Marca Maxmeio

Notícias

_MG_0968

 

Texto: Rosinaldo Vieira

 

Foto: Canindé Soares

 

5h30 minutos da manhã marcavam os ponteiros do relógio do tempo, numa típica manhã de quarta-feira (18.2) de cinzas na cidade de Macau, a terra do sal, quando o povo pacientemente esperava desde às 2 horas da madrugada pela Babado Novo, que encerrou o carnaval de Macau, tocando até às 8 horas da manhã.

 

Meio que recepcionando o público e a cantora Mari Antunes, vocalista do Babado Novo, o belíssimo nascer do sol era visto no horizonte ao fundo das salinas que testemunhavam a cena de encher os olhos e o coração dos foliões que teimavam em não querer o fim da folia.

 

Como testemunha ocular da maravilha criada por Deus, as lentes mágicas e a sensibilidade do repórter fotográfico Canindé Soares, ele mesmo que percebeu a princípio a obra de arte de mistura de cores que se formava no céu com o alvorecer e meio que sem querer percebeu e notou que no horizonte o astro rei dava as caras, parecendo que veio para fazer posse num estúdio ao ar livre e sem a necessidade de photoshop ou qualquer outro retoque, apenas com a mão divina de Deus e Canindé Soares imortalizou esta obra prima.

 

O modelo fotográfico celestial que se postava à frente das lentes do fotógrafo, que por alguns instantes colocou de lado o lado profissional e deixou aflorar seu lado humano, que também se emociona com a cena diante de seus olhos, que nas próprias palavras dele, talvez tenha sido o nascer do sol mais impressionante que ele já captou.

 

E como dizem que o ano só começa após o carnaval, coincidentemente o belíssimo por do sol veio a surgir em plena quarta-feira de cinzas, como a oferecer um fôlego novo para os dias que se avizinham deste 2015, que depois de uma experiência única destas, com um nascer do sol sem igual, só deixa a todos com as energias renovadas para encarar com mais garra as batalhas do dia-a-dia, pois foi um verdadeiro presente de Deus.

Deixe um comentário

Btn Posts Anteriores