Marca Maxmeio

Notícias

Um parque de diversões que reproduz cenários inspirados no parque de dinossauros mais famoso de todos os tempos será montado na área de lazer do Natal Shopping. O evento licenciado Jurassic World tem inspiração em um dos filmes mais vistos em todo o mundo e que desperta o interesse pelo universo dos dinossauros, o “Jurassic World: Reino Ameaçado”.

A atração permanece a partir desta quinta-feira (23) até 30 de junho, período em que a criançada terá oportunidade de curtir todas as aventuras na floresta do filme Jurassic Park. Podem participar crianças a partir de dois até 12 anos. Os pequenos até quatro anos precisam estar acompanhados de um responsável e os maiores a partir dos cinco, podem brincar desacompanhadas.

O espaço conta com um cenário especial, onde os ambientes da ‘Universal Studios Hollywood’ prometem entreter e proporcionar muita diversão e adrenalina para a meninada. São vários espaços realistas, que oferecem diversos brinquedos planejados tanto para os pequeninos, quanto para os maiores.

Quem for ao local pode se aventurar no vulcão para escaladas, escorregador em formato de dinossauro, piscina de lavas, escalada em pontes de corda. Também há um espaço dedicado para registrar a visita com sessão de fotos em ovo de dinossauro, entre outros ambientes.

A atração funciona de segunda a domingo, das 12h às 22h, e aos domingos, das 15h às 21h. O ingresso tem o valor de R$25,00 para cada 20 minutos de brincadeira.

 

Serviço:

Jurassic World

Onde: Praça de Eventos do Natal Shopping

Horário: de segunda a sábado, das 12h às 22h e domingos das 15h às 21h

Quando: de 23/05 a 30/06

Valor: R$25,00 para 20 minutos de brincadeira

Idade: crianças de dois anos a quatro anos precisam estar acompanhadas de um responsável maior de idade; o acompanhante não paga

Evento traz renomados palestrantes e acontece no Holiday Inn

Com amplos painéis e debates, o 4º Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas que acontece nos dias 10 e 11 de julho, em Natal, no Holiday Inn, próximo ao Arena das Dunas, traz  “Cenários e Tendências de Transformação na Gestão de Pessoas” como tema central.

 

Planejar, executar, monitorar e alcançar resultados fazem parte do universo de gestão e, pensando nisso, o Fórum aborda nesta edição, painéis sobre intraempreendedorismo, futuro das profissões, empregabilidade, liderança e educação continuada. E entre as novidades deste ano, está o Salão de Negócios, que reunirá expositores do mercado local e nacional.

 

Antônio Roberto Rocha, diretor da Argus Eventos – empresa responsável pela organização do Fórum – lembra que esse ‘Salão’ é ideal para proporcionar a troca de informações e encaminhamentos de negócios durante o Fórum. “Teremos uma área com expositores institucionais e privados que promete ser interessante, além de gerar parcerias comerciais. Haverá consultorias empresariais e instituições de ensino, entre outros segmentos, mostrando seu portfólio em balcões específicos. Em torno de um cafezinho, há sempre oportunidade para bons negócios”, destaca.

 

E para Adriana Cavalcante, especialista em gestão de carreira baseada em São Paulo e uma das idealizadoras do 4º Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas, a importância de um evento desse porte e nível técnico é fundamental, já que o mercado local precisa estar antenado com as novas técnicas e ferramentas de gestão. “É um evento de extrema importância para a região, uma vez que conecta profissionais e empresas às tendências e práticas de gestão de recursos humanos desenvolvidas e adotadas pelos maiores players do mercado nacional, importando tecnologia e know how de profissionais renomados com um grande repertório de vivências corporativas e institucionais”, enfatiza.

 

A programação está recheada, palestras como “Metodologia Ageis em uma Abordagem de Desenvolvimento de Pessoas”, por Rosana Vaiano; painel de “Diagnóstico Organizacional como Ferramenta de Melhoria de Gestão de Pessoas”, com Flávio Emílio; “O Papel das Mulheres no Futuro do Trabalho”, pela fundadora da Startup Atena Jobs, Magda Damasceno; “Intraempreendedorismo: A capacidade de inovar nos setores público e privado através de comportamentos empreendedores”, por Sêmio Timeni; “O Poder da Escutatória: A arte do feedback por meio da escuta”, através de Rodrigo Leite; “Inteligência Emocional como Processo de Desenvolvimento Profissional”, com Raniere Luna; “Business Partner como estratégia de Recursos Humanos nos setores público e privado”, por Ligia Ukstin Campello e a palestra “E-SOCIAL: O olho digital das relações trabalhistas”, com Liêda Amaral. Entre os painéis e palestras, haverá debates para troca de ideias entre público e expositores.

 

Para Gustavo Porpino, também diretor da Argus Eventos, já faz algum tempo que a área de gestão de pessoas passou a ter grande relevância dentro das empresas, inclusive com gestores que participam ativamente da condução dessas organizações, com isso, “o evento visa disseminar conhecimento para profissionais de RH e demais áreas administrativas, além de apresentar metodologias e ferramentas que proporcionem melhorias da produtividade nas empresas”.

 

O 4º Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas tem organização da Argus Eventos; apoio da Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (SEARH) do Governo do RN; Escola de Governo; IEL; Associação Brasileira dos Profissionais de RH – Abprh/RN; Prefeitura do Natal; Associação Brasileira de Recursos Humanos – ABRH/RN; Data Show; Serviços RB Soluções em Transporte; Café Santa Clara e G7 Comunicação.

 

As vagas são limitadas e interessados podem se inscrever através do site https://www.forumgestaodepessoas.com.br/

A excursão terá como destino Recife Antigo, centro histórico da capital pernambucana.

As inscrições para a excursão ao Recife Antigo continuam até o dia 17 de junho, ou enquanto durarem as vagas, e podem ser realizadas nas Centrais de Relacionamento Sesc. O turismo social é uma iniciativa do Sistema Fecomércio RN, com realização do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN).

A programação inclui os principais pontos turísticos daquela região do Recife: Marco Zero, seguindo pela Embaixada de Pernambuco para conhecer os Bonecos Gigantes e os museus Paço do Frevo e Cais do Sertão. A saída será no dia 20 de junho, às 4h, do Sesc Potilândia, e retorno marcado para às 16h30, chegando a Natal às 21h.

O passeio inclui micro-ônibus turístico, ingressos para os museus Paço do Frevo e Cais do Sertão, guia acompanhante e local, seguro viagem e lanche (ida). As despesas com café da manhã, almoço e de ordem pessoal não estão no pacote. Os valores para adquirir a excursão variam de acordo com a categoria no cartão do Sesc (trabalhador do comércio, conveniado e usuário).

A viagem pode ser parcelada em até 10x nos cartões Hiper, Visa e Master. Crianças de 0 a 1 ano e 11 meses não pagam, desde que acomodadas no colo dos pais durante a viagem. Para quem estiver com crianças entre 2 anos e 5 anos e 11 meses, será cobrado 50% do valor de cada categoria. Crianças dos 6 aos 10 anos e 11 meses pagam 70% do valor integral, conforme a categoria do cartão Sesc. A partir dos 11 anos, o valor cobrado será integral.

Turismo Social

O Turismo Social consiste em uma atividade que visa proporcionar novas oportunidades de lazer, integração pessoal e enriquecimento cultural por meio de viagens e passeios de curta, média ou longa duração a um custo mais acessível que o do mercado. A missão do Sesc nessa área é a de criar possibilidades para que as pessoas conheçam o Brasil, democratizando o acesso a viagens, passeios e hospedagem.

Serviço:

O quê? Passeio para conhecer o Recife Antigo e sua história.

Quando? 20/06 (feriado de Corpus Christi) | Saída (Sesc Potilândia): 4h

Onde comprar? até 17/06 ou enquanto durarem as vagas (25 no total), na Central de Atendimento do Sesc Cidade Alta. Rua: Cel. Bezerra, 33.

Valor por pessoa?

Trabalhador do Comércio e dependentes: R$ 231,00*

Conveniado: R$ 264,00*

Público em geral: R$ 286,00*

*em até 10x nos cartões Hiper, Visa e Master.

Informações e atendimento: (84) 3133-0360, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

A Orquestra Filarmônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (OFUFRN) realiza, no sábado, 25, o III Concerto da temporada 2019 das 18h às 20h, no Auditório Onofre Lopes da Escola de Música (EMUFRN). A apresentação faz parte das comemorações dos 10 anos do grupo.

O concerto tem como solista convidado o renomado pianista Alvaro Siviero e contará com a regência de Jean-François Rivest, fundador, diretor artístico e regente principal da Orquestra da Universidade de Montreal (UOM). Entre as obras executadas, estarão: Mozart – Sinfonia N.41 em Dó maior – Jupiter, Mozart – As bodas de Fígaro (abertura) e Liszt – Concerto N.2 para piano e orquestra.

A retirada de ingressos acontece na Coordenação de Eventos da EMUFRN, a partir da quinta-feira, 23, limitada a 2 ingressos por pessoa no local. Não é necessário documentação, apenas nome e e-mail. A entrada é gratuita. Entretanto, a Orquestra está contribuindo com o Abrigo Juvino Barreto e, por isso, pede, se possível, a todos que ao retirarem seus ingressos tragam para doação materiais de limpeza e higiene.

 

O Rio Grande do Norte receberá mais quatro parques eólicos na região do município de Touros. Com investimentos de R$ 350 milhões e 21 km de extensão de linhas de transmissão, o projeto do Complexo Eólico Gameleira, da CPFL Renováveis, foi apresentado nesta quinta-feira (16) à equipe do Governo do RN. As obras devem ser iniciadas entre o final deste ano e o início de 2020.

Além do Complexo Gameleira, os diretores da CPFL anunciaram também dez parques que estão em fase de obtenção de licença prévia para comercialização em 2019, com perspectiva de 300 MW instalados nos municípios de Pedra Grande, Parazinho e João Câmara.

“Estamos discutindo sobre algo fundamental para a atividade econômica do nosso Estado. Mas, ao mesmo tempo em que temos o compromisso de desenvolver o RN, também devemos zelar pelo meio ambiente promovendo o crescimento de forma sustentável”, destacou a governadora Fátima Bezerra durante a reunião com dirigentes da CPFL.

Ela afirmou que o Governo está disponível para apoiar em relação à segurança jurídica e solicitou parcerias socioculturais, conforme a Lei Nº 10.483, sancionada em abril deste ano, que instituiu a Política Estadual de Investimentos e Negócios de Impacto Social, a primeira do país. “Quero colocar a possibilidade de parcerias no plano sociocultural, sobretudo em virtude da situação de crise em que assumimos o Estado. Estamos focados em resolver esse desafio e é o que temos feito. Podemos estreitar parcerias, principalmente na área da cultura”, frisou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado, também destacou a importância do olhar social. “Temos dois projetos nos quais já estamos buscando envolver o empresariado: um é o de erradicação do analfabetismo, pois o número de analfabetos no RN ultrapassa os 400 mil; o outro é o do plantio de três milhões de árvores em oito anos”, pontuou.

Presente à reunião, o senador Jean Paul lembrou as ações defendidas no âmbito parlamentar, como a construção de um projeto que conceda regime fiscal para as empresas eólicas que desenvolvem ações sociais e o projeto do ICMS da geração de energia, proposta de autoria de Fátima Bezerra quando senadora. “Estamos promovendo a mudança para que os estados e municípios geradores de energia possam ser compensados com o Imposto e não somente os estados consumidores”, lembrou.

Fernando di Franco, superintendente de sustentabilidade da CPFL, disse que a reunião foi importante para a harmonia das agendas pública e privada, pois as questões sociais e de avaliação do território e desenvolvimento local fazem parte dos princípios e missão da empresa.

“A empresa tem um projeto bem estruturado de investimento social privado e temos total harmonia com as políticas públicas. Sabemos da responsabilidade social dos empreendedores da iniciativa privada para apoiar as políticas públicas e garantir o melhor uso dos recursos naturais e desenvolvimento do Estado.”

O superintendente apresentou o Programa Raízes, desenvolvido pela CPFL, que propõe executar medidas compensatórias de impacto e de relacionamento com a comunidade. Segundo Fernando di Franco, no RN a empresa já desenvolveu 11 projetos, com investimento de R$ 3,7 milhões, beneficiando mais de 805 famílias em João Câmara e São Miguel do Gostoso. As ações foram na área de segurança hídrica, gerações futuras e cadeias produtivas, como apoio à produção da agricultura familiar, instalação de micro usinas solares, gotejamento, construção de cisternas, poços artesianos e projeto de informática, com implantação de dois telecentros e capacitação de professores e alunos.

Além disso, Fernando também agradeceu o apoio dado pelo Governo do RN e destacou o trabalho desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente: “O Idema hoje pode ser exemplo de órgão preparado para alavancar o desenvolvimento, pois é um modelo em que a expertise está dentro do órgão ambiental.”

A CPFL Renováveis iniciou sua atuação no RN em 2010 e hoje cerca de 800 MW, incluindo o projeto de biomassa, são produzidos no Estado. No setor de eólica, a empresa é responsável atualmente por cerca de 20% da capacidade instalada em terras potiguares.

A reunião contou ainda com a presença do vice-governador, Antenor Roberto; do superintendente de engenharia, Júlio Lemos (CPFL); do diretor de engenharia e obras, Alberto Santos (CPFL); e de gestores estaduais: Manoel

 

 


Assecom-RN

A Ouvidoria da Cosern foi reconhecida pelo 2º ano consecutivo como a melhor do Brasil na categoria empresas de grande porte na 2ª edição do prêmio criado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para destacar as melhores Ouvidorias das Distribuidoras de Energia Elétrica do Brasil.

 

O resultado foi divulgado na noite desta 4ª feira (15), durante o 18º Encontro Nacional de Ouvidores do Setor Elétrico (ENOSE) realizado em Vitória (ES).

 

Criada em 2012, a Ouvidoria é um setor fundamental no relacionamento dos 1,4 milhão de clientes com a Cosern. Em 2018, foram realizados 26.045 atendimentos, distribuídos em pedidos de informações, denúncias, elogios, sugestões e reclamações. Deste total, apenas 2% foram reclamações relacionadas à prestação do serviço da Cosern.

 

Em 2015, a Ouvidoria criou o projeto “Ouvidoria Itinerante”, passando por diversas cidades potiguares com o objetivo de aproximar ainda mais dos clientes. De lá para cá, já foram realizadas 20 ações associadas a outros serviços levados aos consumidores, tais como consumo seguro e consciente de energia elétrica, serviços comerciais, regulação do setor elétrico, direitos e deveres do consumidor e divulgando o papel do Conselho de Consumidores da Cosern.

 

Para se comunicar com a Ouvidoria da Cosern, o cliente pode utilizar os seguintes canais:

 

Internet: Portal da Ouvidoria no site da Cosern (www.cosern.com.br)

Telefone: 0800 084 0404, de 2ª a 6ª feira, das 8h às 12h e 13h30 às 17h30

WhatsApp:  (84) 991618936  (Horário de atendimento: 8h às 12h e 13h30 às 17h30)

Fax: (84) 3215-6548

E-mail: ouvidoria.rn@neoenergia.com

Correspondência: Rua Mermoz, 150 Cidade Alta, Natal- RN. CEP: 59.025-250

Atendimento presencial: Edifício-Sede da Cosern – Rua Mermoz, 150 Cidade Alta -Natal/RN, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Barragem Oiticica – Jucurutu

Gargalheiras – Acari

Saímos na última sexta-feira,  17 de maio, às 7 horas da manhã com destino ao interior do nosso estado para fazer um registro das belas paisagens em tempo de inverno e retornamos no domingo, 19 de maio.

Viagem que vale a pena para ver a paisagem verde e  água em abundância em muito lugares.

Pelo segundo ano foi uma viagem muto agradável a convite de Bruno Giovanni na companhia do seu filho Mateus e o pai Assis Oliveira.

Enviado do meu iPhone

O Museu Café Filho, equipamento da Fundação José Augusto, terá programação alusiva à Semana Nacional dos Museus, neste sábado (18) à tarde. O projeto Café Cultural, contará com abertura de exposição do artista plástico Leopoldo Nelson e, a partir das 14h, apresentação dos grupos Batuque de um Povo e às 16h, Fuxico de Feira. O Museu Café Filho fica na Rua da Conceição, ao lateral da Pinacoteca do Estado.

De acordo com o coordenador de Promoções Culturais da FJA, Max Medeiros, o Café Cultural é um projeto concebido para dar início à ocupação sistemática dos museus e outros equipamentos da Fundação José Augusto: “Não só com exposições, mas também com outras linguagens artísticas que enalteçam o novo momento que o Centro Histórico de Natal está vivendo”, disse.

O Grupo Batuque de um Povo nasceu em 2016 com a proposta de resgatar as raízes do samba e a cultura afro-brasileira. Formado por músicos conhecidos das rodas de samba potiguares, o Batuque De Um Povo mostra composições autorais, de artistas potiguares e se inspira em sambistas como: Candeia, Paulo César Pinheiro, Mauro Duarte, Jorge Aragão, Almir Guineto, Beth Carvalho, Jovelina Pérola Negra, entre outros. Ao trabalho cuidadoso na escolha e execução do repertório, o grupo tem agregado a participação de artistas de danças tradicionais da cultura afrobrasileira em suas apresentações. De acordo com divulgação, o nome Batuque De Um Povo reflete o esforço em regatar o espírito das rodas de samba tradicionais, trazendo à tona as raízes afrodescendentes e desmistificando o samba.

Já o grupo Fuxico de Feira, é mais jovem, nasceu em 2018 e tem como padrinho o músico e compositor Carlos Zens. Composto por Fernandinho Regis (voz, viola e rabeca), Felipe Erick (sanfona e vocal), Abner Moabe (flauta, percussão e vocal) e Valério Felipe (percussão e vocal), o Fuxico de Feira trabalha com um repertório que passeia pela música brasileira de raiz, em especial a nordestina, mas que também passeia pelo cancioneiro popular do universo da viola, além de também de trazer para o grande público, músicas oriundas da tradição oral, reflexo da ligação dos quatro jovens com o universo da cultura popular, como o Auto do Boi de Reis e o Pastoril.

Leopoldo Nelson foi um médico, pesquisador e professor universitário que além de tudo foi um dos pintores mais profundos do Estado. Sua obra é um legado para os potiguares, calcada nos estudos da fisiologia a obra de Leopoldo Nelson tem um tom expressionista, mas feita de forma espontânea.

Projeto Café Cultural

Dia: 18

Hora: 14h

Local: Museu  Café Filho – Centro Histórico de Natal

Entrada Gratuita

O vereador Fúlvio Saulo realizou nesta quinta-feira (16) a sessão solene em homenagem às Mães dos Braços Vazios, em reconhecimento as mulheres que perderam seus filhos para a violência.

As Mães de Braços Vazios ajudam as mulheres desde a questão jurídica, ao apoio psicológico e a força para não perder a voz diante da sociedade.