Marca Maxmeio

Notícias

Companhia possui quase 90% da capacidade instalada de geração proveniente de fontes renováveis

O desenvolvimento sustentável é uma realidade que tem modificado a forma como as pessoas e empresas agem no mundo. Nesse cenário, as energias renováveis têm sido uma das protagonistas em busca de um futuro verde, impulsionando economias pautadas na descarbonização.

Para a Neoenergia, controladora da Cosern no Rio Grande do Norte, a energia renovável está no cerne da sua atuação, com quase 90% da capacidade instalada de geração de energia da companhia se configurando nessa frente, entre eólica e hídrica.  

O compromisso da empresa está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), com atuação direta em duas delas – energia acessível e limpa e ação contra a mudança global do clima.

De forma semelhante, a Neoenergia atua seguindo as diretrizes do Grupo Iberdrola, do qual a empresa faz parte, que tem como meta diminuir a emissão de CO2 em 50% até 2030, chegando à neutralidade de carbono até 2050. 

Como apontado no relatório ‘Global Renewables Outlook: Energy Trasnformation 2050’ da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena, na sigla em inglês), o combate às mudanças climáticas tem um importante papel na recuperação da economia após a crise provocada pela pandemia de Covid-19.

Diante disso, o investimento em energia renovável se torna ainda mais necessário para que as transformações aconteçam. A Neoenergia antecipa tendências e tem observado os vetores decisivos para as mudanças que tornem o mundo cada vez mais sustentável”, afirma o gerente de Construção de Renováveis da Neoenergia, William Carneiro.  

Investimento em estrutura  

As energias renováveis, como as advindas do sol e do vento, estão alcançando custo e performance semelhantes aos de fontes de energias consideradas convencionais, a exemplo de carvão, petróleo e gás natural. Isso é possível devido ao contínuo investimento em estrutura para geração de energia solar e eólica.

No caso da Neoenergia, está em andamento no momento a construção de dois novos empreendimentos de geração eólica – o Complexo Oitis, no Piauí e na Bahia, e o Complexo Chafariz, localizado na Paraíba, que irão triplicar a capacidade instalada de geração eólica da companhia.  

Aliado a isso, o desenvolvimento de novas tecnologias ajuda a diminuir ainda mais os custos e a promover a integração. Um exemplo pode ser visto com as baterias utilizadas para armazenamento da energia gerada pelo sol, que tem sido foco de constante inovação. O resultado são valores mais acessíveis e ampliação do mercado. Somente no primeiro semestre de 2020, a Agência Nacional de Energia (Aneel) registrou mais de 74 mil novas instalações de unidades geradoras solares, o que representa um aumento de 70% da capacidade instalada em comparação com o mesmo período do ano passado.  

Demanda sustentável  

As empresas estão sendo demandadas para serem cada vez mais sustentáveis e estão assumindo diversos compromissos globais, como o Acordo de Paris, que trata do combate às mudanças climáticas. A Neoenergia é signatária do acordo, que engloba os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, pois reconhece a importância do tema. De acordo com a Irena, a geração de energia renovável aliada a programas de eficiência energética pode gerar uma redução de mais de 90% das emissões de CO2.  

Os números ao redor do mundo mostram que o caminho já está sendo trilhado. Em 2019, pela primeira vez em décadas, a geração de energia renovável aumentou mais do que a demanda de eletricidade, enquanto a geração de eletricidade de combustíveis fósseis diminuiu.

O relatório da Irena aponta ainda que a energia solar e a eólica devem liderar o caminho para essa transformação. Enquanto a energia vinda dos ventos vai suprir mais de um terço do total da demanda de eletricidade, a solar virá em seguida, representando cerca de 25% do total. Com isso, a geração de energia solar deve crescer mais de 10 vezes até 2050, em comparação com os níveis de 2017. 

Empoderamento do consumidor  

O aumento da disponibilidade de energia renováveis, com custos mais acessíveis e a preocupação com o bem-estar da vida no planeta são fatores que, combinados, contribuem no poder de decisão do cliente. Esses são justamente os pontos descritos na pesquisa da Deloitte “Tendências globais de energia renovável”, que aponta as principais transformações do setor e novas oportunidades de negócios. De acordo com o relatório, as energias solares e eólicas estão cada vez mais se alinhando as prioridades do consumidor: custo-benefício, redução de carbono e confiabilidade.  

O cliente também está mais consciente do seu papel na sociedade e de como suas atitudes e escolhas impactam o meio ambiente. Por isso, está se tornando comum entre as pessoas a adoção de um estilo de vida mais sustentável, ao mesmo tempo que cobra das empresas a mesma postura. O resultado é um crescente número de consumidores que dão preferência a fontes de energia renovável, acelerando a transição energética em todo o mundo.  

Fontes citadas:

https://www.irena.org/publications/2020/Apr/Global-Renewables-Outlook-2020
https://www2.deloitte.com/br/pt/pages/energy-and-resources/articles/tendencias-globais-energia-renovavel.html

SOBRE A NEOENERGIA: companhia de capital aberto com ações (NEOE3) negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Parte do grupo espanhol Iberdrola, a empresa atua no Brasil desde 1997, sendo atualmente uma das líderes do setor elétrico do país. Presente em 18 estados, seus negócios estão divididos nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização. As suas distribuidoras, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP/MS), atendem a mais de 14 milhões de clientes, o equivalente a uma população superior a 34 milhões de pessoas. 

A Neoenergia possui 4 GW em geração, sendo 88% de energia renovável, e está implementando mais 1 GW com a construção de novos parques eólicos. Em transmissão, são 679 km de linhas e cerca de 5.000 km em construção. Por meio do Instituto Neoenergia, fomenta o desenvolvimento sustentável a partir de ações socioambientais e, assim, contribui para a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde a empresa atua, sobretudo, pessoas mais vulneráveis, visando sempre pelo desenvolvimento sustentável. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Btn Posts Anteriores