Marca Maxmeio

Notícias

As constantes adaptações em todo o mundo em razão da pandemia do novo coronavírus também afetou o mercado de livros, como é o caso da obra Mesas de Maria escrito por Maria da Graça Ferreira de Souza de Viveiros. O livro será lançado em Natal na próxima segunda, 21 de dezembro no formato drive-thru no espaço esportivo do colégio CEI, na Prudente de Morais.

Entre mesas postas, decoração e louças colecionadas pela autora, as 124 páginas encantam os olhos. As fotos foram produzidas por Dalianny Galvão que fotografou os encontros da família da autora, eternizando as memórias contadas no livro. Acompanhado das imagens que brilham, o trabalho impecável da editora com selo potiguar, Jovens Escribas. “Temos hoje mais de 200 livros publicados nos últimos 15 anos de atuação no Rio Grande do Norte e contribuímos com a execução do projeto, produzindo um material de excelência, atendendo ao minucioso nível de exigência da autora. O resultado deixou a todos da editora muito felizes”, comemora Carlos Fialho, escritor e diretor da editora.

Além do destaque nas mesas detalhadas nos capítulos do livro, a novidade do lançamento fica por conta do formato drive-thru, uma maneira de estar perto e ao mesmo tempo, cumprir as regras de saúde e segurança na prevenção e combate ao vírus. “Vamos cumprir todas as regras, com distanciamento, uso de máscaras e álcool. As pessoas nem vão descer do carro para adquirir o livro e eu estarei lá para autografar. Faremos um lançamento bem diferente”, promete a Dagraça Viveiros.

O lançamento será das 15h as 20h no espaço esportivo do colégio CEI, entrada do portão 4 que fica na avenida Prudente de Morais. Os exemplares do Mesas de Maria serão comercializados durante todo o horário do lançamento do livro.

Nesta quinta-feira (17), o plenário da Assembleia Legislativa do Reio Grande do Norte, votou e aprovou Projeto de Lei do deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Casa Legislativa que assegura atendimento prioritário aos portadores de diabetes em toda a rede de saúde pública ou privada do Estado do Rio Grande do Norte. “Para obter o benefício previsto nesta Lei, o usuário do serviço de saúde deverá comprovar a condição de portador de diabetes mediante a apresentação de documento médico (laudo) que ateste a patologia. Os estabelecimentos, no momento do atendimento, devem identificar as pessoas portadoras de diabetes para que assim possa ser dada a prioridade e a celeridade ao atendimento”, explica o deputado.

O percentual de homens do Município do Natal que apresentaram diagnóstico médico de diabetes mais que dobrou (106,8%) entre os anos de 2006 e 2017. No Rio Grande do Norte a situação é preocupante, isso porque a quantidade de internações em razão da diabetes aumentou 26,6%, saindo de 2.577 casos em 2010 para 3.264 em 2016, segundo noticia o Ministério da Saúde. A diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose no sangue. Devido à necessidade do controle permanente dos índices de açúcar no sangue e a uma série de complicações que o excesso causa ao corpo humano, os exames médicos, laboratoriais e clínicos, são uma rotina para essas pessoas portadores da diabetes.

A partir da sanção da governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), ficam os hospitais, unidades de saúde, clínicas, laboratórios e similares, que integram a Rede de Saúde Pública ou Privada do Estado do Rio Grande do Norte, a partir da vigência desta Lei, obrigados a oferecer as pessoas portadoras de Diabetes Tipo 1 e Tipo 2, atendimento prioritário na realização de exames laboratoriais, por imagens, endoscópicos ou congêneres, que necessitem ser executados em jejum.

Para a realização desses exames periódicos, essas pessoas necessitam, para tanto, realizar jejum, o qual não deve ocorrer em períodos prolongados, sob pena de serem acometidas por eventos de hipoglicemia, que, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), podem desencadear o aparecimento de tremores, tontura, taquicardia, visão turva, desorientação, perda de consciência, convulsões, entre outros problemas”, justificou o deputado.

Autora, premiada internacionalmente, fará lançamento de “Flores, laranja, pimenta – raízes em andanças” de forma remota nesta segunda-feira (21)

O que é a poesia? Se é a expressão do sentimento. Se é reflexo das emoções. Se é um retrato floreado da vida. Se são reminiscências de todo um passado em poucas frases. Se for tudo isso, é também sinônimo do novo livro da poeta Jania Souza.

O título, como todos, delimita a abrangência temática, mas também provoca a imaginação a alçar alguns voos: “Flores, laranja, pimenta – raízes em andanças”, como se elementos tão terrenos e palpáveis pudessem expressar tanta subjetividade.

O livro será lançado de forma virtual na próxima segunda-feira (21), às 19h, no instagram da Editora B3S. Mas na esperança de melhoras no cenário pandêmico, já está agendado também lançamento físico para a próxima Feira do Livro de Natal, no estande da B3S.

“Os poemas que compõem a obra não estão subordinados às formas exigidas por rígidas normas. São leves e soltos quanto a esse quesito. Porém são fortes no que tange a emoção e o sentimento, cerne da mensagem parida na inspiração”, conta a autora.

Segundo Jania, alguns poemas nasceram com espontaneidade, outros foram despertos por temas e desafios propostos por ela ou por algum editor, mas “sem o compromisso de surgirem por cabresto”,brinca.

Mas houve algumas cobranças internas da própria poeta. “Sempre desejei poetar sobre o pico do Cabugi, as serras onde nasce o Potengi, o vale do rio Açu e do rio Mossoró, essa geografia e hidrografia que acompanha meus passos desde a infância”.

São provocações geográficas que datam alguns anos, e após escrita, a obra deveria ser lançada em 2019. Mas veio a pandemia e durante o período reclusa, o livro foi enriquecido por novos poemas que deram substância em termos regionais.

Jania Souza

A escritora-poeta natalense Jania Souza é também artista plástica e articuladora cultural. Escreve literatura infantil, juvenil e adulta com 18 livros solos.

É sócia em entidades literárias nacionais e internacionais: SPVA/RN, AJEB/RN, APPERJ, Poetas del Mundo, Poemas à Flor da Pele, Movimento Elos Escritores, ALAMP, Literarte, Académie Luminiscence França Brasil dentre outras.

Atualmente ocupa o cargo de 1º. Vice-presidente na União Brasileira de Escritores (UBE/RN).

É laureada com reconhecimento literário no Brasil e exterior entre os quais, destaca o Prêmio World Art Friends 2010 para seu livro “Entre Quatro Paredes” concedido pela Corpos Editora, Porto/Portugal.

Seu livro “Em horas vagas” recebeu o Troféu e Prêmio Literatura Melhor Livro de Contos 2018 pela ZL Books, e ainda o Prêmio IV Talentos Helvéticos-Brasileiros 2019.

Jania também foi agraciada com o prêmio Melhor Livro Educacional 2019 para seu livro “O Jovem Lenhador e o Violão” pela ZL Books.

Em 2020 foi classificada em terceiro lugar no Prêmio Literário Nísia Floresta da Fundação José Augusto/RN com a obra “Pioneiras”.

Teve participação em feiras de livros e bienais pelo mundo, inclusive esteve representada por suas obras nos Salões Internacionais de livros organizados pela ZL Books Editora.

Blog de Jania Souza

Por Sergio Vilar

Solenidade será virtual e transmitida ao vivo no YouTube do TRE-RN, a partir das 17h

Os candidatos eleitos em Natal nas Eleições Municipais 2020 para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores serão diplomados nesta sexta-feira (18). Devido à pandemia do novo coronavírus, a cerimônia de diplomação será realizada em formato virtual, a partir das 17h. A solenidade será presidida pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral, Kennedi de Oliveira Braga, e contará com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), desembargador Gilson Barbosa.

O acesso à sala virtual será restrita aos diplomados e convidados. A imprensa e demais interessados poderão acompanhar a transmissão do evento ao vivo no canal oficial do TRE-RN no YouTube

Diploma

A partir das 17h desta sexta (18), os diplomas virtuais dos eleitos para prefeito, vice-prefeito e vereadores estarão disponíveis no site do TRE-RN (acesse aqui). Os diplomas físicos estarão disponíveis para o prefeito, vice-prefeito e vereadores eleitos, além de os primeiros suplentes de vereadores. A entrega acontece a partir da próxima segunda (21), no horário das 8h às 12h, na 1ª Zona Eleitoral. 

O público poderá acompanhar os episódios especiais no estacionamento do estádio de 19 a 21 de dezembro

Com o objetivo de levar uma mensagem de paz ao natalense, a Arena das Dunas realiza a exibição de seis curtas da animação Mônica Toy. O conteúdo estará disponível entre os dias 19 e 21, sempre das 17h30 às 23h. Serão seis episódios da animação sem falas da Turma da Mônica, que ganhou o coração de pessoas do mundo todo e hoje reúne mais de 4,5 bilhões de visualizações no canal oficial da Turma da Mônica YouTube. Para aproveitar, basta se dirigir ao estacionamento do estádio.

“A ideia é levar uma mensagem leve e de amor para toda família da cidade, que já carrega em seu nome o próprio Natal”, destaca Tuyanne Medeiros, coordenadora de produção da Arena das Dunas. “Nada como curtir essa celebração junto com a família e aproveitar ainda mais a data com um filme perfeito”, pontua. Além dos filmes infantis, a Arena das Dunas vai projetar uma iluminação especial em sua estrutura externa (pétalas) nas noites que antecedem o Natal.

PROTOCOLO
Para esta ação serão exigidos todos os protocolos sanitários e de segurança, em tempos de coronavírus, como uso de máscara e aferição de temperatura na entrada dos veículos no estacionamento. E não será permitido descer do veículo; também não haverá operação de alimentos e bebidas e nem circulação para banheiro.

SERVIÇO
Arena das Dunas
Data: 19 a 21 de dezembro
Horário: 17h30 às 23h
Endereço: Av. Prudente de Morais 5121, Lagoa Nova, CEP 59064-625, Natal/RN

Sobre a Maurício de Sousa Produções

A Mauricio de Sousa Produções é uma das maiores empresas de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. A empresa é signatária dos princípios de empoderamento das mulheres, plataforma da ONU Mulheres e Pacto Global. No licenciamento, trabalha com 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. A presença da marca na plataforma YouTube já passou de 13 bilhões de views, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias sociais. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo, com 400 títulos de livros e mais de um bilhão de revistas vendidas, ambos responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros.

A hidrelétrica Armando Ribeiro, localizada na barragem homônima do município Itajá, na Região de Assu, entrou em fase de testes na última segunda-feira (14) após ser energizada pela Companhia Energética do RN (Cosern). Com capacidade para gerar 4,7  megawatts, esta é a primeira usina hidrelétrica instalada no estado.

O coordenador de desenvolvimento energético Hugo Fonseca e a analista de dados Emília Casanova, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RN (Sedec), estiveram presentes durante o procedimento, quando 25% da capacidade da Usina foi ativada. Os representantes do Estado foram acompanhados pelo engenheiro Nivaldo, responsável pela operação e manutenção do novo equipamento.

O trabalho dos técnicos da Sedec foi essencial para destravar e viabilizar o processo de ligação com uma subestação da Cosern também em Itajá. “Sem o trabalho de intermediação da equipe da Sedec, nós não estaríamos aqui hoje comemorando essa energização”, comentou o engenheiro Nivaldo em nome da empresa Rodrigo Pedroso, que construiu a usina. A construtora e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) investiram R$ 15 milhões através de uma Parceria Público-Privada (PPP).

Idealizado pela produtora cultural Nathalia Santana, a Caravana REC é um projeto que nasceu com o objetivo de promover a formação técnica, a qualificação profissional e a produção e difusão audiovisual no estado do Rio Grande do Norte. O projeto, que já contemplou 40 jovens das cidades de Mossoró, Currais Novos e Goianinha com a Oficina de Cinema Para Iniciantes de forma presencial, realizará a última oficina desta etapa de forma virtual, seguindo as determinações dos decretos governamentais, devido ao avanço da pandemia da COVID-19. As inscrições estão abertas até o dia 13 de dezembro no link abre.ai/caravanarecemnatal tendo como público-alvo jovens natalenses interessados na linguagem do cinema.

A oficina acontecerá entre os dias 15 e 18 de dezembro, das 19h às 22h, com aulas online ao vivo via plataforma Zoom, abordando temas como: possibilidades e perspectivas do cinema digital; fundamentos da produção cinematográfica; características de câmeras; roteiro; processo criativo e prática cinematográfica.

O projeto tem como facilitadores Carito Cavalcanti – artista multimídia (cineasta, poeta, letrista, vocalista compositor, fotógrafo, ator, performer e arquiteto) e Fernando Suassuna (músico, técnico de som, redator, especialista em cinema e linguagem audiovisual e proprietário da produtora de áudio Sucesso há mais de vinte anos).

A ação pretende deixar a sua marca criando novas possibilidades de aprendizado e experimentações para os jovens, com o objetivo de democratizar o audiovisual e o acesso às artes, fortalecendo as narrativas de memórias coletivas e valorizando as identidades e os personagens de cada local por onde passou.

Os vídeos produzidos como resultado final das oficinas estão disponibilizados em canal próprio do projeto no Youtube: abre.ai/caravanarecnoyoutube

A Caravana REC tem realização da Pinote Produções e patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Cosern e Instituto Neoenergia, via Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO

CARAVANA REC – Oficina de cinema para iniciantes (edição virtual)

De 15 a 18 de dezembro, das 19 às 22h

Inscrições: abre.ai/caravanarecemnatal

Realização: Pinote Produções

Patrocínio: Governo do estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Cosern e Grupo Neoenergia.

Mais informações: www.caravanarec.art

Siga: @caravanarec

Árvore de Natal de Mirassol

A tradicional Árvore de Natal, na zona Sul, foi acesa na noite desta sexta-feira (11) pela Prefeitura do Natal. Com 110 metros de altura e considerada a maior do Brasil, a Árvore do Mirassol foi ligada sem presença do público. A iniciativa foi tomada para coibir a proliferação do coranavírus.

“Este ano, infelizmente com a presença do coronavírus, vai ser um natal isento das festividades, das confraternizações grandes, dos shows, dos eventos que produzíamos para celebrar o ‘Natal em Natal’. Com essa pandemia, com o número de pessoas acometidas com esse mal que se instalou em todo o mundo, e Natal não foi diferente, fez com que fôssemos penalizados, diminuindo as festas que comumente comemorávamos. Mas é necessário reduzirmos os festejos pra preservarmos a saúde das pessoas. Porém, nossa Árvore é tradição e com suas luzes e brilho vai dar esse ar pra nossa cidade de esperança. E vamos continuar orando e pedindo a Deus para que nos ajude para que possamos contornar esse mal nefasto que tanto causa do e angústia pro povo de nossa cidade, do país e do mundo”, disse o prefeito Álvaro Dias.

“Natal de vida e esperança” é o tema da decoração de 2020. Segundo o titular da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), Irapoã Nóbrega, a temática escolhida baseia-se na crise que afeta todo o país decorrente da pandemia. “Estamos vivendo um ano atípico. Muitas vidas foram perdidas e ainda há muito com o que se preocupar. Mas, hoje, o acendimento da árvore veio para nos lembrar que sempre há esperança. Não pudemos reunir todos os cidadãos natalenses na árvore, mas espero que o verde que ela traz esse ano mostre que podemos superar e quebrar barreiras”, destacou.

Em decorrência da pandemia da Covid-19, a decoração natalina do Natal em Natal terá menos peças nas ruas e será focada nas árvores (Mirassol, Nélio Dias, Parque dos Coqueiros e Área de Lazer do Panatis), nas principais avenidas e nas igrejas do circuito histórico da cidade. Isso irá proporcionar uma economia de pelo menos R$ 2 milhões aos cofres do município quando comparado com o valor investido em 2019. A empresa foi escolhida através de processo licitatório e tem valor global de contrato em R$ 2.997.124,33.

A instalação da Árvore de Natal foi realizada pela Razão Produções e Eventos. Além dela, a empresa é responsável pela instalação das árvores do Panatis, Nélio Dias e Parque dos Coqueiros e da Casinha do Papai Noel, além da implantação da iluminação da Catedral Metropolitana, do Pórtico dos Reis Magos, dos Três Reis Magos, do Palácio Felipe Camarão, das igrejas do circuito histórico de Natal (Nossa Senhora da Apresentação, Bom Jesus, do Galo, Nossa Senhora do Rosário dos Pretos) e do Instituto Histórico.

A Casinha do Papai Noel em Mirassol vai funcionar de quinta a domingo, das 18h às 21h. Com exceção do dia 24 de dezembro, que não vai funcionar.

Em comemoração aos 72 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, no última dia  10, o ativista ambiental Haroldo Mota, presidente da ONG Baobá, em parceria com a jornalista Glácia Marillac da Rede EuSouDoAmor e  a LucGraf, lançaram o projeto de Educação Ambiental “Sementes da Gratidão” com a distribuição gratuitas de 50 mil sementes de ipês rosa e mil árvores nativas da mata atlântica.
 
O lançamento do projeto “Sementes da Gratidão” ocorreu na quinta-feira, dia 10/12, no calçadão em frente ao Midway Mall, com a presença de convidados, onde eles tiveram a oportunidade de distribuir gratuitamente para a população esse presente para os natalenses de sementes e árvores.
 
A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, com 30 artigos e assinada pelo Brasil na mesma data.
 
O projeto de Educação Ambiental “Sementes da Gratidão” tem o propósito de conscientizar a população sobre a crise climática e a importância das árvores para manter o equilíbrio do clima atmosférico no planeta.

Essa data de lançamento do projeto “Sementes da gratidão” é significativa, todos nós temos o direito a uma moradia segura. Nosso planeta, nossa casa tem obrigado milhares de pessoas a abandonar, sair de seus lares, impactados por recordes de tempestades e furacões cada vez mais frequentes e intensos. Precisamos agir agora, para conter essas mudanças causadas por nossas atividades inconsequentes, e uma das nobres atitudes é o plantio de árvores, comenta o ambientalista Haroldo Mota, presidente da ONG Baobá.

Investir em educação é a melhor forma de prevenir o direito à vida, e a viver em liberdade e segurança. Nós precisamos de um mundo justo e livre e esses são um dos 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos do Homem, quando o mundo inteiro clama por segurança climática mundial, diz a jornalista Glácia Marillac.