Marca Maxmeio

Notícias

Data este ano acontece em momento de crise em decorrência da alta do trigo e de mudanças nos processos produtivos

Comemorado nesse domingo (08), o Dia do Panificador será festejado pelo setor da panificação potiguar na próxima sexta-feira (13) em festa realizada na AABB, quando deve reunir associados da Associação dos Industriais de Panificação e Confeitaria do RN (AIPAN|RN) e filiados ao Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do RN (SINDIPAN|RN), além de convidados. Apesar do clima de comemoração, a data este ano acontece em um momento considerado delicado para os empresários do setor.

Eles amargam um reajuste de mais de 30% na farinha de trigo em decorrência da greve dos caminhoneiros, ocorrida entre o final de maio e início de junho deste ano. Alguns panificadores foram obrigados a repassar parte desse prejuízo ao consumidor final, mas a expectativa é de o preço da principal matéria-prima não permanece com essa alta. Por isso, muitos optaram por não fazer o repasse integral do reajuste.

Outra polêmica que acompanha o setor: a concorrência desleal de padarias informais que insistem em vender o pão francês por unidade e com o peso abaixo do estabelecido pela Lei de Defesa do Consumidor: os que optam por essa modalidade devem oferecer o pãozinho por 50g a unidade. No entanto, não é isso que acontece. “Nós verificamos essa prática com mais frequência nas padarias localizadas nas periferias, pois as dos bairros mais centrais vendem o pão francês por quilo, o que acaba sendo mais justo para o consumidor. Quem compra o pão por unidade, mas com o peso abaixo de 50g está sendo enganado”, esclarece o presidente da AIPAN, Eliezer Marques.

Os empresários do setor atentos à busca por melhorias e se diferenciar da concorrência, têm buscado conhecimentos e práticas para reduzir custos e incrementar os negócios, como por exemplo, investindo em produtos e serviços diferenciados. Uma das tendências do mercado nacional é a aposta em tecnologias para incrementar técnicas de produção e reduzir custos, a chamada Indústria 4.0. “No entanto, como a nossa indústria da panificação potiguar é ainda muito artesanal, a orientação da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP) é de investir em fermentação natural, visando tornar o produto o mais natural possível, como uma forma de atender ao consumidor mais exigente, que deseja o pão livre de produtos químicos”, aponta Ivanaldo Oliveira, presidente do SINDIPAN.

Essa redução na industrialização, que se mostra uma tendência forte em nível nacional, tem sido aderida por panificadores locais: algumas padarias em Natal têm investido neste sentido. Os empresários interessados em seguir nessa linha contam com a orientação das instituições SINDIPAN e AIPAN que, com o apoio de parceiros como os moinhos, prestam capacitação e disponibilizam técnicas para o desenvolvimento de produtos com fermentação natural.

Diferenciais como esse colocam na frente os empresários que participam das atividades das instituições representativas do setor. E é este o desafio atual de seus representantes: atrair mais panificadores para que se filiem e participem das atividades – palestras, treinamentos, encontros, eventos – de modo que unidos, possam se fortalecer. “Nós oferecemos a possibilidade de o panificador se atualizar e organizar os seus negócios, com orientações em todas as áreas, para que possa reduzir despe

 

Por Celso Amâncio

 

Na última sexta-feira, 6, o diretor geral da Fundação José Augusto, jornalista Amaury Junior esteve no Forte dos Reis Magos, visando implantar melhorias no principal cartão postal de Natal. Acompanharam o jornalista na visita, o Secretário Estadual de Turismo, Manoel Gaspar Neto, o coordenador de museus da FJA, Jaiton Freitas, o coordenador de guias da Potiguar Turismo, Thiago Dantas, a representante do Sindicato dos Guias Turísticos do RN, Iacy Vasconcelos e Júnior Câmara, representando o Sindicato das Empresas de Turismo do Rio Grande do Norte-SINDETUR.

 

Inicialmente, ficou decidido que nos próximos dias será aberto um box com a presença de policiais militar para garantir a segurança dos turistas e dos funcionários do equipamento turístico e outro posto com informações turísticas, vai funcionar em torno do espaço. Também foi discutida a reestruturação do trabalho dos guias de turismo que trabalham no local e ainda, melhorias na estrutura da fortaleza, enquanto não começam as obras de restauração.

A gestão da Fundação José Augusto segue com seu ritmo acelerado de trabalho em favor da cultura potiguar. Na manhã da última quinta-feira, 28, o Diretor-geral, Amaury Júnior assinou convênios para liberar recursos, oriundos de emendas parlamentares, beneficiando a Associação Balão Dourado e ainda projetos apresentados pela produtora Graça Queiroga, responsável também pela Feira de Artes de Petrópolis.

O Governo do Estado publicou, na edição desta sexta-feira (6), o edital do Concurso Público para provimento de 1.000 vagas do quadro de Praças da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte. Estão sendo oferecidas 938 (novecentas e trinta e oito) vagas destinadas ao sexo masculino e 62 (sessenta e duas) ao sexo feminino.

O concurso, regido pelo Edital Nº 003/2018 – SEARH/PMRN, será realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo – IBADE. De acordo com o cronograma, as inscrições deverão ser realizadas pela Internet, no site www.ibade.org.br, do dia 16 de julho até o dia 13 de agosto.  O valor da inscrição é de R$100,00 (cem reais).

O certame será composto de sete etapas. A primeira etapa é dividida em duas fases: prova objetiva e redação. As demais etapas são: exame de saúde; teste de aptidão física (TAF); avaliação psicológica; investigação social, avaliação de títulos e curso de formação.

A primeira etapa será realizada no dia 23 de setembro de 2018, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó/RN, conforme escolha do candidato no momento da inscrição. O cronograma previsto e o edital estão disponíveis no Diário Oficial do Estado e no site da organizadora do certame.

 


Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos do RN – Searh
Assessoria de Comunicação – Ascom

Um novo espaço voltado para o lazer, cultura e entretenimento dos natalenses está prestes a nascer na Via Costeira, em Natal. Um dos principais corredores turísticos da capital vai ganhar o Costeira Parque, onde funcionou o antigo Vale das Cascatas.

 

O local também vai ganhar um espaço para a prática de esportes com quadras de areia, pista de cooper e academia pública para idosos, além de pista de skate, playground para as crianças e estacionamento. “O parque vem fortalecer a prática de skate no Rio Grande do Norte, porque teremos uma pista profissional para treinar e incentivar o esporte”, comemorou o presidente da Federação de Skate do RN.

O lançamento da Pedra Fundamental do projeto aconteceu na manhã desta sexta-feira (06) pelo governador Robinson Faria. A obra está orçada em R$ 11,7 milhões com recursos próprios do Executivo Estadual. “Queremos socializar a Via Costeira, oferecendo opções para os moradores da Natal também terem acesso direto a praia. Será um espaço para toda a família, com muitas opções de lazer e cultura, além de movimentar e atrair ainda mais turistas para a região, já que faz parte de uma área estratégica e com o belíssimo cartão postal do Morro do Careca como cenário”, destacou Robinson.

O parque será administrado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). O terreno onde será construído o novo espaço conta com aproximadamente 34.000m². “Há décadas os natalenses sonhavam com esse local e agora será consolidado através de muito trabalho do governo. Será um parque totalmente integrado com a área urbana”, informou o diretor do Idema, Rondinelle Oliveira.

 

O local também vai abrigar um espaço Pet com cercamento e acesso em madeira plástica, para possibilitar de forma livre as atividades e recreação dos animais. Haverá ainda uma área de apoio aos banhistas, com mobiliários e duchas ao ar livre, próxima ao acesso à praia. Tudo foi projetado de forma que sejam preservadas as árvores existentes no local. A delegacia do Turista (CIPTUR), que atualmente funciona em um posto policial na Via Costeira também passará a funcionar dentro do parque, com segurança 24 horas.

 

O projeto principal foi desenvolvido pela arquiteta e ex-aluna da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Érica Mendes, durante o trabalho de conclusão de curso em 2014. “Percebi que a Via Costeira não era visitada pelos moradores da cidade, mas apenas por turistas. Aplicamos questionários com o público e desenvolvemos um projeto com o intuito de integra a avenida à rotina dos potiguares, além de preservar a identidade, topografia e paisagem do local”, explicou a arquiteta.

Sinalização turística

Ainda na solenidade na Via Costeira, Robinson Faria assinou a ordem de serviço para a sinalização turística em todos pólos do Estado. O investimento total é de R$ 3,5 milhões, com recursos do Governo Cidadão por meio de empréstimo do Banco Mundial. Ao todo, 50 municípios serão sinalizados nos polos do Seridó, Costa das Dunas, Agreste, Trairi e Serrado. A Sinalização de Orientação Turística integra o conjunto de sinalização de Indicação de Trânsito.

“Essa ação segue com o planejamento do estado em desenvolver a interiorização do turismo no Rio Grande do Norte. Com a sinalização executada, os pontos turísticos se tornam mais acessíveis, facilitando a melhor circulação de visitantes, otimizando o transporte do segmento e incrementando a economia local”, detalhou secretário de Turismo do RN, Manoel Gaspar.

Centro de Convenções

Após o lançamento, o governador também visitou as obras de ampliação do Centro de Convenções, onde 85% dos serviços já foram executados. O novo pavilhão de eventos multiuso ampliará a capacidade de seis mil para 12 mil pessoas. A área total do centro passará de 14,2 mil m² para 23,6 mil m². O investimento no local é de R$ 35 milhões.

“Durante toda a nossa gestão, investimentos intensamente no turismo, pois sabemos da importância deste setor para a economia do Rio Grande do Norte. Com a ampliação do Centro de Convenções, o espaço estará mais atrativo para sediar grandes eventos, trazendo mais visitantes e turistas para o estado”, ressaltou o governador.

De acordo com o secretário de Infraestrutura do RN, “o revestimento externo está sendo concluindo e estamos iniciando a colocação de forro, divisórias e instalações. A climatização de todo o espaço está praticamente pronta”. A previsão para entrega da obra é para novembro deste ano.

Museu da Rampa e Memorial do Aviador

No início da manhã, o governador vistoriou as obras do Complexo Cultural da Rampa, no bairro das Rocas, em Natal. A obra está orçada em R$ 7,5 milhões.

A área construída será de 2.887 m², com auditório para 126 pessoas, local em homenagem aos aviadores e para eventos, além de área de administração e banheiros. Haverá também espaço para exposições temporárias e permanentes (acervo da história da aviação e da 2ª Guerra Mundial), bar temático, loja de souvenir, banheiros, espaço externo com vista para o pôr do sol no Potengi, estacionamento e outros equipamentos.

 


Assecom-RN

O tráfego de veículos na avenida Conselheiro Tristão, que integra as obras do Complexo Viário da Redinha, na zona Norte de Natal, foi oficialmente liberado na noite desta quinta-feira (5) pelo governador Robinson Faria. O diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem do RN, general Jorge Ernesto Fraxe, acompanhou o chefe do Executivo estadual durante a solenidade. Um trecho de aproximadamente 800 metros da Avenida Moema Tinoco também foi concluído e entregue. O investimento total na obra é de R$ 88 milhões.

“Estou muito feliz que o nosso governo esteja aos poucos entregando essa que é uma obra histórica para a capital, aguardada há mais de 20 anos. Enfrentamos os entraves burocráticos, todas as dificuldades e estamos aqui, entregando mais um trecho de um sonho, do nosso Anel Viário Metropolitano, o segundo do país”, disse o governador Robinson Faria. As obras englobam o Anel Viário Metropolitano e além da capital potiguar, somente São Paulo possui uma estrutura semelhante.

Complemento da obra, de acordo com o DER, o Viaduto da Redinha já ultrapassa os 90% executados e a expectativa do órgão é que o serviço seja concluído até o fim deste mês de julho. “Hoje estamos caracterizando a entrega de 80% da meta 1 do projeto”, pontuou o diretor do órgão, general Jorge Ernesto Fraxe. Os 20% restantes equivalem a entrada de Genipabu e o viaduto com todas as alças.

Com a conclusão dessa parte da obra, os próximos trabalhos a serem feitos integram a meta 2 do projeto, que é a ligação do acesso à Genipabu até a Avenida Tocantínea e, na sequência, a meta 3 da Tocantínea, passando pela Rio Doce e seguindo pela Avenidas das Fronteiras até uma complementação do acesso à BR 101. As ações buscam redefinir a mobilidade urbana na zona Norte. O projeto ainda inclui implantação de novos abrigos de passageiros, ciclovias, e calçadas padronizadas, o que vai permitir maior mobilidade de ciclistas e pedestres, principalmente daqueles com maior dificuldade de locomoção.

Além do chefe do Executivo e do diretor geral do DER, também participaram da solenidade o deputado Galeno Torquato, gestores da administração direta e indireta do Estado, prefeitos da região Norte e lideranças locais e políticas.

Tramita na Assembleia Legislativa um Projeto de Lei de autoria do deputado Gustavo Fernandes (PSDB) que proíbe a suspensão no fornecimento de energia elétrica e água, por falta de pagamento, durante os finais de semana. A proposta também traz a mesma vedação para feriados nacional, estadual e municipal.

“Durante os fins de semana e feriados, o devedor padece de mecanismos para adimplir com o pagamento e as empresas não prestam o serviço para restaurar o fornecimento, o que provoca a suspensão prolongada desses serviços mesmo que ele já tenha quitado suas obrigações”, justificou o parlamentar.

De acordo com o Projeto de Lei, as concessionárias não podem suspender o fornecimento de energia elétrica e água entre às 12h da sexta-feira e às 8h da segunda-feira e entre às 12h de véspera de feriado e às 8h do dia subsequente. A proposta será analisada pelas comissões permanentes da Assembleia antes de seguir para deliberação no plenário do legislativo estadual.

O Governo do Estado paga amanhã (06/07) 109 mil servidores (de um total de 111 mil). Serão pagos todos os servidores da EDUCAÇÃO, SAÚDE e SEGURANÇA que recebem até R$ 4 mil. Recebem também amanhã, vencimentos INTEGRAIS, todos os INATIVOS e PENSIONISTAS, de TODAS as categorias do Estado, independente de faixa salarial. Os 2 mil servidores ativos restantes, que ganham acima de R$ 4 mil e completam a folha, recebem na segunda (09) e terça (10). Com isso, na terça (10) a folha do estado passa a estar 100% EM DIA. O Governo injeta na economia do RN R$ 370 milhões em salários.

 


Assecom-RN

DCIM100MEDIADJI_0329.JPG

A Zona Norte de Natal ganhou um reforço na segurança e no combate a criminalidade. Na manhã desta quinta-feira (05), o governador Robinson Faria entregou uma base móvel da Polícia Militar próxima a ponte de Igapó, no bairro Nordeste, onde antes funcionava um posto policial de trânsito. A estrutura ficará permanentemente no local, além de viaturas e motos com efetivo das forças policiais do Estado.

“Atendendo a um pedido da população, trouxemos a base móvel para coibir crimes e garantir a segurança de quem passa diariamente por esse trecho, indo para as zonas Norte ou Sul da capital. Assim como essa estrutura, estamos entregando 23 unidades para todas as regiões do estado, com um investimento de quase R$ 6 milhões”, ressaltou Robinson.

A base móvel é um veículo do tipo van equipada para apoiar o policiamento da região e conta com um toldo, que pode ser aberto para fazer sombra, conjunto de mesas e cadeiras, bebedouro e gerador próprio, fazendo com que o veículo não necessite de energia externa.

“No local o patrulhamento será constante com todos os setores da polícia e o veículo ficará aqui até a construção de uma base fixa da polícia, no qual já estamos fazendo o projeto”, explicou a secretária de Segurança do RN, Sheila Freitas.

De acordo com o comandante geral da Polícia Militar, Coronel Osmar Oliveira, serão realizadas diariamente ações na região. “Nossa equipe fará abordagens rotineiras a ônibus e veículos em busca de suspeitos ou materiais ilícitos”, informou o comandante.

O investimento na compra dos veículos ocorreu por meio de recursos do programa Governo Cidadão, via empréstimo com o Banco Mundial.