Marca Maxmeio

Notícias

Governadora confirma estrutura pronta para distribuir as vacinas e apoiar os municípios

Em reunião presencial e virtual com prefeitos de todo o estado a governadora Fátima Bezerra confirmou nesta sexta-feira (8) que o Rio Grande do Norte está com estrutura pronta para receber e aplicar as vacinas contra a Covid-19. A chefe do Executivo garantiu que 72 horas após a chegada das doses, que deverão ser adquiridas e enviadas pelo Governo Federal, a vacinação será iniciada no estado.

“Nosso governo não se omite. Tomou medidas duras quando necessário. Adotou ações baseadas em estudos técnicos com fundamentação científica. Instalamos o comitê de especialistas das nossas universidades, junto com técnicos da nossa Secretaria de Saúde já no início da pandemia. Investimos R$ 221 milhões no enfrentamento ao novo coronavírus com novos leitos e melhorias na estrutura hospitalar, contratação de pessoal, insumos e reformas físicas. Melhorias permanentes que ficarão atendendo a população. Optamos por investir no SUS em vez de hospitais de campanha que são desativados. E agora estamos prontos para aplicar o Plano Estadual de Imunização”, afirmou na reunião realizada  no auditório da Escola de Governo, em Natal.

O Governo do RN tem em estoque 900 mil seringas e agulhas, quantidade suficiente para iniciar a primeira fase da vacinação. E está adquirindo mais 2,5 milhões de unidades para garantir as fases seguintes. O Governo, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) também assegurou a instalação da rede de frio necessária para a conservação das vacinas e, em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), da UFRN, está capacitando vacinadores.

“O RN foi o primeiro estado a lançar plano estadual de vacinação.  Afirmo a vocês que estamos prontos para a vacinação. Só falta a vacina chegar. O processo de vacinação deve ser feito em parceria com os municípios que são o ente responsável pela aplicação. O Governo do Estado elaborou o plano e vai dar todo o suporte aos prefeitos e aos municípios. Só aguardamos que a vacina chegue”, completou Fátima Bezerra.

Ao receber as vacinas a Sesap distribuirá às seis centrais onde os municípios devem retirar o material. Uma central de distribuição funcionará na capital e as outras cinco em Mossoró, Caicó, Santa Cruz, São José de Mipibu e João Câmara. “Devemos todos cumprir a parte que nos cabe e respeitar os protocolos de segurança. Enquanto autoridade devemos cumprir nosso papel somando esforços em assistência à população”, declarou a governadora que ainda alertou os municípios a seguirem as recomendações do Ministério Público para suspender as atividades com aglomerações e manter ações para a população respeitar as medidas protetivas: “O carnaval está suspenso. Tenho fé, esperança e confiança que, de mãos dadas, gestores e sociedade, vamos mitigar os efeitos da pandemia e salvar vidas”.

MONITORAMENTO

O Governo do RN também vai implantar o Regula Vacina, um programa no modelo do Regula RN, que registra a ocupação dos leitos críticos e clínicos específicos para a Covid. O Regula Vacina vai rastrear cada unidade de vacina recebida pela Sesap até seu destino final ao cidadão.

A reunião contou com 256 participantes na forma virtual, entre prefeitos, secretários de saúde e gestores públicos. Na presencial compareceram os prefeitos Júlio César (Ceará Mirim), Jussara Sales (Extremoz), Ivanildinho (Santa Cruz), Dr. Tadeu (Caicó), Emídio Junior (Macaíba), Manoel Bernardo (João Câmara), José Figueiredo (São José do Mipibu) e Mariana Almeida (Pau dos Ferros). O prefeito de São Tomé, Anteomar Pereira representou a Federação dos Municípios do RN.

Participaram também os secretários de saúde George Antunes (Natal), Mary Fernandes (Pau dos Ferros), Terezinha Rego (Parnamirim), Carlos Junior (Assu), Jalmir Simões (São Gonçalo do Amarante) e Morgana Dantas (Mossoró) e a representante do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems-RN), Elisa Garcia.

Presentes também os secretários de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, de Gestão de Projetos e Metas de Governo e coordenador do programa Governo Cidadão, Fernando Mineiro, da Segurança Pública e Defesa Social, Francisco Araújo, da Comunicação Social, Guia Dantas, adjunta da Saúde, Maura Sobreira, assessora jurídica do Gabinete Civil, Luciana Daltro, e o procurador-geral do Estado Luiz Antônio Marinho.

FASES

A interrupção da circulação da Covid-19 no território nacional depende de uma vacina altamente eficaz sendo administrada em parcela expressiva da população. Em um momento inicial, onde não existe ampla disponibilidade da vacina no mercado mundial, o objetivo principal da vacinação é contribuir para a redução de morbidade e mortalidade pela Covid-19, de forma que existe a necessidade de se estabelecer grupos prioritários. Inicialmente a vacinação é prevista para três fases:

l GRUPOS PRIORITÁRIOS – FASE 1

– Profissionais da saúde

– Pessoas de 75 anos e mais

– Pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas

– População indígena aldeada em terras demarcadas, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

l GRUPOS PRIORITÁRIOS – FASE 2

– Pessoas de 60 a 74 anos

l GRUPOS PRIORITÁRIOS – FASE 3  

– Pessoas com comorbidades  

Os demais grupos prioritários serão vacinados nas demais fases de modo que a estimativa populacional está sendo atualizada pelo Ministério da Saúde para avaliação de qual fase esses grupos estarão inseridos, de acordo com o cenário de disponibilidade de vacinas e estratégia de vacinação.

A meta é vacinar os grupos prioritários até o final do primeiro semestre de 2021.

Movimento no terminal potiguar no período deverá chegar a 81,2% do fluxo pré-covid

Com a alta temporada de verão e a procura pelas praias do Rio Grande do Norte, o Aeroporto de Natal deverá movimentar cerca de 220 mil passageiros no primeiro mês do ano. Estão previstos aproximadamente 1.500 pousos e decolagens, destes 312 são extras para atender a demanda do período. Segundo pesquisa do Ministério do Turismo realizada com agências e organizações de viagens, Natal desponta como destino mais procurado por pessoas que desejam viajar. “Com muitas fronteiras de países fechadas ainda, os brasileiros estão procurando as praias brasileiras nestas férias e Natal tem todas as características para receber e atrair turistas”, conta Roberto Luiz, diretor de Negócios Aéreos da Inframerica.

Para a secretária de turismo do estado, Ana Maria Costa, esse resultado reforça o apoio das iniciativas de planejamento e ação do Governo do Estado para o retorno do turismo. “A atividade turística é um pilar importante da nossa economia, e representou um grande desafio no contexto da pandemia. Agimos desde o início para nos tornarmos um destino seguro, adotamos todos os protocolos de biossegurança, fechando quando foi preciso e agora o nosso compromisso é com a reabertura gradual e responsável”

A previsão da Inframerica, concessionária que administra o Aeroporto, é atingir neste mês 81,2% do fluxo pré-covid. “Janeiro e fevereiro são meses importantes para o turismo que move a economia da região, e, aos poucos estamos retomando o movimento do terminal. Este retorno está sendo cauteloso, com parcimônia e as companhias aéreas estão retomando os voos e as rotas para Natal sempre atentas aos protocolos sanitários”, explica Luiz.

Atualmente o Aeroporto de Natal está com 49 voos diários para os principais aeroportos do Brasil. Para o mês de janeiro as cidades de Belo Horizonte (MG) e São Paulo – Congonhas (SP) começam a fazer voos diretos para a capital potiguar. Em dezembro foram incluídos na malha aérea os voos de Goiânia, Ribeirão Preto e Uberlândia, para atender a demanda da estação.

Por conta do movimento, a administradora orienta os passageiros a chegarem no Aeroporto com 2h de antecedência. “Devido aos cuidados com a covid-19, adotamos diversas medidas para que o passageiro viaje pelo terminal potiguar mais tranquilo”, destaca o executivo. Quem passar pelo aeroporto vai encontrar adesivos no chão para que haja o distanciamento social nas filas dos balcões de check-in, raio-x e portões de embarque. Elas demarcam uma distância que asseguram a saúde do passageiro, conforme orientação dos órgãos sanitários. O uso da máscara é obrigatório em todo o terminal, e a Inframerica espalhou alertas sobre o seu uso pelo terminal. A higienização de todo o terminal, em especial dos banheiros foi reforçada, assim como a reposição de sabão. Dispensers de álcool gel foram instalados pelo aeroporto e estão à disposição do passageiro. 

A Inframerica reforça que a colaboração de todos é essencial. A máscara deve ser usada de forma correta, tapando nariz e boca e o passageiro deve respeitar as regras para ter uma experiência mais tranquila pelo aeroporto.

Texto: Comunicação Inframérica.

Natal/RN – 08 de janeiro de 2021 – Um crescimento das vendas de imóveis de 10% a 15%, em plena pandemia, foi uma estimativa para o fim de 2020, segundo uma pesquisa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). De janeiro a setembro, elas cresceram 8,4% em relação ao mesmo período de 2019. Com o distanciamento social, as pessoas têm ficado mais tempo em casa e reavaliado suas necessidades. Além disso, os juros dos financiamentos imobiliários estão mais baixos, o que contribui para essa busca maior. Com isso tudo, o comprador precisa tomar muito cuidado para não ter problemas. O advogado Igor Hentz, da Hentz Advocacia, dá dicas valiosas.

Nem todos os problemas de um imóvel estão visíveis para um leigo. Para realizar uma inspeção bem feita antes de fechar a compra, é importante realizar uma vistoria com um engenheiro, que vai investigar os defeitos. Outra coisa importante é ter o seu advogado. “É ele quem vai conhecer as regras do negócio. Tudo o que for conversado na fase pré-contratual, que pode levar meses, deve estar no contrato assinado”, explica Igor. A Hentz Advocacia dá assessoria para contratos de compra de imóvel e de financiamento imobiliário.

Para quem tem pouco tempo ou tem pressa, vale a pena também contar com um despachante imobiliário, um profissional capacitado para ajudar com a documentação imobiliária, desde a análise dos documentos até o registro nos órgãos competentes, garantindo mais agilidade no processo. No entanto, dá para pegar todos os documentos necessários pela internet. Ou seja, na prática, o comprador só precisa gastar um dia para assinar pessoalmente a escritura pública e fazer o registro de imóvel no mesmo dia.

O comprador precisa acessar a certidão de matrícula do imóvel, que vai dizer se aquele imóvel está devidamente registrado e se a pessoa que está vendendo é realmente a proprietária. Além disso, por meio desse documento ele saberá se o imóvel é garantia de uma hipoteca, alienação fiduciária ou penhora, por exemplo. Ele também precisa checar as certidões do vendedor na Justiça trabalhista, estadual e federal e as certidões fiscais municipal, estadual e federal. Além disso, fazer um pré-contrato, uma espécie de promessa de compra e venda enquanto o negócio não é fechado.

O ideal é já ter um crédito pré-aprovado antes de realizar o negócio. Se a compra é formalizada e o comprador não tem financiamento, a responsabilidade pela rescisão contratual é dele, acrescenta Igor. “É importante guardar um dinheiro para cobrir os gastos com a escritura pública do imóvel, o registro no cartório e o ITBI, imposto que varia conforme o município. O comprador pode separar de 5% a 10% do valor do imóvel”, alerta Hentz.

Ação integrada dos órgãos de segurança pública do RN seguirá até o Carnaval com 735 agentes extras

O Governo do Estado lançou, nesta sexta-feira (8), a Operação Verão 2021. A ação integrada de segurança pública terá um efetivo extra de 735 agentes, entre policiais militares e civis, bombeiros e servidores do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), que vão se somar ao efetivo regular em um trabalho diário até dia 17 de fevereiro, que marca a data do fim do Carnaval. O investimento total do Governo em diárias operacionais para a Operação Verão 2021 será de aproximadamente R$ 7 milhões.

Durante o evento, o Governo também entregou equipamentos e 30 novos veículos para as forças de segurança que já serão utilizados na Operação Verão. Os investimentos superam os R$ 8,6 milhões, totalizando mais de R$ 15 milhões para a segurança pública em duas ações simultâneas.

Os números da Operação Verão foram apresentados em evento chefiado pela governadora Fátima Bezerra, com a participação dos líderes de cada órgão de segurança do Rio Grande do Norte. “A Operação Verão é uma ação de Governo, realizada de forma integrada entre as nossas forças de segurança e que visa garantir mais tranquilidade e segurança para o povo do Rio Grande do Norte e para os turistas”, afirmou a governadora durante a solenidade.  

Para reforçar o efetivo, o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Francisco Araújo, destacou que o efetivo extra atuará permanentemente com mais de 560 policiais militares, 75 membros da Polícia Civil, 70 guarda-vidas e 27 servidores do Itep. “A Operação Verão é uma ação de todos os órgãos da segurança pública do RN e que cobrirá toda a extensão da orla potiguar, indo de Sagi até Tibau”, destacou Araújo.

A governadora destacou que a Operação Verão 2021 seguirá a política de esforço coordenado e integrado que dá o tom do trabalho do Governo. “Todos têm papéis fundamentais na operação, desde a segurança com a Polícia Civil, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, a Seap e o Itep, até o  Detran, o DER/RN, o Idema e até Secretaria de Turismo”, atestou a chefe do Executivo potiguar.

A formatação do plano da Operação Verão contou ainda com a participação do vice-governador, Antenor Roberto, que também é coordenador da Política Estadual de Segurança Pública do RN.

Ainda durante a solenidade, o secretário de Estado da Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio, destacou o empenho do Governo em investir na segurança pública do RN. “Tivemos vários avanços no controle do sistema prisional, no aparelhamento e na valorização dos servidores. Somente em 2020, o governo investiu RS 20 milhões”, comentou Florêncio.

Também compareceram ao evento, o diretor geral do Itep, Marcos Brandão, o comandante da Polícia Militar, Coronel Alarico Azevedo, o subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Josenildo Acioli, o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN), Manoel Marques, e o Diretor de Policiamento da Grande Natal (DPGRAN), delegado Marcos Geriz.

EQUIPAMENTOS

Após a apresentação e lançamento oficial da Operação Verão 2021, a governadora Fátima Bezerra e os integrantes das forças de segurança pública do RN fizeram a entrega de 30 novos veículos para as tropas.

Foram entregues:

· 3 Micro-ônibus para a PM – R$ 1.191.000,00;

· 1 Ônibus para a PM – R$ 616.800,00;

· 1 Micro-ônibus adaptado para policiamento do BPCHOQUE – R$ 481.000,00;

· 8 caminhonetes para o Corpo de Bombeiros – R$ 1.313.800,00;

· 5 ambulâncias para o Corpo de Bombeiros – R$ 1.275.890,00;

· 5 viaturas para o Itep – R$ 1.040.680,00;

· 1 Caminhão-baú para o PROERD – R$ 199.999,00;

· 1 ônibus e 5 furgões para a Polícia Penal – R$ 1,3 milhão;

· 1.340 coletes balísticos – R$ 1.141.103,80;

80 Escudos Balísticos – R$ 544.000,00. 

Quarta-feira, 06 de janeiro é feriado municipal, dia em que os natalenses celebram Santos Reis. A data provocará modificações no funcionamento do comércio, e a Câmara de Dirigentes Lojista de Natal informa quais os estabelecimentos comerciais estarão abertos. Confira programação:

Comércio de Rua

Alecrim: Fechado
Centro da Cidade: Fechado

Shoppings

Natal Shopping
Lojas e os quiosques abrirão das 11h às 21h.
Praça de Alimentação das 11h às 21h.

Midway Mall
Alimentação e Lazer: 12hs às 22h.
Lojas de Departamento: 12h às 22h.

Praia Shopping
Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h.
Lojas e Quiosques: 15 às 21h.
Cinema: Conforme a Programação.

Shopping Cidade Jardim
Praça de Alimentação: A partir das 11h.
Lojas e Quiosques: 14 às 20hs.

Shopping Via Direta
Lojas, Box´s e Quiosques: 14 às 20h.
Praça de Alimentação: 12 às 21h.

Partage Norte Shopping Natal
Carrefour: 7h às 22h;
Smart Fit: 9h às 18h;
Cosern: Fechada;
Praça de Alimentação/Lazer: 11h às 22h;
Lojas/Quiosques: 15h às 21h, com abertura facultativa, a partir das 12h;
Cinema: Conforme sessões, disponíveis no www.partagenatal.com.br;
Lotérica: Fechada.
Hemolab: Fechado

Shopping 10
Fechado

Supermercados
Funcionamento das 07 às 22hs

Novos atletas devem escolher esportes que gostem, para diminuir possibilidade de desistência, e podem iniciar atividades com exercícios simples em casa

Com a chegada de 2021, muitos resolveram iniciar uma mudança de hábitos para começar o novo ano com uma nova atitude. Exercícios físicos têm lugar de destaque na lista de resoluções para o ciclo: seja para alcançar uma vida mais saudável ou para equilibrar o peso que foi ganho nas ceias natalinas. Mas manter o hábito não é tarefa fácil e, com o passar das semanas, muitos podem desanimar e desistir. 

Para ajudar os novos atletas, Maria Lúcia Sebastião, professora de Educação Física da Estácio, oferece dicas que podem facilitar o período de adaptação. “A principal dica é começar a praticar algum esporte que a pessoa gosta, seja em espaços públicos, como parques, praças, ou ambientes privados, como escolinhas de esporte ou ginásios”, explica Maria Lúcia.

“O esporte é um grande potencializador de socialização, então, ao escolher um que dê prazer de praticar e proporcione novas amizades, aumenta a vontade de não desistir, além dos benefícios de reduzir o estresse, melhorar a concentração e aumentar o condicionamento físico”, afirma a especialista.

Para seguir as recomendações de manter o distanciamento social por conta da pandemia, a professora de Educação Física sugere atividades aeróbicas e musculares que podem ser feitas em casa. “A pessoa pode colocar uma música e caminhar rapidamente pela casa, ou subir e descer escadas de 10 a 15 minutos, duas ou três vezes por dia; pode pular corda se as articulações estiverem saudáveis e se possuir esteiras, elípticos ou bicicleta em casa, pode usar, são excelentes exercícios cardíacos”, exemplifica. 

Para exercícios musculares, Maria Lúcia recomenda a prática de yoga, agachamentos, movimentos de sentar e levar de uma cadeira ou flexões feitas contra a parede ou no chão. “Exercícios de yoga e respiração profunda podem ajudar a reduzir a ansiedade, e é importante que a atividade seja acompanhada por um profissional de Educação Física, que pode ser online, para orientar a prática com segurança”, alerta.

Evento, totalmente online e gratuito, acontecerá no dia 9 de janeiro

Entre os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 acontecerá a prova do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio. E para auxiliar na preparação de jovens estudantes, a UnP, integrante da rede internacional de universidades Laureate, promoverá um SUPER AULÃO, no dia 9 de janeiro, das 8h às 17h30.
 
A ação contará com a participação de profissionais renomados em todas as áreas de conhecimento, necessárias para uma revisão bem feita antes da prova. Para cobrir todos os pontos importantes da matemática, os estudantes poderão contar com a expertise de Cícero Demétrio, professor famoso por usar músicas como instrumento de ensino.
 
Para tratar das disciplinas da área de Ciências Humanas, o evento contará com: Lorena Ponce de Leon, professora de Língua Portuguesa, mais especificamente de Redação; Erik Anderson, professor formado em Letras com especialização e mestrado na área de Linguística, Língua Portuguesa e Ensino; Tomaz Pessoa, professor de geografia, que fala sobre processos de urbanização; Gilbert Patsayev, professor de História, que que tem uma didática toda especial e criativa para atrair a atenção dos estudantes e Márcio Krauss, Mestre em filosofia, o professor é conhecido por seu profundo conhecimento acerca da modernidade e da chamada pós-modernidade.
 
A área de Ciências da Natureza contará também com um time de peso, com Flaviano Marques, professor de química; Evandro Gomes, graduado em Ciências Biológicas, o professor possui mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, sendo especialista no assunto e Sandro Marques, professor de física em diversos cursinhos.
 
O SUPER AULÃO UnP contará com toda uma programação para ajudar o estudante a revisar a matéria aprendida e tentar diminuir a pressão que geralmente antecede os exames. Para participar basta acessar a site do evento e se inscrever. A ação é totalmente gratuita.
 
SUPER AULÃO UnP
Data: 09/01/2021
Horário: das 8h às 17h30
Inscrições e informações: https://lp.unp.br/super-aulao/

A tradicional Feira do bairro do Alecrim, realizada sempre aos sábados, passa a ser considerada um Patrimônio Cultural Imaterial do Rio Grande do Norte. O projeto com este objetivo foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Estado durante sessão desta quarta-feira (23). Autor do projeto, o deputado estadual Ubaldo Fernandes (PL) justificou que a Constituição reconhece a importância de se incluir no patrimônio a ser preservado pelo Estado em parceria com a sociedade, os bens culturais que sejam referências dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira.  “O patrimônio imaterial é transmitido de geração a geração, constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função de seu ambiente, de sua interação com a natureza e de sua história, gerando um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana”, explicou.  A primeira edição da Feira do Alecrim foi realizada em 18 de julho de 1920, um domingo. Apenas algum tempo depois a Prefeitura moveu a feira para o sábado. Atualmente a Feira do Alecrim tem mais de mil feirantes e possui 515 metros de cobertura (tendas), reunindo um total de 1.056 bancas. “É uma tradição quase centenária na capital potiguar e é um grande shopping a céu aberto. Ir à feira é o maior exemplo da nossa parte cultura, que está escondida nos shoppings, é relembrar aqueles costumes do interior, não só pelos produtos, mas também na forma de compra”, disse o parlamentar. Na mesma sessão a Assembleia aprovou projeto da deputada estadual Isolda Dantas (PT), que cria o Conselho Estadual de Políticas Públicas de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais no RN. O objetivo do colegiado será atuar na promoção e construção de políticas públicas da cidadania e defesa dos direitos, assim como combater à discriminação e violência contra a população LGBT. O Conselho será formado por 20 pessoas, sendo 10 do poder público e outros 10 da sociedade civil, com mandato de dois anos, permitida uma recondução. O trabalho será considerado serviço de relevante interesse público, não remunerado. “O Brasil é um dos países com os maiores índices de LGBT mortos e agredidos, estando o RN nestas estatísticas. De acordo com o relatório de violência homofóbica no Brasil, no ano de 2013, foram reportadas 9,31 violações de direitos humanos de caráter homofóbico do total de violações no dia. A cada dia, durante aquele ano, 5,22 pessoas foram vítimas de violência homofóbica do total de casos reportados no País”, disse Isolda na justificativa.

Somadas, as unidades terão 943MW de potência instalada

O Rio Grande do Norte fecha o ano de 2020 com 25 grandes usinas solares fotovoltaicas contratadas, que somadas terão 943MW de potência instalada, o que representa um aumento de 257% em número de empreendimentos e 210% de potência contratada em relação ao ano de 2019.

“Os empregos gerados durante as fases de instalação e operação irão movimentar a economia local e proporcionarão o aumento da arrecadação municipal através do ISS e outras contribuições, geradas principalmente durante a fase de instalação do empreendimento”, afirma o secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado (Sedec), Jaime Calado.

Somente em 2020, o Estado conseguiu captar mais de R$ 2.043 bilhões em investimentos no setor solar, que serão implementados nos próximos 3 anos com geração de emprego e renda à população potiguar. Os projetos serão instalados nos municípios de Assu, Jandaíra, Lagoa Nova, Lajes, Pedro Avelino, Serra do Mel e Touros. Parte da mão de obra contratada será da própria região onde serão instalados os projetos.

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Energético da SEDEC Hugo Fonseca, “a implantação desses novos projetos possibilitará o fortalecimento da cadeia produtiva da energia solar em nosso estado, aumentando a diversificação da matriz elétrica e abrindo novos caminhos para o desenvolvimento de projetos híbridos envolvendo fontes renováveis como eólica e solar”.

MAIS INVESTIMENTOS EM ENERGIA RENOVÁVEL

O Rio Grande do Norte atingiu nesta semana a marca dos 93 projetos em energia eólica contratados, o que representa um aumento de 66% em relação ao número de projetos acertados no início do ano.

São mais de R$ 5 bilhões que serão investidos até 2026 em energia limpa, garantindo milhares de postos de trabalho na construção e operação dos parques.

Dos 93 projetos contratados, 32 parques já estão em fase de obras, contribuindo para manter a liderança nacional do RN no setor eólico. Atualmente o estado possui 169 plantas em atividade, com potência instalada de 4,6 gigawatts.

FOTOS:
José Aldenir Joinha e Canindé Soares