Marca Maxmeio

Notícias

O Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) abriu processos seletivos para o Serviço
Militar Voluntário de Oficiais (SMV-OF) da Marinha do Brasil. Foram abertos dois Avisos de
Convocação, com oferta de um total de 26 vagas para ensino superior, distribuídas pelos estados do
Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas.
O período de inscrições vai de 20 a 31 de janeiro de 2021. O valor da taxa de inscrição é de
R$ 130,00 podendo ser paga até 1º de fevereiro de 2021. As vagas são para candidatos, homens e
mulheres, com mais de 18 anos e no máximo 40 anos até dia 31 de dezembro do ano de sua
incorporação.
O vínculo desses militares com a Marinha tem duração de um ano, podendo ser renovado até
oito anos. Neste processo seletivo, o militar temporário, que compõe a Reserva de 2ª Classe da
Marinha, mais conhecido como RM2, não tem a possibilidade de adquirir estabilidade prevista na
Constituição Federal de 1988.
O soldo de Guarda-Marinha, posto inicial do Oficial, é de R$ 6.993,00. Após seis meses no
posto de Guarda-Marinha, o Oficial temporário passa a ocupar o posto de Segundo-Tenente, com
soldo de R$ 7.490,00. Em seguida, após mais seis meses, será promovido a Primeiro-Tenente, com
soldo de R$ 8.245,00. No sétimo ano de prestação de Serviço Militar Voluntário, poderá chegar ao
posto de Capitão-Tenente, com soldo de R$ 9.135,00.
Os rendimentos em todos os postos incluem, ainda, adicionais militar e de habilitação. Além
da remuneração, há diversos benefícios indiretos como alimentação, assistência médico-hospitalar,
ajuda para aquisição de uniformes, entre outros.
Os interessados podem entrar no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br,
clicar em “Serviço Militar Voluntário”, escolher o Com3ºDN e acessar o link da sua inscrição e o
respectivo Aviso de Convocação, ou, ainda, acessar diretamente o site do Com3ºDN
(https://www.marinha.mil.br/com3dn/) e clicar em “Processos Seletivos para Militares
Temporários”.
O processo seletivo será feito por meio de provas objetivas com 50 questões de Língua
Portuguesa e Formação Militar Naval. Caso seja aprovado, o candidato passará pelos Eventos
Complementares, que são a Inspeção de Saúde (IS), a Prova de Títulos (PT), o Teste de Aptidão
Física (TAF), com natação e corrida, a Verificação de Dados Biográficos (VDB) e a Verificação
Documental (VD). Após isso, o aprovado passará por Instrução Militar-Naval, com duração de 11
semanas.

Das vagas
As vagas para nível superior oferecidas na área do Com3ºDN estão distribuídas nas
seguintes cidades e áreas:
Natal (RN): Farmácia (1); Fisioterapia (1); Enfermagem (2); Nutrição (1); Informática (Sistemas de
Informação) (1); Tecnólogo em Sistemas de Navegação Vistoriador Naval (VN) (1); Psicologia (1);
Serviço Social (2) e Engenharia Ambiental (1);
Recife (PE): Nutrição (1); Serviço Social (2); Inglês (1); Oftalmologia (1) e Gastroenterologia (1).
Maceió (AL): Cirurgião-Dentista (1); Enfermagem (1); Direito (1); Tecnólogo em Sistemas de
Navegação/Vistoriador Naval (1); e Pedagogia (1);
Fortaleza (CE): Farmácia (1); Fisioterapia (1); Pedagogia (1); e Educação Física (1).

Serviço:
Processo Seletivo para Serviço Militar Voluntário – Oficiais
Site: www.ingressonamarinha.mar.mil.br
Inscrição: 20 a 31 de janeiro de 2021
Taxa de inscrição: R$ 130,00
Telefones: (84) 3216-3083 / 3087

Previsão de cerca de 85% de substituição por redes de fibra óptica promete incrementar serviço oferecido pela empresa

Com a pandemia da Covid-19, o setor de telecomunicações tem sido fundamental para garantir o trabalho, o entretenimento e a socialização. Diante disso, em 2021, a empresa potiguar Cabo Telecom pretende investir na reestruturação e melhoria das redes nas áreas já atendidas, além de promover a ampliação em algumas cidades da região metropolitana cobertas pela Cortez Online, empresa adquirida pela Cabo Telecom em 2020.

No ano passado, a empresa, que integra o Grupo Conexão, apostou em um grandioso projeto de expansão de redes de fibra óptica. Atualmente, a Cabo Telecom possui mais de 1.000 km de redes ópticas ativas, atendendo a Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Macaíba, sendo que nessas duas últimas apenas clientes corporativos.

Segundo Cláudio Alvarez, diretor presidente da Cabo Telecom, “em 2021 nosso projeto é reestruturar as redes já instaladas e melhorar ainda mais os nossos serviços. Até o final do ano, 85% da nossa rede antiga em bairros de Natal e Parnamirim será substituída pela tecnologia de fibra óptica”, afirma.

“Em relação à Cortez Online, os investimentos estarão voltados ao aumento da cobertura de redes nas cidades em que a empresa já atua e em áreas ainda não atendidas. Chegaremos assim, a novos lares levando tecnologia de ponta a muitos potiguares”, comemora Cláudio.

Em números, de acordo com Décio Feijó, diretor de engenharia da empresa, a reestruturação prevê mais 450 km de rede de fibra óptica, sobre as redes híbridas restantes, nas áreas de Parnamirim, Nova Descoberta, Cidade Alta, Alecrim, Capim Macio, Cidade da Esperança e Mirassol. Além disso, 140 km de rede serão construídos nas cidades atendidas pela Cortez Online.

A expectativa de crescimento para o ano de 2021 na Cabo Telecom, segue a linha do Grupo Conexão, que, atualmente, possui mais de 8.500 quilômetros de redes de fibra óptica e está presente em mais de 50 cidades em várias regiões do Brasil, prestando serviços a 410 mil lares, 20 mil clientes empresariais e empregando 1.920 pessoas. Segundo o CEO do grupo, Gilbert Minionis, neste ano, “o grupo Conexão chegará a 600 mil lares e contará com mais de 2.223 colaboradores”.

O projeto Barco Escola retomará suas atividades no ano de 2021. Para isso, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema realiza um Chamamento Público para Cotação Prévia de preços para manutenção da embarcação. O chamamento foi publicado na Edição 14.847, do Diário Oficial do Estado (DOE), em 22 de janeiro.

A Cotação é referente à manutenção preventiva e corretiva da embarcação do tipo catamarã, com fornecimento de peças e acessórios, nos termos da Lei 8.666/93. O prazo para o recebimento das propostas será de 30 (trinta) dias, contados da publicação, constando CNPJ, timbre, assinatura do representante legal com identificação, validade de no mínimo de 90 (noventa) dias, bem como a descrição dos itens a serem cotados.

O Barco Escola, realizado pelo Governo do Estado por meio do Idema, é um espaço pedagógico onde as pessoas recebem aulas de ecologia, biologia, história, geografia, meio ambiente e cidadania. Ao longo dos anos, o projeto Barco Escola tornou-se uma das ferramentas mais fortes de conscientização ambiental do Rio Potengi.

Os interessados deverão encaminhar e-mail para o endereço orcamentoidema@gmail.com, ou se dirigirem à sede do Idema, de segunda a sexta, das 08h às 16h30 para o recebimento das especificações.

Mais informações: (84) 3232-2114.

Barco-Escola

O passeio é realizado no estuário do Rio Potengi, saindo do Iate Clube de Natal em direção à Fortaleza dos Reis Magos e passa por diversos outros pontos históricos de nossa cidade, como o Cemitério dos Ingleses e a Base Naval. Durante todo o percurso, o ambiente estuarino é apresentado em seus múltiplos aspectos por uma equipe de educadores ambientais do projeto, que ressalta ainda a importância da responsabilidade ambiental da população.

Por Janaína Amaral – Jornalista – @rituaisdaboamesa

A residência de verão da praia de Maracajaú , litoral norte potiguar, do casal Leila Cunha Lima e Marisio Almeida foi palco do 13o Festival Gastronômico de Maracajaú , neste sábado (23). Nove amigos que gostam de cozinhar se dividem em categorias de Entrada, Prato principal e Sobremesa e dão um show de sabor, criatividade e novidade no mundo gastronômico. E quatro jurados avaliam e dão a nota referente a cada prato.
Os nove convidados foram recepcionados com mesas postas lindas que incluía souplat com registro fotográfico da anfitriã Leila Lima.
A pedido de Leila, por conta da pandemia foi solicitado aos participantes que levassem o prato pré-pronto para que não houvesse aglomeração na cozinha.
Todo participante levou de premiação um quadro com fotos compradas através do site Olhar Potiguar.

Confira quem participou, suas colocações e categorias.

ENTRADA
Janaína Amaral ( @rituaisdaboamesa) – 1 lugar
Releitura da Ginga com Tapioca

Jane Silva ( @restaurante.colina) – 2 lugar
A Rainha do Seridó
Gota de tapioca com tilápia e crocante de coco catolé

Gilson Bezerra ( @penaestradatrilha) – 3 lugar
Vinagrete de polvo à lagareiro

PRATO PRINCIPAL

Paulo Prestígio ( eusouochefdacasa)
Medalhão de robalo na crosta de pistache e queijo grana padano servida com mil folhas de batata trufada. – 1 lugar

Marcelo Zsigmond (@mzsig) – 2 lugar
Polvo Maria Bonita com purê de Jerimum, com chips de batata doce, pimentões grelhados e apimentado, acompanha com brigadeiro de figo.

Sebastião Leite ( @fegawine)

Tereza Pança: Filé alto de bacalhau regado no azeite e servido em cama de batatas e lençol de pimentões, pimenta de cheiro, alho inglês e poró, acompanha brócolis e azeitonas.
Harmonização: Indomita gran reserva pinot noir

SOBREMESA

Ana Claudia (@gostosediscute) – 1 lugar
C de celebração
Quinteto de cheesecakes de: 1-cajá, carambola e cumaru, 2-caramelo com flor de sal defumado, 3-chocolate, café e carvão ativado, 4-cereja picante e 5-cocada cítrica, acompanhadas de sorvete de catupiry e crocante de coco.

Lorena Laurentino ( @lorena_laurentino @vemcomigopracozinha) – 2 lugar
Santa doçura
Baroise de capim santo com coulis de frutas vermelhas e praliné de castanhas.
Harmonização: clericot bouganville
Espumante brut com Infusão de flores de bouganville, morangos, framboesas e maçã.

Paula Lima (@paulalimabarbalho) – 3 lugar
Sabores do Brasil
Sorvete de cumaru com caju servido com bolo de caju e biscoito de amêndoas com crocante de castanha de caju.

PONTUAÇÃO EXTRA
Ana Claudia (@gostosediscute) – 1 lugar geral com pontuação máxima
Lorena Laurentino ( @lorena_laurentino @vemcomigopracozinha) – 1 Lugar do Juri popular

A 9ª edição da Caminhada Histórica do Natal vai acontecer no dia 31 de janeiro, em um formato inédito, devido ao cenário de pandemia do Coronavírus: uma transmissão ao vivo vai acontecer pelo canal do Youtube Viva Promoções. Apesar dessa adaptação, a organização manteve os Concursos de Música, Redação e Fotografia, que já se tornaram tradição na capital potiguar. O concurso de música já se encontra em sua segunda fase, na qual os finalistas selecionados estão em preparação para se apresentarem ao vivo em um show virtual na grande final. O concurso de fotografia já se encerrou e os vencedores das duas categorias foram divulgados no instagram @vivapromocoes. Apenas o concurso redação ainda está com as inscrições abertas, até o dia 02 de março. O edital está disponível no site www.al.rn.gov.br/portal/escola.

2º Concurso de Redação Histórica da Cidade do Natal

As inscrições do Concurso de Redação devem ser realizadas pelas escolas e se estendem até o dia 02 de março de 2021. Podem participar todos os estudantes do ensino fundamental, regularmente matriculados em instituições públicas ou privadas de Natal. O tema é “Os desafios da relação entre o homem e a preservação do patrimônio histórico”, e o texto precisa obedecer às regras do gênero dissertativo argumentativo. Os textos serão avaliados por uma equipe técnica e pedagógica da Escola da Assembleia, e os 3 primeiros lugares receberão, além de certificados de premiação e reconhecimento, um Notebook, um Smartphone e um Tablet, respectivamente. Os professores orientadores também serão premiados com tablets, assim como as escolas dos alunos autores dos três melhores trabalhos, que receberão um certificado emitido pela Escola da Assembleia. O resultado será divulgado no site da ALRN e a premiação acontecerá na sede da Assembleia em data a ser anunciada. Edital completo disponível em: www.al.rn.gov.br/portal/escola.

3º Concurso Fotográfico da Cidade do Natal

Este ano, as duas categorias de fotografias foram: atuais e históricas. As fotografias atuais deveriam ter sido realizadas no segundo semestre de 2020, devendo ser comprovado através dos metadados dos arquivos enviados. As fotografias históricas, por sua vez, precisavam ter sido realizadas anteriormente a 2020, devendo apenas ser comprovado a autoria das mesmas (podendo, inclusive, inscrever imagens antigas digitalizadas). As fotos precisavam ter como pano de fundo os mais de 50 monumentos históricos da cidade. A participação foi aberta para fotógrafos amadores e profissionais. Segue nomes dos três primeiros lugares: Jose Correia, Iasmin Paiva e Diogo moreno, para a categoria de fotos históricas; e Bruno Antunes, Máurison Silva e Elaine Paiva, para a categoria de fotos atuais.

3º Concurso de Música da Cidade do Natal

O objetivo do Concurso é construir um repertório musical e um legado artístico inspirado na capital potiguar. Em 2020, foram 31 canções inscritas, das quais 12 foram selecionadas por uma curadoria convidada para se apresentarem ao vivo e concorrerem aos prêmios de primeiro, segundo e terceiro lugar. O formato vai ser um pouco diferente esse ano: assim como a Caminhada, o show também será virtual. A apresentação das canções selecionadas será transmitida ao vivo direto do Solar Bela Vista pelo canal do youtube Viva Promoções. Chico Bethoven, diretor do Concurso, conta que sua realização e continuidade fortalece os compositores, valoriza nossos temas e amplia um repertório em homenagem à nossa cidade e valores, sendo muito positivo para todo o cenário cultural e de economia criativa potiguares.

O projeto da Caminhada Histórica do Natal é uma realização da Viva Entretenimento e tem patrocínio via incentivo fiscal da Prefeitura do Natal, através da lei Djalma Maranhão, e Governo do RN, através da lei Câmara Cascudo; além do apoio do Arena das Dunas, Plano Urbanismo, Colégio CEI, Reunidas e Coca Cola.

A praça de eventos do Natal Shopping está sediando a Feira dos Países e Artes, que apresenta produtos característicos de diferentes culturas. São mais de cinco mil itens expostos, entre porcelana, bordados, tecelagem, móveis e objetos distribuídos no espaço, exibindo o rico trabalho de diversos artesãos ao redor do mundo. 

Um dos espaços que enchem os olhos com cores e luzes é o da Turquia, com seus tapetes, utensílios de cozinha e luminárias únicas. O estande do Peru é outro que chama atenção por trazer peças exclusivas de seu rico artesanato. 

Já o espaço do Paquistão exibe móveis cheios de detalhes que encantam pela beleza. Índia e Senegal têm em comum expor peças de confecção com seus tecidos e estampas peculiares. Além destes, também participam representantes de países como Portugal e, claro, o Brasil. Os visitantes têm a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre outras regiões do País. 

A Feira dos Países e Artes, que segue até o início de março, busca valorizar o trabalho manual por meio de um intercâmbio entre diferentes nações, o que proporciona uma verdadeira imersão cultural.  

O Natal Shopping segue cumprindo com rigor as medidas de controle sanitário para evitar o contágio da Covid-19. Lojistas, colaboradores, fornecedores e clientes devem usar máscaras e ter suas temperaturas corporais aferidas por um termômetro digital infravermelho. Todos aqueles que registrarem mais de 37,8ºC seguirão os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e não poderão acessar o complexo de lojas.

SERVIÇO – Feira dos Países e Artes

Horário: 

Segunda a sábado – 10h às 22h

Domingo – 14h às 20h

Local: Praça de Eventos do Natal Shopping 

Acesso gratuita

A cantora Nara Costa realiza neste sábado (23), às 19h, no seu canal no YouTube, uma live em homenagem a Gonzaguinha,  com participação especial de Daniel Gonzaga, filho do cantor e compositor.

O show – que foi gravado em DVD no Parque das Dunas,  lançado no Teatro Riachuelo em 2017, e apresentado também no Natal em Natal em 2019 – possui um repertório especial com vários clássicos como “Sangrando”, e “O que é o que é?”, trazendo sempre muita emoção aos espectadores.

A live Nara Costa Em Homenagem a Gonzaguinha será realizada com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

FICHA TÉCNICA:

Produção Geral: Nara Costa

Direção musical, arranjos e piano: Eduardo Taufic

Violão e cavaquinho: Jubileu Filho

Baixo Acústico: Airton Guimarães

Bateria: Darlan Marley

Percussão: Ramon Gabriel

Sonorização: Paulo de Oliveira

Estúdio: canal NMP

Design gráfico: Clara Menezes

Assessoria de Imprensa: Sollar Comunicação

SERVIÇO

Live – Nara Costa Em Homenagem a Gonzaguinha

Sábado, 23 de janeiro, às 19h

Transmissão: https://www.youtube.com/user/cantoranaracosta

Estão disponíveis R$ 10 milhões a estudantes de cursos de graduação não gratuitos

Natal (RN), 22 de janeiro de 2021 – O Banco do Nordeste recebe, a partir desta segunda-feira (25), solicitações de crédito no âmbito do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), que beneficia estudantes de nível superior regularmente matriculados em cursos de graduação não gratuitos de instituições de ensino conveniadas que tenham sido avaliados pelo Ministério da Educação (MEC). 

Com disponibilidade de R$ 10 milhões para este ano, os recursos são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), administrado pelo Banco do Nordeste. O financiamento cobre até 100% do valor da mensalidade e pode ser solicitado em qualquer época do ano, por meio do portal do BNB (bnb.gov.br/financiamento-estudantil), dispensando o deslocamento a agências. 

Para ser elegível, o estudante deve ter participado de pelo menos uma edição do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, ter obtido média das notas das provas igual ou superior a 450 pontos e nota maior que zero na redação.

Além dos juros baixos, outra vantagem do financiamento do P-Fies é o prazo de pagamento com até três vezes o tempo de duração do curso, durante o qual o pagamento mensal será de apenas 35% do valor da mensalidade mais os juros. Em 2020, o Banco do Nordeste contratou R$ 11,73 milhões com o P-Fies.  

As cidades de Carnaúba dos Dantas e de Florânia, na Região do Seridó, vão receber de segunda (25) até sábado (30), das 8h às 17h, a visita do projeto Energia com Cidadania, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela Aneel.

No novo formato, por causa das medidas preventivas contra a COVID-19, uma dupla de atendentes se desloca em um veículo, por vezes acompanhado de um carro de som, e vai parando de porta em porta dos clientes que atendem aos critérios definidos pelo projeto (confira critérios abaixo).

Em Carnaúba dos Dantas, as duplas percorrerão o Centro, São José, Santa Rita de Cássia e Dom José Adelino Dantas. Já em Florânia, o trabalho será feito no Centro da cidade.

Até março de 2020, quando foi suspenso por causa da covid-19, o projeto da Cosern funcionava num caminhão que rodava os municípios potiguares fazendo a substituição de lâmpadas ineficientes por LED e realizando palestras.

“Adotamos medidas rigorosas de prevenção à covid-19, em conformidade com o estabelecido pelos órgãos públicos competentes”, afirma a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Mascarenhas. “O ECC é ainda mais importante neste momento por beneficiar os clientes com redução do valor da conta, gerar economia de energia com a troca da lâmpada e fomentar ações de sustentabilidade”, complementa Ana.

Desde que foi retomado, em setembro de 2020, o projeto Energia com Cidadania da Cosern visitou os moradores de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Ceará Mirim e Extremoz, na Grande Natal, e de São José de Mipibu, Nísia Floresta, Vera Cruz, Senador Georgino Avelino, Arês e Lagoa de Pedras, na região Agreste, e Equador e São José do Seridó, no Seridó,  Areia Branca, na Costa Branca, Marcelino Vieira, no Alto Oeste, Carnaubais, no Vale do Assu, além de Ceará Mirim, Bom Jesus, Várzea, Passagem, Jundiá, Serra de São Bento, Caiçara do Norte e Ipanguaçu.

Ao longo de todo o ano de 2020, o projeto Energia com Cidadania já substituiu 31.730 lâmpadas ineficientes por LED em 30 municípios potiguares, beneficiando 7.465 clientes;

Ao longo de todo o ano de 2020, o projeto Energia com Cidadania já substituiu 31.730 lâmpadas ineficientes por LED em 30 municípios potiguares, beneficiando 7.465 clientes;

 Critérios para participar:

  • Ser cliente residencial ou rural-residencial;
  • Ser morador de comunidade popular ou estar cadastrado na TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica);
  • Apresentar a conta de energia do mês anterior paga;
  • Não ter débitos com a Concessionária;
  • Não ter trocado lâmpadas em projetos da Concessionária nos últimos 6 anos (limite máximo de 8 lâmpadas);
  • Entregar as lâmpadas incandescentes, fluorescentes ou halógenas usadas (potência igual ou superior a 14W);
  • Documentos pessoais (RG e CPF).

Sobre a Cosern

Detentora da melhor pontuação no ranking entre as empresas com mais de 400 mil clientes do Nordeste no Prêmio Aneel de Qualidade e premiada em 2018 e 2019 como a Melhor Ouvidoria do país, a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), empresa da Neoenergia, está presente nos 167 municípios potiguares, detém uma área de concessão de 53 mil quilômetros quadrados e atende 1,4 milhão de clientes (3,5 milhões de habitantes).

DICAS DE SEGURANÇA COSERN

Não faça ligações clandestinas de energia elétrica. Além de crime, o “gato” coloca em risco a vida de quem faz e de quem está próximo. Denuncie a irregularidade de forma anônima no telefone 116 da Cosern.

Nos últimos anos, a carcinicultura brasileira vem ocupando novos espaços e trazendo outras perspectivas para a produção de camarões. O desenvolvimento de novas formas produtivas e o aumento da demanda nacional são alguns dos principais fatores que explicam o crescimento da atividade econômica. Diversos projetos acadêmicos estão sendo realizados para um desenvolvimento seguro e proveitoso da carcinicultura no Brasil. O projeto PROAQUA: utilização, aplicação e mercado para o camarão cultivado, realizado na Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN), surge como um contribuidor e disseminador de conhecimentos na área. Também se apresenta como estimulador de consumidores e produtores, buscando mostrar o potencial produtivo que a atividade econômica possui.

Coordenado pelo professor Rodrigo Antonio P. de L. F. de Carvalho, o projeto foi criado em junho de 2020 e conta com a participação de professores, técnicos e discentes do curso Técnico em Aquicultura e alunos da graduação de Nutrição, proporcionando aos envolvidos a oportunidade de atuar ativamente na disseminação das informações. 

O professor Rodrigo acredita que, apesar do crescimento da produção e da comercialização do camarão, algumas informações não atingem os consumidores de maneira qualificada e esta suspeita ficou mais evidente com o crescimento da comercialização do camarão diretamente para o consumidor durante a pandemia do coronavírus. “Nós temos visto lives, divulgações e propagandas, mas ainda é preciso esclarecer alguns aspectos e passar novas informações, que temos acesso com qualidade e que ajudam a promover o camarão”, conta.

O PROAQUA funciona através de três tarefas principais, pensadas para melhor atuação do projeto enquanto atividade informativa. As tarefas são divididas em A, B e C, e são separadas por setores do consumo: utilização, aplicação e mercado. A tarefa A, utilização, está relacionada à agregação de valor e de qualidade do camarão, visando a melhor utilização possível do produto. A tarefa B, aplicação, por outro lado, busca apresentar os benefícios e os riscos trazidos através do consumo de camarões, além de buscar esclarecer mitos criados sobre alergias e problemas de saúde relacionados ao camarão. Já a tarefa C, mercado, propõe um estudo mais aprofundado, através de pesquisas, para entender o hábito do consumidor de camarão, como preferências de tamanho e a frequência de consumo. As informações pesquisadas e colhidas, que são de interesse do público consumidor, como o projeto apresenta, são divulgadas para atingir cada vez mais pessoas.

Devido à pandemia do coronavírus, todas as atividades estão sendo realizadas através dos meios digitais e de maneira remota, por meio de postslives e redes sociais (@proaquaufrn). O coordenador do projeto afirma que é um momento para fazer proveito da maior utilização do mundo digital a fim de disseminar os conhecimentos apresentados pelo projeto. “Aproveitar este momento, que as pessoas estão muito sintonizadas nas mídias eletrônicas, para passar essas informações”, ressalta.

Apesar das vantagens proporcionadas pelo mundo digital, o professor Rodrigo reconhece que existem dificuldades enfrentadas para que o projeto consiga efetuar seu papel, enquanto atividade de extensão, como a ausência de consumidores nas redes sociais. Entretanto, enxerga com esperança as ideias pensadas para realização no futuro do projeto. 

“Nós achamos que as mídias sociais são tudo e que vamos conseguir atingir todo mundo, mas não é bem assim. Não chega a todos. E a nossa ideia, também, para não ficar só no virtual, é elaborar um pequeno manual com todas essas informações. Sobre agregação de valor, aspectos de qualidade, as dicas de aplicação. Para deixar algo físico nas mãos dos lojistas e consumidores”, comenta.

O professor Rodrigo reconhece que, em função das dificuldades trazidas pela pandemia, o projeto ainda não atingiu todos os seus objetivos e será renovado em 2021. Porém, mesmo reconhecendo as dificuldades enfrentadas no período pandêmico, espera por um futuro concreto e produtivo para o PROAQUA, com a participação de estudantes, técnicos e colaboradores que busquem ampliar os conhecimentos sobre utilização, aplicação e mercado do camarão cultivado.