Marca Maxmeio

Notícias

Durante a 59ª sessão plenária ordinária da Assembleia Legislativa do RN, realizada de forma remota, no horário destinado às lideranças, ressaltou-se a nova campanha institucional “Violência doméstica. Precisamos dar um basta nisso”, e foram discutidos assuntos de ordem Social, Pesqueira e Fundiária.

Francisco do PT ressaltou a importância do evento promovido na manhã desta quinta-feira (6), na Casa Legislativa, para discutir as medidas de combate à violência doméstica contra as mulheres, idosos e crianças.  “Muitas vezes, o agressor, para intimidar e causar ainda mais constrangimento e dependência à mulher, ele não só pratica agressões físicas, psicológicas ou morais, mas também extravia ou danifica documentações dessas mulheres ou dos seus filhos, para dificultar ainda mais suas vidas”, comentou Francisco, acrescentando que está à disposição para o apoio a essa luta das mulheres do Rio Grande do Norte, do Brasil e do mundo.

Continuando sua fala, Francisco enalteceu o programa “Governo Cidadão”, que é mantido pela Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças, e objetiva promover o Desenvolvimento Sustentável do RN. “Para falar desse projeto, a gente tem que olhar para trás, porque ele não começou no governo da professora Fátima. Por dever de justiça, quero lembrar que essa linha de crédito do Banco Mundial já existe há mais de 20 anos, e sua metodologia sempre teve influência e participação dos movimentos sociais, como sindicatos, igrejas e associações comunitárias. E esse controle social geralmente deu muita transparência ao programa”, detalhou.

O parlamentar frisou que o projeto atualmente atende a todos os territórios de cidadania do Rio Grande do Norte e está sendo gerenciado pelo secretário de gestão de projetos e ex-deputado estadual, Fernando Mineiro.  “Ontem eu tive a oportunidade de fazer um balanço com o secretário e constatei ações importantes que contribuem para melhorar a vida do povo potiguar. Por exemplo, nós temos agora a reforma de 40 escolas públicas no Estado, em municípios, como Currais Novos, Caiçara do Norte, Arês, dentre outros”, disse Francisco.

O deputado enfatizou também que, em dezembro de 2018, existiam apenas 13 unidades de ensino nesse programa, e todas apresentavam problemas estruturais. “Foi preciso um trabalho muito dedicado do nosso secretário Mineiro para destravar as obras e ampliar o projeto. E hoje nós já temos essas 40 escolas sendo atendidas”, celebrou.

Por fim, Francisco do PT relatou a situação das queijeiras que são atendidas atualmente pelo referido programa. “Nós temos 39 na região do Seridó e 11 em outras regiões do Estado. Especialmente sobre as do Seridó, em dezembro de 2018, nenhuma obra estava acontecendo. E todas tinham necessidades de reparos. Eu sei porque acompanhei pessoalmente. Mas as travas foram superadas, e hoje já temos 9 praticamente prontas do ponto de vista da estrutura física. Além disso, também está previsto equipá-las, e isso vai dinamizar essa cadeia produtiva que é tão importante para a Economia do Estado”, concluiu.

Na sequência, o deputado Souza (PSB) destacou as ações mais recentes das Frentes Parlamentares de Regularização Fundiária e do Setor Pesqueiro, das quais é o presidente. “Primeiro quero enaltecer a sensibilidade da corregedoria do Tribunal de Justiça, que tem dado total apoio para que possamos ampliar o programa de regularização fundiária, tanto urbana quanto rural, em todo o Rio Grande do Norte. O nosso objetivo com o projeto vai ser entregar o título de terra, já registrado em cartório, nas mãos do produtor. Nós sabemos que isso não é barato e tem muita burocracia envolvida. Antigamente, os produtores recebiam esses títulos e deixavam guardados, justamente por essas dificuldades. E hoje nós queremos que ele seja, de fato e de direito, o dono da terra”, explicou.

A respeito da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Pesqueiro e Aquícola, Souza discorreu sobre a legislação aprovada recentemente que inclui o pescado na alimentação escolar, o que, segundo ele, vai apoiar os pescadores de toda a região litorânea do Estado. “Nós fizemos uma audiência pública com a presença do secretário nacional da pesca, Jorge Seif Júnior, em que foram tratadas diversas demandas, entre elas, a entrega de licenças da pesca do atum. E agora estamos tratando das questões da pesca da lagosta. Por exemplo, sobre o terminal pesqueiro de Natal, que tem uma obra interminável, o Governo já se posicionou pela privatização, o que vai solucionar o problema de funcionamento principalmente da pesca industrial no nosso Estado”, relatou.

Finalizando o horário destinado aos líderes, Hermano Morais (PSB) teceu elogios à campanha contra a violência doméstica, lançada na manhã de hoje pela Assembleia Legislativa. “Quero externar meu total apoio a essa nova campanha do Legislativo e destacar a atuação das três colegas deputadas, Cristiane, Isolda e Eudiane, que têm feito trabalhos muito importantes no levantamento das pautas de interesse e proteção às mulheres”, parabenizou.

Hermano lembrou que esteve presente à audiência e considerou o debate “de alto nível”, contando com a participação de representantes de entidades do setor público e também da sociedade civil. “O fato é que nós tivemos um aumento de 250% em casos de violência doméstica durante a pandemia, talvez pela convivência mais próxima entre vítimas e agressores, devido ao isolamento social. Mas é preciso dar um basta nisso”, acrescentou.

Em referência ao Agosto Lilás, Hermano enfatizou a aprovação de lei estadual de sua autoria, no ano passado, que trata da realização de campanhas permanentes de prevenção à violência contra a mulher no RN.  “Essa é uma campanha que deve ser feita todos os dias. Lembro ainda que essa violência doméstica tem afetado cada vez mais as pessoas idosas, e isso não pode ficar na impunidade. Para mim, isso é um crime hediondo. Portanto, quem quiser denunciar, faça pelo disque 180 ou procure uma delegacia especializada”, concluiu Hermano Morais.

Baía dos Golfinhos é considerada uma das 10 melhores praias da América do Sul

A premiação veio do TripAdvisor, uma das principais plataformas de turismo do mundo

A Baía dos Golfinhos foi eleita a oitava melhor praia da América do Sul em prêmio do TripAdvisor, uma das principais plataformas de turismo do mundo. A premiação anual, intitulada Travelers’ Choice Best of the Best 2020, elege os destinos mais bem avaliados com base em recomendações e notas dos próprios viajantes.

Na edição de 2020 em que a consagrou, a Baía dos Golfinhos desponta acima de destinos consolidados da rota sulamericana, destacando-a como um dos paraísos mais visados em toda a América do Sul. Turistas elogiaram as belezas do lugar, incluindo a possibilidade real de estar entre os animais que batizam a praia. A rica oferta de restaurantes, acomodações e experiências na regiãoo de Tibau do Sul contribuiu com a posição o positiva conquistada pelo destino potiguar.

Para a secretária de turismo do estado, Aninha Costa, o prêmio reforça o posicionamento turístico estratégico do Rio Grande do Norte. “Esse reconhecimento demonstra mais uma vez as potencialidades do Estado. O destino está cada vez mais conhecido nacional e internacionalmente, e isso alavanca nosso prestígio”, comentou.

Iniciativas de preservação ambiental e cuidados com a vida marinha, como as realizadas pelo movimento Preserve Pipa, estão diretamente ligadas a premiação. “A validação do prêmio junto ao TripAdvisor é um reflexo de que estamos no caminho certo. Nosso trabalho é em prol da preservação das praias e da vida marinha, equilibrando as demandas turísticas com responsabilidade e sustentabilidade. Queremos conservar o que faz esse lugar ser especial para o mundo”, destaca Wanderson Borges, presidente do Preserve Pipa.

Para conhecer as demais praias contempladas pelo prêmio Travelers’ Choice Best of the Best 2020, clique AQUI.

DCIM\100MEDIA\DJI_0086.JPG

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFRN aprovou na manhã desta terça-feira, 4 de agosto, a proposta de criação da Faculdade de Engenharia, Letras e Ciências Sociais do Seridó (FELCS), por desmembramento do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres). A decisão tem o objetivo de fortalecer o campus de Currais Novos em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

A aprovação da proposta da FELCS se deu após uma antiga discussão sobre a reestruturação do Ceres Currais Novos, para criação de uma nova Unidade Acadêmica Especializada, com o intuito de dar identidade, distinguindo a Faculdade dos demais campi da UFRN, considerando sua história e sua relevância regional; de conquistar autonomia administrativa e financeira; de ampliar a oferta de cursos de graduação e de pós-graduação; entre outros objetivos. Nesse sentido, a FELCS construirá uma identidade voltada, especialmente, para a área das Engenharias, visto que está em trâmite a pactuação de vagas para o curso de Engenharia de Produção, bem como irá manter cursos na área de Letras e Ciências Sociais.

A diretora do Ceres, Sandra Kelly de Araújo, considerou que a aprovação de hoje é fruto de décadas de sonhos e anseios da comunidade de Caicó e de Currais Novos, por concretizar um avanço no processo de interiorização do ensino público superior. Da mesma forma, para o vice-diretor do Ceres, Alexandro Teixeira Gomes, a aprovação é um marco histórico para a UFRN, confirmando o compromisso institucional com a interiorização.

Entre as dez matérias discutidas, votadas e aprovadas pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa em reunião realizada na tarde desta terça-feira (4), está o Projeto de Lei 41/2020, de autoria do deputado Gustavo Carvalho (PSDB), que foi relatado pela deputada Cristiane Dantas (SDD) e que propõe acabar com prática abusiva para o consumidor.

“Atualmente tem sido abusiva uma prática que afeta de forma geral os beneficiários de planos privados de assistência à saúde. Sempre que ocorre a tentativa de agendamento, a secretária inicia o atendimento com a seguinte pergunta: é por convênio ou é particular. Seguida de justificativa que se for particular existe vaga hoje, mas se for por convênio só terá horário disponível daqui a dois meses”, justifica o deputado autor da propositura.

O Projeto proíbe a diferenciação no prazo de marcação de consultas, exames e outros procedimentos e medidas entre pacientes cobertos por planos ou seguros privados de assistência à Saúde e os pacientes particulares. 

Entre as outras matérias aprovadas está o Projeto de Lei que dispõe sobre a política estadual de sementes de cultivares e mudas crioulas no Rio Grande do Norte.

Antes do início dos trabalhos, o presidente da Comissão, deputado Kleber Rodrigues (PL) apresentou um balanço do número de matérias analisadas em julho último. Tramitaram na Comissão 73 projetos. No mês anterior foram 179 matérias deliberadas. Algumas matérias estão em diligência aguardando resposta dos órgãos para onde foram encaminhadas com pedidos de informações.

Participaram da reunião os deputados Kleber Rodrigues, Coronel Azevedo (PSC), Hermano Morais (PSB), Cristiane Dantas e George Soares (PL).

Ação está prevista no Plano de Retomada desenvolvido em parceria com a Setur e entidades do trade turístico

Dando continuidade na série de ações previstas dentro do Plano de Retomada do Turismo, o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, iniciou, nesta segunda-feira (03), mais um período de matrículas em cursos gratuitos para profissionais do segmento turístico. As inscrições seguem até a próxima sexta-feira (07), pelo site rn.senac.br.

Lançado no início de junho, o programa de treinamento do Senac já efetuou mais de 1 mil matrículas gratuitas no RN. Nesta etapa estão sendo oferecidas 150 novas vagas em cursos que tem como foco habilitar trabalhadores envolvidos na cadeia produtiva do turismo com treinamentos para implementação das normas de biossegurança exigidas no Plano.

Podem participar profissionais que atuam nos segmentos relacionados à atividade turística em Meios de Hospedagem; Alimentos e Bebidas; Serviços Receptivos, Espaços e Equipamentos de Lazer e Visitação. A participação nas qualificações permitirá que as empresas se habilitem a receber o Selo Turismo Mais Protegido, lançado pelo Governo do Estado com o objetivo de atestar os padrões de qualidade implementados nesses empreendimentos.    

Para se inscrever, é preciso possuir renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos federais, comprovados por meio de auto declaração, e apresentação de documentos pessoais, como RG, CPF, comprovante de residência e escolaridade. O candidato também deve dispor de computador com acesso à internet, visto que as aulas ocorrerão a distância.

“O Sistema Fecomércio RN continua focado em contribuir de forma direta e incisiva nessa retomada da economia e do turismo do RN. Ao oferecer os cursos gratuitos no Senac, estamos possibilitando tanto aos profissionais do setor quanto aos turistas e sociedade em geral, a garantia de que o nosso estado executará um retorno seguro, atendendo todas as exigências sanitárias necessárias no contexto pós-pandemia Covid019” ressaltou o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

Sobre o PRT

O Plano de Retomada do Turismo do Rio Grande do Norte é uma ação liderada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, com o objetivo de promover ações integradas dos empreendimentos turísticos para garantir a saúde pública e organizar a retomada gradativa das atividades, preservando os empregos e auxiliando na segurança econômica e sanitária. O Plano prevê ações de grande porte, a serem desenvolvidas ao longo dos próximos 18 meses.

A iniciativa já permitiu ao Rio Grande do Norte a conquista do selo internacional “viagem segura” (Travel Safety Stamp), criado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo, e que tem o respaldo da Organização Mundial do Turismo e de mais de 200 CEOs das principais empresas de turismo do mundo, tais como: Hilton, Radisson Hospitality, Marriott International, Expedia, InterContinental Hotels Group, Grupo Accor, Grupo Trip.com, Hyatt, Booking.com, entre outros.

Serviço:

Cursos Gratuitos Senac RN – Plano de Retomada do Turismo

Período:  03 a 07 de agosto.

Inscrição:rn.senac.br

Vagas: 150 

Reinventar-se para se adaptar ao “novo normal”. Por conta da pandemia do coronavírus, grande parte dos órgãos e empresas adotaram o teletrabalho e outras alternativas para que pudessem continuar suas atividades. Na Assembleia Legislativa, cuja gestão preza sempre pela inovação, criatividade e boas práticas no serviço público, a semana começa com um curso de capacitação, exclusivo para os gestores e líderes da Casa: Novas Estratégias de Liderança no período pós pandêmico, que começou hoje (3) e segue até a próxima quarta-feira (5).

O curso é oferecido pela Escola da Assembleia através da plataforma zoom e os servidores fizeram suas inscrições pelo aplicativo da Escola. “Pensamos na oficina com o intuito de capacitarmos os gestores do Legislativo, e que eles possam refletir sobre a mudança de comportamento que está por vir. Neste novo cenário os gestores devem estimular a participação e autonomia de sua equipe, além de incentivar e apoiar o desenvolvimento individual”, destaca o coordenador de Gestão de Pessoas do Legislativo, Thyago Cortez.          

O curso está sendo ministrado pelo consultor organizacional Flávio Emílio, mestre em administração de RH, mentor de carreiras e uma referência na área de gestão. Para o diretor da Escola da Assembleia, professor João Maria de Lima, a capacitação vem ao encontro do cenário diferenciado: “Iremos retomar os trabalhos e a volta será num cenário mudado, vamos estrear no ano praticamente, porque em março as atividades presenciais foram suspensas. É importante nesse momento rever alguns conceitos e o cenário social hoje exige mais do que nunca de nós líderes um papel atuante, de envolvimento, para fazermos a Casa andar de forma ainda mais célere”, afirma.

Por meio da sua plataforma EAD, o Senac RN está com matrículas abertas em diversos cursos livres gratuitos, nas áreas de Gastronomia; Beleza, Informática; Turismo; Meio Ambiente; Comércio e Biossegurança. Com carga horária que variam de 20h até 240h, alguns cursos terão início imediato, a partir da finalização da matrícula.  

São 1.980 vagas disponibilizadas por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG), que estabelece critérios para seleção. Entre eles, o interessado deverá ter uma renda familiar mensal per capita que não ultrapasse dois salários mínimos federais. 

”Neste novo tempo que vivemos, a metodologia de ensino a distância se tornou uma excelente opção de aprendizado e continuidade dos estudos. Com essa oportunidade oferecida pelo Senac, milhares de pessoas poderão aproveitar a quarentena de forma produtiva e aprimorando conhecimentos em cursos de atualização profissional, gratuitamente”, pontua o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. 

Os cursos livres a distância se dividem em títulos para formação inicial, aperfeiçoamento ou atualização. Para o Rio Grande do Norte são cerca 30 cursos disponíveis. Todos os participantes receberão certificados com validade em todo território nacional. 

Interessados podem se inscrever acessando o site https://www.ead.senac.br/gratuito/ e na aba Cursos Livres  escolher o título de sua preferência. As inscrições são limitadas ao número de vagas disponíveis para cada curso.

Com uma visita técnica ao trecho da RN-120, no município de São Paulo do Potengi, a governadora Fátima Bezerra deu início aos serviços do Programa de Conservação das Rodovias Estaduais 2020, lançado no mês passado, com prazo para ser finalizado até o final do ano. Também participaram da vista o vice-governador, Antenor Roberto; o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do RN, Manoel Marques; o secretário de Infraestrutura, Gustavo Coelho, e representações políticas da região.

A governadora ressaltou o cuidado com a segurança dos cidadãos que viajam pelas rodovias do estado e a importância delas para o desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte. “Cuidar das estradas é nosso dever, nossa obrigação; primeiro, para garantir a segurança da população, das pessoas. As estradas são fundamentais para a economia, para escoar a produção.”

O investimento no Programa de Conservação das Estradas Estaduais é de R$ 17 milhões, sendo R$ 12 milhões são de multas de trânsito arrecadadas pelo Detran-RN. A governadora também destacou o empenho do Estado em conseguir recursos para operação em plena pandemia, com queda brutal das receitas no período. “O dinheiro está assegurado. Estamos aqui cumprindo o nosso papel. Tinha prometido o início dos serviços para agosto. Pedimos à população para acompanhar os trabalhos e cobrar que até o final do ano esteja tudo concluído.”

De acordo com o diretor-geral do DER-RN, Manoel Marques, os serviços estarão concluídos até a primeira semana de novembro. Para dar agilidade aos trabalhos, até a próxima sexta-feira, serão deslocadas três equipes para cada um dos sete distritos rodoviários do Estado. “A conservação das estradas será um trabalho permanente. Mesmo quando o Programa de Conservação for concluído, vamos continuar trabalhando nas rodovias.”

O secretário de Infraestrutura do Estado, Gustavo Coelho, ressaltou o empenho das equipes e todos os esforços feitos para iniciar os trabalhos do Programa. “Esperamos atingir o objetivo de chegar em novembro com nossas estradas conservadas e recuperadas.”

O vice-prefeito do município de São Tomé, Miguel Salustiano; e o vereador de São Paulo do Potengi, João Cabral, prestigiaram o ato de início dos serviços e comentaram a importância para a região.

SERVIÇOS NOS SETE DISTRITOS RODOVIÁRIOS DO RN

No Programa de Conservação das Estradas Estaduais 2020 serão priorizados os principais eixos rodoviários que ligam o Rio Grande do Norte aos outros estados e que interligam os municípios. Os serviços serão realizados em todas as regiões do Estado:     

      – EIXO 1

      RN 117/RN-078        Entr. BR-304 (Mossoró) – Gov. Dix Sept Rosado – Caraúbas-Patu-Divisa RN/PB

      – EIXO 2

      RN-177/RN-076/RN 117 Entr. BR-405 – Riacho da Cruz – Umarizal – Olho D’água dos Borges

      – EIXO 3

      RN-177 Riacho da Cruz – Viçosa – Portalegre

      – EIXO 4

      RN-079 Entr. BR-405 – Marcelino Vieira – Alexandria – Divisa RN/PB

      – EIXO 5

      RN-404/RN-016/RN-233 Porto do Mangue – Carnaubais – Assú – Paraú – Triunfo – Campo Grande – Caraúbas – Entr BR 405 (Apodi)

      – EIXO 6

      RN-118 (Entr. BR-406 (Macau) – Pendências – Alto do Rodrigues – Ipanguaçu) – (Entr. BR-304 – São Rafael – Entr BR 226) – (Caicó – contorno – São João do Sabugi – Ipueira – Divisa RN / PB)

      – EIXO 7

      RN-120 Caiçara do Norte – São Bento do Norte – Pedra Grande – Parazinho – Entr. BR-406 (João Câmara) – Bento Fernandes – Entr. BR-304 – São Paulo do Potengi – Senador Elói de Souza – Entr. BR-226 – Boa Saúde – Serrinha – Santo Antônio – Nova Cruz – Divisa RN / PB

      – EIXO 8

      RN-093 Entr. BR-226 (Tangará) – São José de Campestre – Passa e Fica – Divisa RN / PB

      – EIXO 9

      RN-023 (Touros – João Câmara) – Santa Cruz – Cel. Ezequiel – Jaçanã – Divisa RN / PB

      – EIXO 10

      RN-203 Entr. BR 226 – São Pedro – São Tomé

      – EIXO 11

      RN-041 – RN-203     Entr. BR 304 – Santana do Matos – Entr. RN 118 (Três Porteiras)

      – EIXO 12

      RN-104 – RN 263      Entr. BR 304 – Pedro Avelino – Afonso Bezerra – Angicos – Entr. BR-304

      – EIXO 13

      RN-064 Entr. BR-304 (Santa Maria) – Entr. BR-406 (Ceará Mirim) – Punaú

      – EIXO 14

      RN-063 Entr. BR-101 – Pium – Tabatinga – Nísia Floresta – Entr. BR-101 (São José de Mipibú)

      – EIXO 15

      RN-401 Entr. BR 406 – Entr. RN-221

      – EIXO 16

      RN-003 Entr. RN-003 – Santo Antônio – Goianinha – Tibau do Sul – Pipa

      – EIXO 17

      RN-288 (Divisa RN/PB – Jardim de Piranhas – Entr. BR-427) – (Caicó – São José do Seridó – Cruzeta – Acari) – (Entr. RN -86 – Carnaúba dos Dantas – Divisa RN/PB)

      – EIXO 18

      RN-086 Entr. BR-427 (Rajada) – Parelhas – Equador – Divisa RN/PB

      – EIXO 19

      RN-269 Barra de Cunhaú – Canguaretama – Pedro Velho – Montanhas – Nova Cruz – Passa e Fica

      OUTROS TRECHOS

      – (DR I) Acesso Grossos – Tibau (20 Km), Acesso      Entr. BR-405 – Soledade (7 Km), Acesso Entr. BR-405 – Barragem (7 Km), RN-404 Carnaubais – Porto do Mangue (35 Km), Acesso Ponta do Mel – Porto do Mangue (20 Km);

      – (DR II) RN-088 Entr. BR-427 (Jardim do Seridó) – Entr. RN-086 (Parelhas) (16 km), RN-087 Entr. BR-226 – Tenente Laurentino (13 Km), RN-203 Cerro Corá – Bodó (9 Km), Acesso Entr. RN-118 – Povoado de Boi Selado (4 Km)

      – (DR III) RN-221 Entr. RN-401 – Entr. BR-406 (24 Km), RN-403 Entr. RN-221 – Barreiras – Diogo Lopes (13 Km), RN-120 Caiçara do Norte – São Bento do Norte – Pedra Grande – Parazinho – Entr. BR-406 (68 Km);

      – (DR IV) RN-120 Boa Saúde – Serrinha – Santo Antônio (26 Km), RN-092 Entr BR-226 – Japi (27 Km), RN-093 Entr. BR-226 (Tangará – Sítio Novo (17 Km), Acesso Ent. RN-003 (Espírito Santo – Jundiá (8 Km), RN-02 Entr BR-226 (Santa Cruz) – Cel. Ezequiel – Jaçanã (38 Km), RN-091 Santa Cruz – São Bento do Traíri (14 Km), RN-023 Entr. BR-226 – Lajes Pintada (9 KM).

      – (DR V) RN-317 Entr BR-101 – Laranjeira do Abdias – Brejinho (21 Km), RN-002 Entr. BR-101 (São José de Mipibú) – Laranjeira do Cosme – Entr. RN-316 (8 Km), RN-002 Entr. BR-101 – Senador Georgino Avelino (15 Km), RN-064 Entr. BR-406 (Ceará Mirim) – Dom Marcolino – Punaú (33 Km);

      – (DR VI) Acesso Entr. RN-177 – Bonito (8 Km), RN-078 Patú – Divisa RN / PB (9,6 Km), RN-501 Entr BR-226 (Patú) – Divisa RN / PB (9 Km).

      – (DR VII) RN-63 Pedro Avelino – Afonso Bezerra (14 Km), RN-263 Afonso Bezerra – Angicos – Entr. BR-304 (31 Km), RN-407 Mulungu – Entr. Estrada do Óleo (11 Km).

Assecom-RN

A deputada estadual Eudiane Macêdo (Republicanos) comemorou o anúncio, previsto para esta quinta-feira (30), da assinatura da ordem de serviço referente à segunda etapa das obras do Pró-transporte – um conjunto de intervenções viárias, desde a avenida Conselheiro Tristão, passando pelas avenidas Moema Tinôco, Tocantínia, Rio Doce e Fronteiras, chegando à BR-101, na altura da rotatória para São Gonçalo, zona Norte de Natal.  Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do RN, a parlamentar destacou a importância da obra para Natal e região metropolitana.

“Essa é uma obra que se arrasta desde 2005, quando foi feito o projeto, e execução iniciada em 2007. Um sonho dos cerca de 500 mil moradores da zona Norte que precisam urgentemente de melhorias na área de mobilidade urbana. Essa é uma pauta que vem sendo acompanhada por nosso mandato desde a Câmara Municipal de Natal e, já na Assembleia Legislativa, foi motivo de uma de nossas primeiras reuniões nas secretarias estaduais em 2019”, declarou.

De acordo com a deputada, a conclusão dessa obra vai impactar positivamente cerca de 500 mil pessoas. “Atualmente são vários trechos inacabados, sem sinalização e sem iluminação, oferecendo riscos para os motoristas e mais riscos ainda para os pedestres. Precisamos das obras do pró-transporte concluídas, obras que se arrastam há quase 15 anos. Se fosse no outro lado da cidade, e não na zona Norte, com certeza já estaria concluído”, pontuou.

O projeto do Pró-Transporte foi idealizado ainda em 2005, iniciado em 2007, primeiramente sob a responsabilidade da Prefeitura de Natal e, em 2013, passando para o Governo do Estado. O Pró-Transporte possui dois grandes eixos: o da Avenida Moema Tinôco, desde o viaduto da Ponte Newton Navarro até a BR-101 e o do entroncamento da Moema Tinôco, percorrendo as avenidas Tocantínea, Rio Doce e das Fronteiras até a Avenida Tomaz Landim.

O Departamento de Turismo (Detur/CCSA) da UFRN participou da elaboração do Plano de Retomada do Turismo em Natal, apresentado nessa quarta-feira, 29, ao Conselho Municipal de Turismo pelo secretário de Turismo de Natal, Joham Alves Xavier.  A criação do plano contou ainda com a participação da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), em parceria com a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern), da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e do Sebrae RN. O documento busca estabelecer protocolos para a gradual retomada das atividades turísticas, prejudicadas pela pandemia causada pelo novo coronavírus.

Segundo o professor Ricardo Lanzarini, chefe do Detur/UFRN, a participação do Departamento buscou “colaborar com a urgente demanda de recuperação econômica de Natal e retomada do processo produtivo do turismo  para atender os diversos setores do trade turístico local.” Ressaltou ainda a força do trabalho colaborativo, que “é de suma importância o trabalho cooperativo das Instituições de Ensino junto ao Poder Público para que possamos construir um turismo melhor para nossa cidade”.

O documento traz uma série de recomendações a serem seguidas por diversos segmentos de atuação do turismo, como: bares, restaurantes, quiosques e similares; empresas e colaboradores de eventos, meios de hospedagem, transportadoras turísticas e passeios. É baseado em portarias nacionais, em normativas de associações de classe e pela própria Organização Mundial do Turismo. Traz também orientações quanto à qualificação das equipes através de cursos que capacitem o profissional para lidar com essa nova realidade. Leia mais.