Marca Maxmeio

Notícias

23 de abril às 23:05

TCE e Escoteiros firmam acordo

Tribunal e escoteiros firmam acordo visando ampliar o conhecimento sobre o controle do orçamento público
O dia internacional do escotismo, 23 de abril, foi marcado no Rio Grande do Norte pela assinatura de um acordo de cooperação entre o Tribunal de Contas do Estado e a União Brasileira de Escotismo – UEB – Região do Rio Grande do Norte, tendo como objetivo promover o fortalecimento do controle social, estimulando a participação social das crianças, adolescentes e jovens de escolas públicas potiguares. O projeto, criado em consonância com a disciplina de educação fiscal, será iniciado por Natal e ampliado para os municípios de Mossoró, Pau dos Ferros, Macau e Caicó.
O acordo foi assinado pelo presidente do TCE, Valério Mesquita, e o diretor presidente da UEB, Carlos Roberto Pinto Lopes, numa solenidade simples com a presença do diretor da Escola de Contas, conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves; coordenadora da Escola de Contas, Marlúsia Saldanha; coordenadora da Ouvidoria, Zênia Maria Chaves L. de Alcântara; secretária do controle externo, Michelle Gomes; presidente do conselho de administração da UEB, Ivan Alves Nascimento; reitor do seminário São Pedro, Josenildo Nunes; e diretores das regionais de escoteiros.
A solenidade foi iniciada pelo presidente da UEB, Carlos Pinto, lembrando da importância do movimento escoteiro ao longo do tempo, sensibilizando e mobilizando as pessoas para ações positivas na sociedade, levando o lema “sempre alerta” para as diversas comunidades. No estado, informou, atualmente 6 mil escoteiros estão atuando, número que foi ampliado nos últimos anos graças a uma parceria com a Secretaria Estadual de Educação. No caso do acordo com o TCE, as ações serão fortalecidas com o aumento do conhecimento sobre a execução do orçamento público e, neste aspecto, o papel do TCE como órgão responsável pelo controle externo. “Este projeto pretende ser um tijolo a mais na construção da cidadania participativa, mobilizando os estudantes para a importância do controle da gestão”, enfatizou Zênia Chaves.
O diretor da Escola de Contas, conselheiro Paulo Roberto, lembrou do pioneirismo da iniciativa, enfatizando que “antes da cidadania se tornar moda, os escoteiros já existiam fazendo este trabalho de base, com foco na formação de cidadãos participativos”.
Encerrando a solenidade, o presidente do TCE, Valério Mesquita, lembrou dos professores Henrique Castriciano e Luiz Soares, que iniciaram o escotismo no estado, e a importância do movimento, sobretudo num momento “em que há denúncias de corrupção em todo o país”. Para o presidente, muitas das mazelas observadas ocorrem pela falta de conhecimento. “Muitas pessoas não sabem como o TCE funciona, o trabalho que é realizado e que também podem fazer denúncias. Com a colaboração dos escoteiros, essa informação será ampliada em todo o estado, contribuindo, assim, para a melhoria da qualidade de vida”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários em “TCE e Escoteiros firmam acordo

  1. denize ferreira do nascimento disse:

    ola,eu tambem sou do escoteiro sou do 03 de pitangui…………………………………………beijos sempre alerta

  2. hallyson disse:

    Muito bom , cada dia mais o escotismo tem ampliado seus horizontes e firmando um compromisso com a sociedade, “Mais escoteiros, melhores cidadões!”

    ass. Hallyson
    Escotista do 05° Grupo Escoteiro do Mar Humberto Lustosa.

    SEMPRE ALERTA!

Btn Posts Anteriores