Marca Maxmeio

Notícias

14 de dezembro às 11:38

Falta de zelo com o público

Garagem_1650

Absurdo a forma que funcionários irresponsáveis e sem compromisso tratam o bem público.  Causa indignação a forma que pessoas que deveriam zelar pelo que fazem,  desperdiçam materiais ou usam com má vontade. Esse tipo de funcionário devia ser punido e pagar pelo desperdício.

Estou escrevendo isso porque há cerca de um mês a Urbana pintou o meio-fio na Rua Correia Teles na Cidade Alta onde moro. Só que em vez de pintar somente onde deveria, pintou por cima do amarelo em frente as garagens. Alem de gerar um problema, pois os motoristas param seus carros em frente a garagem por não ter sinalização ainda desperdiçaram a tinta pintando onde não deviam.

Reclamei há mais de um mês e só hoje tive resposta:
“Bom dia Canindé Soares !! Vamos entrar em contato com os encarregados da área e os terceirizados para que não acorram mais isso. A Urbana agradece a sugestão”

Vão reclamar para que não ocorra mais isso!? Quer dizer que eu tenho que comprar a  tinta e pintar o meio-fio pagando pelo erro dos outros?

Liguei para o encarregado  do setor e mesmo me respondeu que não podia fazer nada pois não tinha tinta amarela. Questionei novamente e ele disse que ia falar com o secretário, e se ele autorizasse vinha pintar o  meio-fio. Primeiro não é o secretário que tem que autorizar nada. Quem fez desperdício com material comprado com dinheiro publico e fez trabalho com má vontade é quem tem que pagar a conta. O dinheiro público é para ser usado com responsabilidade.

Deixe um comentário

5 comentários em “Falta de zelo com o público

  1. wellington lima disse:

    Ola pessoal… na minha modesta opinião o que acontece são inumeros fatores que levam a isso…em primeiro lugar vem a desqualificação do empregado, em segundo vem o trabalho feito sem uma fiscalizaçõ do próprio orgão, porque não se pode soltar um monte de empregados pra fazer um trabalho e deixa-los à vontade,principalmente de orgãos públicos,teria que ter uma fiscalização dos mesmos. pintar os trechos de amarelo existe, mas existe também a questão de pintar as arvores de branco de cal…o que todos sabemos que prejudica as mesmas, pode ate ficar bonitinho, mas é prejudicial. outra coisa é que alem de lambusar, o termo é esse,ja aconteceu aqui em minha rua dels sairem brincando, correndo atraz dos outros pra jogar cal…pode? parecia ate parque de diversão, isso sem se emportar com quem passava na rua…sem contar com os palavrões…seu isso…seu aquele…deu pra entender né? isso eu vi, ninguem me contou não. agora só um ponto ai…essa dos motoristas pararem em frente as garagens porque o meio fio ta branco…é brincadeira né não? faz o seguinte, anota-se a placa ou tira-se uma foto, que hoje é facil…celular,cameras compactas etc. e faz-se a multa ou seja a denuncia…quando chegar na casa dele ai vai ver só.

  2. DAMARIS LISBOA disse:

    Muito bem Caninde!
    Vamos aproveitar esse espaço do seu blog,que ,alias é muito visitado,para fazer valer os nossos direitos
    O descaso com a coisa publica é estarrecedor!

  3. junior disse:

    Canindé, nós que moramos aqui na cidade alta e temos garagem, não somos obrigados a pintar o meio fio de amarelo, mas isso que aconteceu, não somente na sua rua, aqui na ponciano barbosa também houve isso..

    o que falta também,é a educação das pessoas.

  4. Nina disse:

    O que ocorre, é que são pessoas despreparadas para
    para lidar com a sociedade
    Ja cansei de reclamar tanta “aberração” aqui na ruas dos Tororós, Lagoa Nova

    O Errado tornou-se o “correto ”

    fazer o que….eles tem o poder

  5. Nina disse:

    O que ocorre, é que são pessoas despreparadas para
    para lidar com a sociedade
    Ja cansei de reclamar tanta “aberração” aq

Btn Posts Anteriores