Marca Maxmeio

Notícias

Por Igor Jácome e Ayrton Freire, G1 RN e Inter TV Cabugi

Um corpo que pode ser do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, desaparecido há 22 dias, foi encontrado enterrado embaixo de uma árvore, na manhã desta quinta-feira (12), em um terreno na Zona Norte de Natal.

Leia mais no G1RN clicando no link abaixo:
https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2020/11/12/corpo-encontrado-enterrado-na-zona-norte-de-natal-pode-ser-de-menino-de-8-anos-desaparecido-em-natal.ghtml

Natal/RN – 10 de novembro de 2020 – O grupo RD, empresa que administra as farmácias Droga Raia e Drogasil, realizou nessa segunda-feira (09), o pagamento da doação de R$ 500 mil ao Hospital Infantil Varela Santiago, uma das instituições beneficiadas pela campanha nacional #TodoCuidadoConta, criada pela empresa para o combate à covid-19 no país.

O recurso será destinado à aquisição de equipamentos hospitalares para auxiliar na eficiência e economia de medicamentos das UTI’s Neonatal e Pediátrica, para o tratamento de fissuras labiopalatais, além da compra de materiais de consumo utilizados na contenção e prevenção do Covid-19.

A cerimônia de entrega do cheque simbólico aconteceu com a presença de Dr. Paulo Xavier Trindade, diretor superintendente do hospital, Sidney Gomes, gerente regional do grupo RD e os gerentes de todas as farmácias do grupo em Natal.

Com base em critérios técnicos, que consideraram a vulnerabilidade social do município, dados epidemiológicos sobre o Covid-19 na região e a estrutura de saúde existente, o Hospital Infantil Varela Santiago participou do processo de seleção e foi o contemplado com a doação.

A análise dos documentos foi baseada na capacidade da instituição de impactar positivamente a saúde da população por meio da utilização dos recursos doados, considerando não só a emergência no combate ao Covid-19, mas também o legado de longo prazo que poderá ser gerado.

DCIM\100MEDIA\DJI_0842.JPG

A programação será vivenciada de 11 a 21 de novembro

Teve início nesta quarta-feira, 11 de novembro, a festa da padroeira da Arquidiocese e da cidade do Natal, Nossa Senhora da Apresentação. Às 16 horas, houve hasteamento das bandeiras e missa, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação (antiga Catedral). Às 19h, na Catedral Metropolitana, também aconteceu o hasteamento das bandeiras e missa. As duas celebrações foram presididas pelo arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha, marcando a abertura dos festejos.

A programação se estenderá até o dia 21, com celebrações na antiga Catedral e na Catedral Metropolitana, contando com a participação de fiéis, em número reduzido, seguindo as normas de biossegurança. As novenas serão celebradas de 12 a 20 de novembro, sempre às 19 horas, na Catedral Metropolitana, transmitidas, ao vivo, pela página da Arquidiocese de Natal no youtube e Facebook e  pela página (Facebook) das paróquias e pela Rádio 91.9 FM.

No dia 21, às 6 horas, acontecerá a procissão fluvial com a imagem de Nossa Senhora da Apresentação, no rio Potengi, concluindo com a missa, no comando do 3º Distrito Naval, sem a participação do povo. Às 8h, será celebrada missa, na antiga Catedral, e, às 10h, a missa solene, na Catedral Metropolitana. A partir das 14 horas, a imagem da padroeira passará por vários bairros da capital, conduzida em um carro do Corpo de Bombeiros. A festa será encerrada às 18h, com a bênção do Santíssimo Sacramento, na Catedral. Toda programação do dia 21 também será transmitida pela internet e pela Rádio 91.9 FM.

Orientações aos fiéis

Para os que forem participar das celebrações, presencialmente, é obrigatório o uso de máscara; fazer higienização das mãos com álcool em gel na entrada da Igreja; e, nos bancos, respeitar o distanciamento estabelecido entre os fiéis.

Para participar presencialmente da programação, na Catedral Metropolitana, será necessário fazer o agendamento prévio, através de um link disponível no Facebook e no Instagram @paroquiadacatedraldenatal e no site arquidiocesedenatal.org.br. Na antiga Catedral, será por ordem de chegada, até o limite de 85 pessoas.

Quem desejar obter mais informações sobre como participar da festa, pode entrar em contato com a  Catedral Metropolitana, através do telefone (84) 3201-4559 (8h às 12h e das 13h às 17h) e com a antiga Catedral, pelo  (84) 2020-9085 (14h às 17h30).

SERVIÇO

Festa de Nossa Senhora da Apresentação

Período: 11 a 21 de novembro

Local: Catedral Metropolitana (Tirol) e antiga Catedral (Cidade Alta)

Nesta quarta-feira (11), registramos a operação das aeronaves A-4 “Skyhawks” do Esquadrão de Aviões de Intercepção e Ataque (VF-1), da Marinha do Brasil, que estão em treinamento na Base Aérea de Natal.

Fonte: Portal Grande Ponto
Fonte: Portal Grande Ponto

A governadora Fátima Bezerra assinou nesta quarta-feira (11) a portaria que encerra o Curso de Formação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte e efetiva 1.022 alunos como soldados da corporação. Entre os alunos que concluíram o processo de formação, 65 são mulheres.

Hoje a PM conta com de 7,3 mil agentes ativos, dos quais 200 são mulheres. Com a incorporação dos novos policiais o efetivo passa a 8,3 mil agentes, sendo 265 mulheres. A primeira missão da nova tropa já está marcada: o pleito eleitoral do próximo domingo (15).

O último concurso para a PM foi realizado em 2005. O atual, iniciado em 2017, teve as provas realizadas em setembro de 2018. O concurso enfrentou uma série de entraves até chegar ao Curso de Formação, autorizado em janeiro de 2020 pela atual gestão, que orientou a Secretaria de Estado da Administração (Sead) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) a dar continuidade ao certame. As medidas incluíram ainda um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público para que as mulheres aprovadas continuassem na disputa, mesmo que ultrapassassem ao número de vagas destinadas a elas.

A governadora Fátima Bezerra disse que “o dia de hoje representa um marco histórico. Assumimos um compromisso ainda como candidata ao Governo e estamos cumprindo. Quando tomamos posse havia um concurso com as provas realizadas, mas que enfrentava muitos entraves. Conseguimos superar as dificuldades e convocamos mais de mil aprovados para o curso de formação, que hoje se encerra e deixa estes profissionais aptos a assumirem suas funções. Vocês estão prontos para combater a violência e a criminalidade em nome do Governo do RN. Vocês estarão nas ruas para trazer paz e segurança pública ao povo do RN. Parabéns pela conquista”.

Fátima Bezerra confirmou ainda a convocação de uma nova turma com 340 concursados da PM, no início de 2021, para um novo curso de formação de praças, a realização do concurso da Polícia Civil para contratar 310 profissionais e concurso para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). “Mesmo com as dificuldades, e os agravantes impostos pela pandemia da Covid-19, o nosso Governo se mantém determinado a superar os obstáculos. Na segurança pública efetivamos mais de cinco mil promoções na PM, reestruturamos as carreiras com reajuste salarial de 23% de forma escalonada e estamos trabalhando de forma integrada. Isso é fundamental para melhorar todo o sistema e oferecer cidadania, segurança e oportunidades para nosso povo”, destacou a chefe do Executivo.

O comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo informou que os novos soldados começam a trabalhar nas ruas no próximo domingo em todos os municípios do estado. “Temos um Governo de muita coragem e determinação. É preciso ressaltar o empenho da administração estadual na integração dos trabalhos dos órgãos do sistema de segurança pública (Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Itep e Secretaria de Administração Penitenciária) que apresenta resultados positivos com a redução da criminalidade”, pontuou o comandante.

À solenidade no auditório do quartel do Comando Geral da PM também compareceram o vice-governador Antenor Roberto, os secretários de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Francisco Araújo, e da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, a delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Luiz Monteiro, o secretário-adjunto da Sesed, Osmir Monte,  e p diretor-geral do Itep, Marcos Brandão.

Por Iano Flávio Maia de Agecom

Se você está em Natal, deve ter percebido um aumento na sensação de calor. E olha que o verão ainda nem chegou. O pior é que isso pode não ser apenas uma sensação temporária. Autoridades que acompanham as mudanças no clima do planeta apontam que 2020 pode ser o ano mais quente da história. Esse é o tema do quinto episódio do Saber Ciência, que entrevista o professor do Departamento de Ciências Climáticas Cristiano Prestello e a pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Ecologia Kelly Yumi, ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). 

Na conversa com os especialistas, os estudantes de comunicação social Aimmée Araújo e Leônidas Carvalho tentam desvendar o que vem causando o aumento das temperaturas em todo o planeta, além de tentar entender que consequências isso pode ter para os seres vivos, como é o caso do branqueamento dos corais marinhos – tema da pesquisa de Kelly Yumi. Na semana em que os Estados Unidos deixam o acordo de Paris, que busca reduzir as emissões de carbono para tentar frear o aquecimento global, o professor Cristiano explica que é preciso avançar nas medidas de controle do carbono para não perdermos o controle da temperatura do planeta. 

Na quarta edição do projeto, o Saber Ciência mudou de formato para se adaptar às regras de distanciamento social por causa da pandemia da Covid-19. Os primeiros episódios foram lançados em outubro e mostraram uma pesquisa que busca usar lentes de contato para tratar doenças oculares, as desigualdade do trabalho das mulheres nas pesquisas científicas, o combate à desinformação na pandemia e um Museu de Memes da internet. Os entrevistados são professores e pesquisadores da UFRN e de outras instituições do país, como a Universidade São Paulo (USP) e a Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Você pode assistir aos novos episódios do Saber Ciência no YouTube, toda sexta-feira, a partir das 18h ou pela TV Universitária, canal 5.1 da TV digital, às 19h30. Os episódios também estão disponíveis em formato Podcast nas principais plataformas digitais como Google, Apple e Spotify. Você também pode conferir o último episódio disponível a qualquer momento no portal da UFRN. 

Investimento garantirá abertura de nova Unidade Materno Infantil e Instituto do Câncer, além de serviços especializados, leitos de UTIs e centenas empregos

Os grupos Delfin Saúde e Incor Natal realizaram, na manhã desta quinta-feira (5), no Hotel Barreira Roxa, em Natal, a assinatura da ordem de serviço para recuperação do prédio do antigo Hospital Papi que foi comprado, no mês de março deste ano, por R$ 18,9 milhões, e funcionará anexo ao Hospital Rio Grande.

O investimento permitirá a ampliação de serviços de saúde especializados, como urgência pediátrica, obstetrícia, ginecologia, ortopedia, oncologia, neurocirurgia, incluindo uma Unidade Materno Infantil e o Instituto de Câncer e ainda o aumento de leitos de UTI Neo Natal e UTI Adulto, garantindo inclusive a possibilidade de oferta de serviços tanto para a saúde suplementar como para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Após concluída a obra, o prédio que conta com aproximadamente 2.860 m² e comporta até 150 leitos, possibilitará o alcance de até 1.700 empregos diretos, quando somados aos 1.200 já existentes na atual estrutura, além de aproximadamente 5000 indiretos, quando também somados aos 3.600 já existentes. Com isso, o Hospital Rio Grande terá uma capacidade total de até 600 leitos, sendo destes 100 de UTIs, entre Neo Natal, Pediátrico Cardiológico e Adulto.

A solenidade que formalizou o ato de assinatura da ordem de serviço contou com a presença da imprensa, convidados e autoridades como a governadora Fátima Bezerra.

Que a segurança pública é um dos grandes clamores da população, é indiscutível. Com a eleição se aproximando, muitos candidatos aos mandatos de prefeito e vereador trazem entre suas “bandeiras” a melhoria na segurança pública.
Embora o art. 144 da Constituição Federal, explicite que “A segurança púbica é dever do Estado”, o mesmo artigo, mais adiante, a define como “responsabilidade de todos”. O dispositivo traz, ainda, a possibilidade de os municípios constituírem guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei.
Nesse contexto, o poder público municipal é uma peça fundamental para a melhoria da segurança pública. E a Associação de Delegados de Polícia Civil do RN (Adepol/RN) vem a público, de forma indiscriminada e irrestrita, apresentar aos candidatos sugestões de como contribuir com a segurança das nossas cidades.
Inicialmente, cumpre destacar que delegados e delegadas, embora exerçam seu papel na repressão de crimes, entendem que a prevenção é também um excelente e necessário recurso. Diante da premissa de que a violência é um fenômeno multifacetado e é na ausência do poder público que a criminalidade se instala, a atuação da municipalidade no desenvolvimento de políticas públicas voltadas à educação, esporte, cultura e lazer se mostra imprescindível para que os cidadãos, especialmente os jovens, tenham alternativas e perspectivas de um futuro distante da delinquência.
Ainda no campo da prevenção, inúmeros estudos evidenciam a correlação entre o ambiente e o comportamento humano, aí inclusas as condutas contrárias à lei. Nesse contexto, o investimento em iluminação pública, especialmente nos locais de alta incidência criminológica, é comprovadamente eficiente na redução desses índices. A fiscalização de imóveis abandonados, para que permaneçam seguramente fechados, pode eliminar possíveis pontos de tráfico de drogas e esconderijos para assaltantes e criminosos sexuais.
Além disso, a revitalização e a conservação de prédios públicos e privados, bem como a transformação de terrenos baldios em praças públicas e ambientes arborizados, contribuem para a percepção de segurança e aumentam a qualidade de vida, interferindo, ainda que indiretamente, na incidência de crimes.
Aliás, a sensação de pertencimento e valorização por parte da população, estimula a colaboração com as forças de segurança, o que pode ser ainda mais fomentado pela viabilização da participação de grupos comunitários nas decisões relacionadas à segurança pública. Assim, a criação de uma secretaria ou um setor, voltados à interlocução do município, da população local e da iniciativa privada com as forças estaduais e federais de segurança, contribui, sobremaneira, para a elaboração de uma política eficiente voltada à paz social.
Outro fator que pode e deve ser implementando pelos municípios é a instalação de um sistema de videomonitoramento, integrando, inclusive, imóveis e empresas privadas e facilitando o acesso às imagens à Polícia Civil, responsável pela investigação de crimes. A simples presença do monitoramento é fator primordial para inibição de práticas criminosas. E, uma vez ocorrido o crime, essas imagens são fundamentais para identificação dos autores do fato, diminuindo a impunidade, um dos maiores fatores que fomentam a criminalidade.
Do mesmo modo, o município tem a possiblidade de estabelecer convênios com a Secretaria de Segurança Pública, para fornecimento de alguns insumos, profissionais para limpeza e manutenção dos prédios, entre outros, para as unidades policiais do interior.
Por fim, a criação ou fortalecimento da Guarda Municipal, como força auxiliar voltada à guarda dos prédios e patrimônio municipais é fundamental. Isto porque, esta intituição, dentro de suas atribuições, possui poder de polícia e pode, como qualquer do povo efetuar prisões em flagrante. A realização de rondas, especialmente nas escolas, ainda auxilia no combate ao tráfico de drogas.
Enfim, a Adepol reitera seu intento de sempre colaborar com a segurança pública, auxiliando na formação de políticas voltadas a esse fim. É nesse sentido que apresentamos as sugestões acima, que podem ser implementadas no âmbito da municipalidade, com reflexos positivos para toda a população.

Natal, 04 de novembro de 2020.
Taís Aires T. M. da Costa
Delegada de Polícia Civil

Presidente da Adepol/RN