Marca Maxmeio

Notícias

20 de janeiro às 20:26

Um pôr-do-sol gratuito


Pôr-do-sol da Pedra do Rosário

Este post deveria ser de um pôr-do-sol do Iate. Deveria porque uns amigos resolveram se reunir por lá para comemorar o aniversario do amigo fotógrafo Paulo Oliveira. Fui até  lá para fazer o devido registro. Mas deparei com uma situação que não gostei. Fui recepcionado com muita indiferença por uma pessoa que parecia um porteiro ou segurança, que em vez de cumprimentar com uma boa tarde, fez uma abordagem de “nem venha que aqui não tem”. E mandou-me ir do lado, comprar uma senha para entrar. Fui verificar o valor e me informaram ser R$ 10,00. Achei absurdo, entrar num lugar para ver o pôr-do-sol e ter que pagar. Lógico que ia fazer umas fotos de Paulinho com os amigos. E ele merece que se pague muito mais. Mas apesar de ser um direito da casa cobrar o que bem entender, eu prefiro fazer o pôr-do-sol da Pedra do Rosário, que não paga nada.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 comentários em “Um pôr-do-sol gratuito

  1. EVALDO GOMES disse:

    amigo caninde, fico triste com essa situação, ser impedido de trabalhar, mas como dizia o outro, muita calma nessa hora, pois vale a pena, foi uma tarde linda, tudo perfeito o homem, sintonia com a natureza, pessoas inteligentes, artistas trabalhano, brincando e se divertindo, vc merecia estar lá, no proximo iremos juntos…darei um jeito nessa situação. grande abraço.

  2. wellington lima disse:

    Menino até isso? rapaz daqui a pouco vão engarrafar o ar daqui porque ja falaram que é o mais puro das americas…juro que ja tô com medo…sei não viu? esse negócio de cobra aqui, cobra acóla..ta virando moda…e proibir então…eu ja ando receioso…de puxar a minha camera e fotografar, fizemos uma caminhada pela ponte, e em verdade eu digo, eu tava pensando que ia aparecer uma viatura e mandar agente voltar, alegando que não poderia ou coisa parecida, só faltou isso…ou então dizer que um de nois iria pular de lá…coisa desse tipo. sei não eu acho que precisamos nos impor mais como reporter fotograficos ou então agente vai acabar fotografando festa baile…só que com uma resalva…quando nos mandarem um convite…..

  3. Jacqueline disse:

    Adorei a foto! E concordo com vc, o por- do-sol não devia ser cobrado. Tantas cobranças em Natal explica porque as coisas acabam não emplacando!

  4. GUIOMAR SILVEIRA disse:

    Canindé..
    Como diz Sandro Fortunado.
    “Vc é muito Punk”.. Rsrsr
    Perfeita esse foto.
    UM abraço

  5. vivi disse:

    Canindé,
    Parabéns pela foto linda. Adorei este belo crepúsculo. Você merece um passaporte livre para entrar em qualquer lugar desta cidade que muito te deve pelos relevantes serviços prestados a sua memória fotográfica. Natal é nossa! Um beijo de solidariedade da Vivi

Btn Posts Anteriores