Marca Maxmeio

Notícias

O programa que marcou a vida dos potiguares na década de 90, agora volta em um novo formato, mas com a mesma essência. O Aqui Agora entrou na casa dos telespectadores durante muitos anos, e deixou uma marca, através de um jornalismo real, mostrando os fatos como aconteciam, e sem arrodeios. Era uma época onde a tecnologia não favorecia, e mesmo assim, o programa se destacou por muito tempo.

Depois de quase duas décadas, a superintendência do Sistema TV Ponta Negra de Comunicação, teve a ideia de trazer de volta o programa, dessa vez na 95 Mais FM. O 95 Aqui Agora, estreou na última segunda-feira (12), na apresentação dos jornalistas e radialistas, Analyson Miqueias e Karol Dantas.

Além da rádio, o programa pode ser acompanhado através do YouTube e Facebook da 95 Mais FM, de segunda a sexta, das 18h às 19h.

“O 95 Aqui Agora, nos traz uma memória afetiva muito forte. Afinal, foi um jornal que realmente fez jus ao nome. Onde aconteciam os fatos, ali estávamos, para mostrar aos telespectadores. Eu sentia falta de um programa de rádio com esse estilo. Um certo dia, me lembrei do Aqui Agora, e decidi trazer a mesma ideia, com um jornalismo ágil, com respeito ao ouvinte e prezando sempre pela credibilidade. Nos primeiros dias do 95 Aqui Agora, já senti que será um sucesso”. Enfatizou Micarla de Sousa, superintende do Sistema Ponta Negra de Comunicação.

Campanha de imunização contra Influenza começou nesta semana; Ministério da Saúde estima que 79,7 milhões de pessoas recebam a dose

Começou nesta segunda-feira (12), a campanha nacional de vacinação contra a gripe, que deve se estender até o dia 09 de julho. Este ano a campanha ganha ainda mais relevância para evitar a sobrecarga nos sistemas de saúde em decorrência de complicações do vírus da Influenza.

Para a professora de Biomedicina e Enfermagem da Estácio, Josei Motta, é fundamental esclarecer como a campanha de vacinação contra a gripe que acontece paralelamente à imunização contra a Covid-19, a fim de tranquilizar a população e reforçar a importância de ambas.  

Para quem tomou a primeira dose da vacina da Covid-19, a docente explica que é necessário completar o esquema vacinal e, somente após um intervalo de 14 dias, tomar a vacina contra a gripe. “Considerando a ausência de estudos de coadministração para a vacinação contra a Influenza e a Covid-19, recomenda-se esse intervalo. O mesmo vale para quem tomará primeiro a vacina da gripe: deve-se aguardar um intervalo mínimo de 14 dias para tomar o imunizante contra o novo coronavírus”, orienta.

A campanha de imunização contra a Influenza é dividida em três etapas e o Ministério da Saúde estima que 79,7 milhões de pessoas recebam a dose.

Segundo a enfermeira, se for a vez do indivíduo tomar a vacina do coronavírus é fundamental priorizá-la e após o intervalo de duas semanas tomar a vacina da gripe. “Vale lembrar que no caso de quem contraiu a Covid, a evolução clínica pode ocorrer até duas semanas após a infecção; idealmente a vacinação deve ser adiada até a recuperação clínica total e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas (Ministério da Saúde, 2021)”, descreve a professora da Estácio. 

A Dra. Ana Isabel Pérez Machío, Professora da Universidade do País Basco (UPV/EHU), que fica localizada em Donostia-Espanha, é reconhecida internacionalmente e, também em Natal/RN, por ser grande uma referência de educadora e investigadora jurídica nas temáticas do Direito Penal, Criminologia e Vitimologia. Desta vez, ela está lançando um curso específico, voltado para profissionais e estudantes de Direito, intitulado de “La Violencia de Género desde una Perspectiva Multidisciplinar. Hacia respuestas transversales.” (A Violência de Gênero a partir de uma perspectiva multidisciplinar. Em busca de respostas transversais), que será ministrado na modalidade Online, entre 24 de maio de 2021 e 25 de junho de 2021 e que contará com a participação de inúmeras professoras e professores espanhóis expertas e expertos na área da Violência Contra as Mulheres, que ministraram, durante os 5 módulos, todos os aspectos mais importantes relacionados à temática.

Entre os principais objetivos da atividade acadêmica, a Dra. Ana Isabel Pérez Machío destaca a abordagem da violência de género numa perspetiva multidisciplinar, com ênfase nas questões criminológicas, vitimológicas e jurídico-criminais. Partindo da existência de um Direito Penal heteronormativo, o Curso analisa o tratamento jurídico-penal a partir dessa estrutura, sem deixar de lado os aspectos criminológicos que conferem ao fenômeno atual uma perspectiva global para sua compreensão e prevenção.

O curso permite que estudantes e professionais brasileiras e brasileiros façam suas inscrições através do site: La violencia de género desde una perspectiva multidisciplinar. Hacia respuestas transversales | Cursos de Verano UPV/EHU (uik.eus) O valor é de 152 euros, com certificação conferida de 45 horas de carga horária. Faça sua inscrição!

As distribuidoras da Neoenergia, entre elas a Cosern, encontraram na arte uma estratégia para conscientizar a população, reduzir casos de vandalismo e prevenir acidentes nas suas subestações elétricas.

O exemplo mais recente vem da Subestação Elétrica Guarujá 04, da Elektro, distribuidora da Neoenergia no litoral de São Paulo onde foi executado um mural de 155 metros de extensão com intervenções em grafitagem sobre a importância da energia e dicas de segurança e economia (confira fotos em anexo).

A iniciativa já é adotada há alguns anos pelas concessionárias da Neoenergia no Nordeste: Coelba (BA), Celpe (PE) e Cosern (RN). Em outubro de 2018, a Cosern entregou à população de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, o maior painel grafitado do estado, desenhado e pintado no muro da Subestação Igapó, próximo ao Gancho.

Produzido pelo artista Miguel Carcará juntamente com os alunos das Escolas Municipais Vicente de França Monte e Doutor Varela Barca dentro do projeto Grafite, Arte, Educação e Segurança da Cosern, o painel mede 270 metros de extensão e 03 metros de altura, homenageia São Gonçalo do Amarante retratando pontos turísticos e manifestações culturais do município e traz dicas de segurança no uso de energia elétrica com a população potiguar.

Este foi o terceiro painel com dicas de segurança grafitado nos muros das subestações da Cosern dentro do projeto. A primeira experiência foi realizada em agosto de 2016, no muro da Subestação Centro, localizada na esquina da Av. Prudente de Morais com o Canal do Baldo, no Tirol, em Natal. Artistas do grupo de grafiteiros Coletivo Aboio deixaram no local os seus traços coloridos que passaram a fazer parte da paisagem urbana de Natal.

Em junho de 2018, o grafiteiro Miguel Carcará promoveu uma oficina com os alunos do 4º e 5º anos da Escola Estadual Maria Lídia, nas Quintas, como preparação para a grafitagem do muro Subestação Alecrim. O trabalho se transformou em atração turística na central de distribuição elétrica.

Em maio de 2019, O muro do Edifício- Sede da Cosern, localizado na descida do viaduto do Baldo em direção ao Rio Potengi, região Central de Natal, transformou-se num painel grafitado de 750 metros quadrados pelas mãos dos artistas de rua do “#Coletivo 08” (Miguel Carcará, Vitor Silva, Suco, Marcos, Bob Jhow e F. Black).

“O nosso objetivo ao implementar a grafitagem é de inibir ações de vandalismo, como pichações, além de melhorar a segurança com redes a partir da conscientização sobre hábitos de segurança, mostrando que a população não deve pular o muro ou empinar pipa próximo à rede elétrica. A nossa experiência no Nordeste e agora na subestação Guarujá 04 já mostrou que, com os muros mais bonitos e coloridos, a comunidade se sente mais engajada e conseguimos um melhor resultado em parceria com os moradores”, afirma o gerente de Expansão de Subestações da Neoenergia, José Ferraz.

“Temos experiências positivas em diversos formatos, seja contratando artistas locais como fizemos no Guarujá ou disponibilizando os materiais para que a própria comunidade possa realizar as intervenções. Em todas, tivemos uma conscientização maior das pessoas e, consequentemente, mais segurança”, explica José Ferraz.

Fotos: Neoenergia/divulgação

SOBRE A NEOENERGIA: Companhia de capital aberto com ações (NEOE3) negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Parte do grupo espanhol Iberdrola, a empresa atua no Brasil desde 1997, sendo atualmente uma das líderes do setor elétrico do país. Presente em 18 estados e no Distrito Federal, seus negócios estão divididos nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização. As suas distribuidoras, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN), Elektro (SP/MS) e CEB-D (DF) atendem a mais de 15 milhões de clientes, o equivalente a uma população superior a 37 milhões de pessoas.

A Neoenergia possui 4 GW em geração, sendo 88% de energia renovável, e está implementando mais 1 GW com a construção de novos parques eólicos. Em transmissão, são 1.038 km de linhas em operação, destes 359 km (três trechos) entregues em 2020 e cerca de 6 mil km em construção, já considerando o lote arrematado no leilão de dezembro de 2020. Por meio do Instituto Neoenergia, fomenta o desenvolvimento sustentável a partir de ações socioambientais e, assim, contribui para a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde a empresa atua, sobretudo, pessoas mais vulneráveis, visando sempre pelo desenvolvimento sustentável. A partir de janeiro de 2021, a Neoenergia passa a integrar a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão – que reúne companhias que possuem as melhores práticas de governança e sustentabilidade corporativa.

  O Governo do Estado inicia na última sexta-feira, 09 de abril, por meio do Programa de Artesanato do Rio Grande do Norte  (Proarte) da  SETHAS, as inscrições para seleção de artesãs e artesãos que vão participar da 26ª Feira Internacional de Artesanato (FIART) 2021 que este ano será realizada dias 07, 08 e 09 de maio.
O edital de chamamento público nº 001/2021-SETHAS-RN 26ª Feira Internacional de Artesanato (Edição Digital) tem objetivo de selecionar artesãos e artesãs, e entidades representativas do artesanato, para ocupação dos espaços virtuais e físicos para divulgação e comercialização dos produtos artesanais do Rio Grande do Norte na 26ª Feira Internacional do Artesanato.
Este ano, por causa da pandemia, o evento será transmitido pelo portal da Fiart. A exposição e vendas das peças artesanais será no espaço Neuma Recepções, por encomendas, e modelo de retirada drive-trhu.
As inscrições para concorrer à seleção do Proarte serão realizadas no período de 09 a 18 de abril de 2021, das 8h às 17h. Para concorrer a uma das 150 vagas oferecidas pelo Governo do Estado, é preciso preencher a ficha de inscrição com documentação exigida no edital que está publicado no site da Sethas (www.sethas.rn.gov.br) no menu Legislação, aba edital.
Depois de preencher a ficha de inscrição com a documentação necessária é só enviar para o e-mail do Proarte (proartern@gmail.com) com o seguinte assunto: 26ª FIART (Edição Digital) – Edital 001/2021.
No corpo do e-mail deve ser informado o nome do(a) artesão/artesã, ou entidade interessada com assunto fazendo referência ao título “EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2021-SETHAS-RN 26ª Feira Internacional de Artesanato (Edição Digital)”.
As 150 vagas para a 26ª FIART que serão distribuídas da seguinte forma:

  • 07 vagas para Associações ou Cooperativas (30 fotos cada –210 fotos);
  • 135 vagas para artesãos individuais (10 fotos – 1350);
  • 02 vagas para artesãos de aromatizantes, essências e cosméticos (10 fotos – 20 fotos);
  • 06 vagas para artesãos culinaristas (10 fotos cada –   60 fotos)

Valores das inscrições variam de R$ 90 a R$ 130. Processo é todo feito pelo site do Instituto AOCP   As inscrições para o concurso público do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) já estão abertas. A inscrição deve ser feita exclusivamente no site do Instituto AOCP (www.institutoaocp.org.br), que é a empresa contratada para o certame. Para os cargos de nível médio, a taxa é de R$ 90; assistente técnico forense, R$ 110; e os demais cargos de nível superior, R$ 130.  

O concurso contará com 276 vagas – incluindo 16 destinadas às PcD (Pessoas Com Deficiências) – distribuídas para as cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros, englobando os cargos de perito criminal (área geral e específica), perito médico legista, perito médico legista na área de psiquiatria, perito odontolegista, assistente técnico forense, agente técnico forense e agente de necropsia, sendo os dois últimos destinados aos profissionais de nível médio e das demais para nível superior.  

As remunerações partem dos R$ 2.807,36 e podem chegar até R$ 7.440. No decorrer da carreira, o salário de um servidor do Itep-RN pode chegar a R$ 22.382,94 (dependendo da função). Essa possibilidade se deu após a governadora Fátima Bezerra promover, em 2020, o Plano de Cargos, Carreiras e Salário da categoria.  

As provas objetivas e discursivas estão previstas para o dia 27 de junho do corrente ano, e serão aplicadas em Natal, mas poderão ser aplicadas, também, em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município.  

Inscrições começam na segunda-feira (12). São 276 vagas e salários de até R$ 7.440  

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN), divulgou, no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (10), o edital do concurso do Itep.  

São 276 vagas – incluindo 16 destinadas às PcD – distribuídas para as cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros, englobando os cargos de perito criminal (área geral e específica), perito médico legista, perito médico legista na área de psiquiatria, perito odontolegista, assistente técnico forense, agente técnico forense e agente de necropsia, sendo os dois últimos destinados aos profissionais de nível médio e das demais para nível superior.  

As remunerações partem dos R$ 2.807,36 e podem chegar até R$ 7.440. No decorrer da carreira, o salário de um servidor do Itep-RN pode chegar a R$ 22.382,94 (dependendo da função). Essa possibilidade se deu após a governadora Fátima Bezerra promover, em 2020, o Plano de Cargos, Carreiras e Salário da categoria.  

As inscrições serão abertas a partir das 9h de segunda-feira (12) e seguem até o dia 20 de maio no site da AOCP (www.institutoaocp.org.br), que é o Instituto contratado para a organização do concurso. Para os cargos de nível médio, a taxa de inscrição será R$ 90; assistente técnico forense, R$ 110; e os demais cargos de nível superior, R$ 130.  

As vagas podem ser concorridas por profissionais de diversas áreas, tanto das ciências biológicas e da saúde, como das humanas e exatas, incluindo graduados em medicina, medicina veterinária, odontologia, biologia e biomedicina, meio ambiente, engenharia, arquitetura, física, análise sistemas, química, administração, contabilidade, economia, computação, farmácia, serviço social, biblioteconomia, psicologia e direito. Todos os requisitos podem ser conferidos no Edital.  

As provas objetivas e discursivas estão previstas para o dia 27 de junho do corrente ano, e serão aplicadas em Natal, mas poderão ser aplicadas, também, em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município.  

Já o horário e o local das provas serão informados futuramente, por meio do edital no site da organizadora e no Cartão de Informação do Candidato, a partir do dia 11 de junho.  

Matrículas realizadas até o dia 3 de maio terão 15% de desconto

Natal (RN), 9 de abril de 2021 – Referência em escola de idiomas, o Senac RN acaba de abrir um novo período de matrículas para o curso de Inglês. As turmas serão on-line ao vivo e direcionadas ao público adulto, iniciante no idioma. As matrículas estão sendo realizadas através da Loja On-line Senac, no endereço https://senacrn.lojaintegrada.com.br/, ou presencialmente, em qualquer unidade do Senac RN.

As aulas iniciam no próximo dia 3 de maio. Aos alunos que se inscreverem até esta data, o Senac está ofertando 15% de desconto na matrícula.

Serão três novas turmas do English Express 1, módulo inicial que contempla carga horária de 70h. Os interessados terão três opções de horários para fazer o curso: segunda e quarta, das 18h às 20h; terça e quinta, das 18h às 20h e aos sábados, das 8h às 12h. Com professores certificados internacionalmente, o curso de inglês do Senac se destaca pelo seu método interativo e focado na compreensão e expressão oral e escrita em contextos reais.

“Há mais de 21 anos oferecendo o mais alto nível de excelência educacional em cursos de idiomas, neste ano, entre todos os impactos impostos pela pandemia Covid-19, percebemos a alta demanda de um público entendendo cada vez mais a necessidade de fluência na língua inglesa. Assim, decidimos abrir novas turmas, exclusivas para o público que ainda não tem conhecimento ou mesmo aquelas pessoas que por algum motivo precisou parar os estudos e agora quer retomar do zero. Esse público tem agora mais uma oportunidade de estar investindo em sua formação profissional, através de uma qualificação cada vez mais necessária ao mundo atual”, declarou o diretor regional do Senac, Raniery Pimenta.

Informações detalhadas sobre os valores, níveis e descontos ofertados também podem ser obtidas no telefone e whatsapp (84) 4005-1000.

As Licenças Simplificadas anteriores perderam a validade antes do Departamento concluir os trechos.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema emitiu duas licenças para o Departamento de Estradas e Rodagens (DER): uma delas trata do prolongamento da Av. Moema Tinoco da Cunha Lima, com início no entroncamento com a Av. Tocantínea e segue até o encontro com a BR-101. A segunda, é referente ao prolongamento e duplicação da Av. Conselheiro Tristão, com início na Av. João Medeiros Filho e segue até o entroncamento da Av. Tocantínea com a Av. Moema Tinoco da Cunha Lima, Zona Norte de Natal/RN. Ambas foram entregues, essa semana, e possuem validade de seis anos.

Segundo o supervisor do Núcleo de Obras Públicas do Idema (NAOP), Aluízio Aguiar, a viabilidade ambiental solicitada pelo Departamento foi aprovada e tudo está seguro, do ponto de vista ambiental, para o andamento e conclusão das obras. “A emissão da Licença Simplificada se deu em razão da necessidade de finalizar os serviços de duplicação e prolongamento, permitindo que o DER dê andamento e conclusão das obras. As Licenças anteriores perderam a validade antes do Departamento concluir os trechos. Outros entraves, também, ocorreram na obra. Entre eles, a paralisação por falta de recurso e necessidade de novas licitações serem elaboradas. Por estes motivos, o DER deu entrada novamente no Idema, solicitando outro documento e agora será possível finalizar”, disse.

O supervisor do NAOP acrescentou, ainda, que a emissão das Licenças foi possível em razão da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), entre Idema, DER e a 45ª Promotoria do Ministério Público Estadual para não haver impedimento no licenciamento ambiental. 

Dentre as condicionantes estabelecidas nos documentos, estão que o empreendedor fica ciente de que deverá executar todas as Medidas Mitigadoras dos Impactos Ambientais, previstas no Relatório de Controle Ambiental e Relatório Ambiental Simplificado apresentado ao Idema; o empreendedor não deverá efetuar a disposição de material betuminoso fora do leito da estrada, devendo informar os locais de deposição de rejeitos e bota-fora para prévia aprovação pelo Idema, além de comunicar ao órgão ambiental a suspensão ou o encerramento da atividade acompanhada de um Plano de Desativação, que contemple a situação ambiental existente.

Para a emissão das licenças sobre o prolongamento da Av. Moema Tinoco, o empreendedor fica ciente de que só poderá utilizar material de origem mineral (areia, argila, etc.) de áreas licenciadas pelo Idema. Além de uma série de outras condicionantes, o empreendedor deverá cumprir, também, todas as obrigações acordadas no Termo de Ajustamento de Conduta Aditivo – TAC, assinado pela 45º Promotoria de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, Aditivo do procedimento administrativo de nº 30.23.2343.0000110/2017-41.

O diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, comenta sobre a importância da obra. “Essa obra é de grande relevância do ponto de vista de mobilidade urbana e tráfego para as rotas turísticas do Litoral Norte. Em razão de alguns questionamentos feitos pelo Ministério Público foi necessária a paralisação, mas agora será retomada com o licenciamento devidamente viável. Essa é uma das principais obras de mobilidade do Estado, e com a conclusão total das obras, teremos mais acessibilidade para o potiguar, e também proporcionar comodidade ao turista que visitar o Litoral Norte”, disse o diretor.