Marca Maxmeio

Notícias

31 de maio às 09:22

Novos rumos para fotografia


Ministro Juca Ferreira anuncia investimentos diretos para a fotografia, da ordem de R$ 30 milhões…


… e fotógrafos comemoram.

[nggallery id=242]

Durante  quatro dias, fotógrafos de todo pais estiveram participando do I Encontro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil que aconteceu em Brasilia. No encerramento do evento no domingo pela manhã o ministro da cultura, Juca Ferreira nos  supreendeu, informando em primeira mão,  a disposição de investimentos diretos para a fotografia, da ordem de R$ 30 milhões já em 2010, além daqueles 4,5 milhões liberados pela Funarte por intermédio de seus editais. E foi aplaudido de pé.

Encontro de Fotógrafos Brasileiros

Profissionais de todo o país estiveram reunidos em Brasília durante quatro dias

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, e o secretário executivo do MinC, Alfredo Manevy, estiveram neste domingo, 30 de maio, na solenidade de encerramento do I Encontro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil (I RPCFB), realizado em Brasília durante quatro dias, a partir da última quinta-feira, dia 27.

O primeiro grande encontro nacional reuniu, no Centro de Convenções Israel Pinheiro, fotógrafos e representantes de diversos festivais, galerias, museus, escolas e de outras iniciativas de todo o Brasil ligadas à fotografia.

Durante a cerimônia, o ministro Juca Ferreira reforçou a necessidade de reforma do modelo de fomento, para atender fotógrafos de todas as regiões do país. “É preciso que a fotografia esteja na sala de aula, nos museus, nos espaços públicos, nos encontros de cultura brasileira no exterior”, enfatizou.

Ele lembrou que, no começo dessa gestão, em 2003, durante encontros sobre artes visuais, alguns artistas do segmento não aceitavam a fotografia como arte. “A fotografia é um suporte importante, um limiar entre a realidade e a criação de uma maneira fantástica, sendo que alguns decolam mais para a criação, enquanto outros mantêm esse diálogo com a realidade, mesmo recriando e dando um sentido a nosso cotidiano”, expressou Juca Ferreira.

O secretário executivo Alfredo Manevy afirmou que, ainda este ano, o Ministério da Cultura deve lançar fundos setoriais para aumentar o investimento público direto nas artes e que o fundo das artes visuais vai injetar orçamento direto na produção fotográfica.

Políticas Públicas

O I Encontro da RPCFB teve como finalidade o debate de diversas questões, dentre elas, a elaboração de políticas públicas de desenvolvimento para o setor.

Outros temas interessantes envolveram a produção cultural da fotografia brasileira, destacando-se a fotografia sob o impacto das novas mídias, fotografia e inclusão sócio-cultural, fotografia e memória, além de gestão cultural nessa área. Ao final do encontro, foram apresentadas 200 propostas ao MinC.

A Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil foi criada em 2009, a partir da elaboração da Carta de Paraty, documento  extraído do 1º Encontro de Agitadores Culturais da Fotografia no Brasil, realizado durante a 5ª edição do Paraty em Foco. Em dezembro do ano passado, Iatã Cannabrava e outros representantes da RPCFB entregaram ao ministro Juca Ferreira, em Brasília, o documento. Saiba mais.

Atualmente, 95 iniciativas integram a Rede para fortalecimento do trabalho dos autores. Por meio da RPCFB são propostas ações de cooperação na formulação de políticas públicas capazes de difundir e consolidar a produção fotográfica no país. A pesquisa e o mapeamento da fotografia brasileira também fazem parte das principais pautas da agenda da rede.

Brasília 50 Anos – No dia da abertura do Encontro, o Ministério da Cultura, a Associação dos Fotógrafos Fototech e a Galeria Casa da Luz Vermelha apresentaram a exposição Brasília 50 Anos, dos fotógrafos Anderson Schneider, Cristiano Mascaro, Dorival Moreira, Samuel Cytrynowicz e Sérgio Jorge, com curadoria de Rosely Nakagawa, que estará em cartaz até 20 de junho, na Casa da Luz Vermelha (Clube da Asbac – SCES Trecho 2, Conjunto 31).

(Divulgação: Comunicação Social/MinC)

Leia mais informações no site www.clicio.com.br

Deixe um comentário

1 comentário em “Novos rumos para fotografia

Btn Posts Anteriores