Marca Maxmeio

Notícias

17 de abril às 18:50

AL homenageia jornalistas

 

 

“O jornalismo une talento, vocação e sacrifício”
Durante a sessão solene em homenagem aos profissionais da imprensa, pela passagem do Dia do Jornalista, comemorado no dia 7 de abril, o presidente Ricardo Motta (PMN), propositor da sessão solene, disse que o jornalismo é mais do que uma profissão, mas uma missão nobre exercida por aqueles cuja responsabilidade social é um dom e uma profissão de fé: “É o protetor dos mais humildes, o guardião da lisura, o fiscal da sociedade”, disse.
“A notícia não se anuncia, é o imprevisível que conduz à tensão natural de uma profissão capaz de unir talento, vocação e sacrifício. Aqui estão os representantes das gerações que construíram e mantém viva a história da missão de informar e formar opinião. Um exemplo é o do seridoense F. Gomes, covardemente assassinado em Caicó no exercício de sua atividade profissional, numa barbaridade que não se admite num mundo que todos nós sonhamos, de humanidade, fraternidade e acesso à informação. Transmito a minha solidariedade à sua família e clamo por Justiça nesse crime bárbaro”, disse o presidente.
Foram homenageados os jornalistas Paulo Tarcísio Cavalcanti, Carlos Peixoto, Edilson Braga, Virgínia Coelli, Margot Ferreira, Daniele Freire, Thaísa Galvão, Laurita Arruda, Bosco Afonso e Franklin Machado. E in memoriam,  F.Gomes, Eugênio Netto, Hélio Cavalcante e Nilo Santos. Este é o segundo ano que a Assembleia Legislativa presta homenagem aos jornalistas em sessão solene.
Ricardo Motta destacou que o parlamento é uma Casa cada vez mais aberta e transparente, próximo da população e de convivência amena e franca com os jornalistas, onde a liberdade de expressão é um direito sagrado. “A Assembleia Legislativa respeita o jornalista e sabe que é respeitada por ele. A Assembleia Legislativa reconhece o jornalismo sério, imparcial e descompromissado com interesses paralelos ao exercício profissional. Os tempos mudaram e a informação no tempo do tempo real  é um direito cada vez mais sagrado do cidadão, do contribuinte, do eleitor que nos confere um mandato. Todos os nossos atos estão disponíveis no Portal da Transparência. Nunca a imprensa teve tanto acesso a informações detalhadas sobre investimentos e custeio de cada gabinete”, disse, citando os avanços com a expansão da TV Assembleia, Rádio Assembleia e do Portal de Internet”.
Homenagens
Representando os homenageados, Paulo Tarcísio destacou que esse era um reconhecimento público e de grande dimensão à atuação dos profissionais, mas que não se poderia esquecer o momento especialmente delicado da vida brasileira, externando a sua solidariedade a todos que são levados à execração pública em conseqüência de denúncias nem sempre suficientemente aprofundadas e devidamente esclarecidas.
“Não posso deixar de compartilhar, também, o anseio que se espalha pela consciência da grande maioria da sociedade brasileira, no sentido de que não podemos conviver, indefinidamente, com a atuação situação. A nação clama pelo fim da impunidade, pela purificação da nossa conduta político-administrativa e anseia pelo surgimento de lideranças que conduzam o nosso povo por caminhos maios seguros e verdadeiramente comprometidos com a transparência e com a moralidade”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário em “AL homenageia jornalistas

  1. parabéns a todos os amigos da profissão que amamos, gosto de todos e fico muito feliz vendo o reconhecimento da Assembleia Legislativa. Feliz iniciativa e luz do bem para todos, FR

Btn Posts Anteriores