do dia seguinte, acordou passando mal e não resistiu a um problema cardíaco, chegando a óbito ainda em sua residência, pouco antes de sair de casa para se integrar aos parceiros na programação do Dia do artista Plástico.
Segundo seus familiares, Ivan sofria de uma doença rara chamada de “Tetralogia de Fallot”. Trata-se de um defeito congênito no coração, que consiste em quatro anomalias que resultam em sangue insuficientemente oxigenado bombeado para o corpo. A Tetralogia de Fallot ocorre em aproximadamente 50 em cada 100.000 crianças. “O Ivan foi adotado por nossa família, chegou a nossa casa com um dia de nascido. Aos quatro anos descobrimos essa doença e o médico nos alertou que ele só teria o tempo máximo de 15 anos de vida”, contou Iara Bezerra, irmã de Ivan.
Segundo Iara, o seu irmão sempre teve o “dom” para a pintura e embora nunca tenha feito nenhum tipo de aula ou estudo de arte surpreendia a todos da família com os seus desenhos.
Nesta sexta-feira, 14 de maio, os sete grafiteiros envolvidos na ação do dia 08 de maio se reuniram  na Escola Municipal Emanuel Bezerra para uma intervenção artística em homenagem a Ivan. A Escola deveria ter sido grafitada por ele e os seus amigos irão reproduzir o desenho que ele projetou para o muro da escola, perpetuando assim a sua última inspiração.
A ação encerrou a programação do Dia do artista Plástico, que contou com exposições realizadas em locais públicos, debates no auditório da Capitania das Artes, a ação de grafiteiros em Escolas do Município além de um show de encerramento com a banda Dusouto, nesta sexta-feira, a partir das 21h, na Funcarte.

Deixe um comentário

Btn Posts Anteriores