Marca Maxmeio

Notícias

Foto: Suboficial Edmilson Auto
Após 26 dias de travessia, quase que em sua totalidade submerso, chega a Natal, o Submarino “Tikuna”, pertencente à Marinha do Brasil. A embarcação permanece no Porto potiguar até o dia 20 para reabastecimento e manutenção de equipamentos. Dadas às suas peculiaridades, não será aberto ao público para visitação.
O “Tikuna” está vindo dos Estados Unidos da América (EUA – Mayport e Norfolk), onde participou da “Deployment-SUB 2012”, exercício em conjunto com a Marinha dos EUA; e seguirá para Salvador e posteriormente para Rio de Janeiro, aonde chegará em 5 de setembro.
Desatracou do Rio de Janeiro no dia 18 de fevereiro e até chegar a Natal passou pelos portos de Fortaleza, San Juan (Argentina), Mayport (EUA) e Norfolk (EUA). O Comandante do Submarino é o Capitão-de-Mar-e-Guerra Eduardo Antonio Pires Martins que tem sob a sua tripulação composta de 44 homens.
O Submarino Tikuna (S-34) foi construído no estaleiro Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, e foi lançado ao mar e incorporado à Armada no início do século XXI. Apesar da grande semelhança na aparência externa com os da classe Tupi, o S-34 apresenta consideráveis diferenças. O navio possui diversas novidades tecnológicas, notadas na geração de energia, no sistema de direção de tiro e nos sensores, selando um significativo avanço na área de projeto e de construção de submarinos no Brasil.
Características Gerais:
Peso: 1.490/1.620 toneladas.
Comprimento: 62 metros.
Velocidade máxima: 22 nós.
Autonomia: 50 dias.
Tripulação: 44 militares.
Armamento: 8 tubos de lançamento de torpedo.
Obs. O Comandate receberá os jornalistas para uma entrevista amanhã (16), às 10 horas, a bordo do submarino.
CLEBER RIBEIRO DA SILVA
Capitão-de-Fragata (T)
Assessor de Imprensa do Comando do 3º Distrito Naval

Deixe um comentário

Btn Posts Anteriores