Marca Maxmeio

Resultado da busca por: Interior do rn

Nos dias 2, 3 e 4 de agosto o município de Serra de São Bento será palco de mais um Festival de Inverno. Em sua 9ª edição, o festival agrega turismo, cultura, gastronomia e artesanato, evidenciando o que de melhor as Serras do Agreste Potiguar tem a oferecer.

A região das Serras do Agreste Potiguar foi contemplada com projeto de dinamização e sustentabilidade turística, o que permitiu um incremento do turismo com a melhoria da qualificação dos serviços oferecidos e ampliação do número de meios de hospedagem, o que contribui para o fomento da cadeia produtiva.

Com um público estimado em 50 mil pessoas – durante os três dias de Festival – o evento promove o fortalecimento da interiorização do turismo em nosso estado. “As Serras do Agreste Potiguar possuem todas as condições favoráveis para a realização desse tipo de festival, clima frio, belezas naturais, hospitalidade e uma ótima gastronomia”, declara a secretária de Turismo, Aninha Costa.

Com o apoio Governo do estado, por meio da Secretaria de Turismo e Emprotur, com recursos do Projeto Governo Cidadão, o Festival ainda se destaca pela valorização da cultura popular e por seu potencial na geração de emprego e renda.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Turismo do RN

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte se reuniram em Assembleia Geral, na manhã desta sexta-feira (19), e decidiram por uma paralisação de 24 horas a ser realizada na próxima quarta-feira, dia 24 de julho. A categoria, ao invés de ir para as delegacias, irá se concentrar em frente à Governadoria, no Centro Administrativo.

De acordo com o presidente do SINPOL-RN, Nilton Arruda, os Policiais Civis cobram diálogo com Governo do Estado e andamento da pauta de reivindicações. “Nós temos uma pauta e já protocolamos três ofícios solicitando reunião com a governadora Fátima Bezerra e, até agora, não tivemos resposta”, explica.

Além disso, a categoria quer que o Governo do RN implante as promoções e progressões dos Policias Civis que estão em atraso. “Para se ter uma idéia, alguns processos estão com mais de dois anos aguardando implantação”, justifica Edilza Faustino, vice-presidente do Sindicato.

Outro ponto da pauta de reivindicações dos Policiais Civis é referente aos salários atrasados. De acordo com o SINPOL-RN, o Governo precisa definir como quitará os passivos e apresentar o planejamento para os servidores.

“Antes, havia a promessa de antecipação dos royalties para que os atrasados pudessem ser quitados. Agora, o Governo desistiu dessa antecipação. Ou seja, os servidores estão sem perspectivas e vendo suas dívidas geradas pelos atrasos se acumularem”, comenta Nilton Arruda.

A paralisação de 24 horas foi deliberada de maneira unânime entre os presentes à Assembleia Geral. Com isso, a partir das 8h da manhã de quarta-feira, todos os Policiais Civis devem se concentrar em frente à Governadoria, inclusive os do interior do Estado. Apenas as delegacias de Plantão estarão em funcionamento.

“Os Policiais Civis têm atuado de maneira abnegada, prova disso são os números de prisões e apreensões de drogas no Estado. No entanto, o Governo parece desprezar essa categoria e sua importância para a sociedade. Uma polícia que trabalha precisa ser valorizada”, finaliza o presidente do SINPOL-RN.

 

Os policiais e bombeiros militares de Natal, praças e oficiais, deliberaram por unanimidade, em Assembleia Geral Unificada nesta sexta-feira (31), a interrupção das atividades a partir do dia 17 de junho. A reivindicação principal é a atualização salarial e os pagamentos das folhas salariais em atraso.

Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), o déficit salarial dos militares atualmente chega a 60,49%. Ele explica que a categoria não recebe ao menos a reposição inflacionária há cinco anos.

Além disto, os militares do RN possuem o pior salário inicial da Federação na carreira policial, e uma diferença extrema entre as demais forças de segurança. “Os índices de violência têm diminuído em todo o RN, vemos isto sendo noticiado pelos institutos de pesquisa, jornais e até mesmo pelo próprio Governo. Este resultado se dá graças ao sacrifício e abnegação dos militares estaduais, que merecem uma contrapartida do Governo pelo seu bom trabalho”, argumenta o subtenente Eliabe.

A decisão acompanhou o que foi aprovado em Assembleias realizadas no interior do estado, com militares estaduais das regiões de Nova Cruz, Currais Novos, Caicó, Pau dos Ferros, Mossoró e Santa Cruz – que também estiveram presentes na Assembleia desta sexta-feira. Além disso, foram confirmadas as pautas de reivindicação: pagamento das folhas em atraso; pagamento das promoções já efetivadas (abril, agosto e dezembro de 2018); efetivação das promoções referente a 21 de abril; e atualização dos níveis remuneratórios.

 


Daisa Alves
Letra A Comunicação

Barragem Oiticica em Jucurutu

 

Na úlitma quinta-feira, dia 18, eu e Jailson Fernandes pegamos a estrada para registrar as belezas da interior do Rio Grande do Norte, principalmente alguns açudes que estão sangrando. Foram 950 quilômetros de estradas da quinta ao domingo.

Partimos de Natal em direção a Assu onde dormimos e às 4h30 da manhã do dia seguinte já estávamos na sangria da do Açude Mendubim. De lá seguimos para a sangria do Açude Pataxó e durante do dia da sexta seguimos para fotografar outros açudes, o Beldroega em Paraú, Triunfo Potiguar e terminamos o dia no Lajedo de Soledade.

Dormimos da sexta para o sábado em Felipe Guerra e pela manhã fomos para Caverna do Crote e Cachoeira do Caripina.

A tarde do sábado partimos em direção a Barragem de Oiticica em Jucurutu. De lá já no final da tarde partimos Para Currais Novos. Já no início da noite e embaixo de uma chuva de 130 mm seguimos de Currais para o Totoró enfrentando 10 km de estrada de chão com muita água e lama durante aproximadamente 1 hora enquanto em dia normal o tempo é de uns 20 minutos.

Tivemos que dormir no sitio de Dona Branca, mãe do meu amigo jornalista Paulo Araujo, onde fomos muito bem recebidos. Era impossível transitar da estrada de volta.

No dia seguinte a surpresa no Açude Totoró que estava totalmente seco e amanheceu com um volume de água impressionante.

Em torno da 10 horas partimos de volta, enfrentando a lama na estrada além de travessia de rio e riacho já com um volume menor de água.

Antes de pegar a estrada de volta para Natal passamos no Açude Dourados de Currais que no dia anterior estava praticamente sem água e também recebeu um volume muito grande de água.

E passando por Santa Cruz fomos até o Açude Trairi que infelizmente não recebeu nenhuma quantidade de água.

 

Nesta quinta-feira, dia 11 de abril, ocorre o lançamento do livro Simbolismo do Morro do Careca, na Galeria Fernando Chiriboga – Midway Mall, às 17h. A produção acadêmica é resultado da pesquisa da professora Lore Fortes, docente no Departamento de Ciências Sociais (CISO), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em conjunto com o doutorando Tiago Souto Bezerra, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da UFRN.

A iniciativa objetiva resgatar a memória do principal ponto turístico da Cidade do Natal, apresentar como os residentes sentem o poder simbólico da imagem do Morro e qual a sua importância para eles. A investigação, além dos nativos da cidade, incluiu também pessoas que migraram para a capital potiguar, vindas do interior do estado – assim como de outros estados do Brasil e de outros países. De acordo com Lore Fortes, metodologicamente, o trabalho relacionou pela primeira vez a teoria de Pierre Bourdieu e a Metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo, criada por Lefevre & Lefevre (2005).

Segundo Tiago Souto, a simbologia do Morro do Careca identificou, na pesquisa, referências ao passado, ao presente e ao futuro da cidade. A paisagem, que é vista como um ponto turístico e um cartão-postal, é também parte da memória da cidade de Natal, ao fazer emergir lembranças alegres e efusivas de um tempo de infância. O livro também aponta a preocupação com o futuro a partir da ideia de preservação ambiental.

 

O Governo do Rio Grande do Norte vai enviar na próxima semana um projeto de lei  que incentiva a regularização de motocicletas para ser votado na Assembleia Legislativa. A proposta foi apresentada, nesta quinta-feira (28), durante reunião com os deputados George Soares, Nelter Queiroz, Dr. Bernardo e Raimundo Fernandes.

“Estamos viabilizando um programa de regularização das motocicletas na capital e principalmente no interior do estado. A ideia é que possamos oportunizar um mutirão para que os proprietários legalizem seus veículos e garantam mais segurança, para si e para a população”, afirmou a governadora Fátima Bezerra. Ela destacou ainda que em paralelo ao programa será realizada uma campanha para promover a educação no trânsito, a fim de dar mais segurança a pilotos e pedestres, como também mostrando a importância da regularização perante o fisco e o órgão de trânsito.

No Rio Grande do Norte, a frota atual é de 440.919 motocicletas, das quais quase 40% registradas no interior. A regularização dá segurança aos condutores na hora de um acidente. O seguro DPVAT paga até R$ 2.700 para cobertura de despesas médicas em razão do sinistro, R$ 13.500 por morte e até R$13.500 em caso de invalidez permanente.

Carlos Eduardo Xavier, secretário de Estado da Tributação, explicou que a iniciativa prevê que o proprietário pague as tarifas do Detran e o IPVA de 2019 para que haja  remissão dos débitos de anos anteriores. “O programa visa a legalização do veículo, mas também terá impacto direto no trânsito, na segurança e na arrecadação fiscal”, completou.

Outro aspecto discutido na reunião da governadora Fátima Bezerra com os deputados foram as intensas fiscalizações de veículos que vêm ocorrendo em todo o Estado. Em conjunto com as demais ações realizadas por agentes de segurança, as abordagens vão continuar porque são parte importante das estratégias de redução da criminalidade no RN. Além do combate ao uso de motos em assaltos, as blitzen retiram de circulação aqueles veículos sem condições para trafegar nas ruas e nas estradas.

 


Assecom-RN

Após 70 dias de votação, quase 35 mil internautas votaram nos seus cinco preferidos em cada uma das 14 categorias

 

Os internautas fizeram sua parte. Foram quase 35 mil votos responsáveis pela seleção de 70 artistas em 14 categorias da 15ª edição do Troféu Cultura 2018. Os vencedores serão anunciados durante cerimônia realizada no Teatro Riachuelo no próximo dia 2 de abril, com várias atrações e acesso gratuito ao público.

 

“Acredito que a decisão de dividirmos a responsabilidade na escolha entre o público e os jurados foi acertada. De forma democrática, internautas votaram nos seus preferidos. E se os jurados teriam outra seleção, terão que escolher o vencedor a partir do voto do público”, reforçou o idealizador do Troféu, Toinho Silveira.

 

Foram contabilizados 34.524 votos no sistema instalado no blog Papo Cultura durante 70 dias, entre 19 de dezembro e 26 de fevereiro. A cantora Khrystal, com 905 votos, foi a mais votada, seguida do espetáculo Meu Seridó, com 840, a banda Plutão Já Foi Planeta, com 800, a atriz Titina Medeiros, com 751 e a artista visual Renata Lisieux, com 586.

 

Mas esses números se encerraram junto com a votação. Agora serão os jurados convidados pela coordenação do evento os responsáveis pela decisão final na escolha dos vencedores, independentemente de quantos votos receberam. Os critérios de avaliação serão, tão somente, a qualidade e o reconhecimento do trabalho realizado durante o ano de 2018.

 

A cerimônia do Troféu Cultura terá como temática a mescla da cultura popular e a contracultura. Para isso, serão convidados artistas para compor a festa de anúncio dos vencedores, que renderá homenagens ainda à cantora Glorinha Oliveira e ao transformista Zezo, assassinado em outubro do ano passado.

 

Patrocínio

 

O Troféu Cultura 2018 tem patrocínio da Cosern e da Comjol, ambos por meio da Lei Câmara Cascudo, do Governo do Estado; e da Unimed, pelo Programa Djalma Maranhão, da Prefeitura de Natal, além do apoio da Faculdade Uninassau e do Caxangá Restaurante.

 

Resultado – Os 5 mais votados pelo público (em negrito)

 

PRODUTOR CULTURAL

 

– Ana Morena (Festival Dosol /Sonora Festival / Circuito Cultural Ribeira)

– Juçara Figueiredo (Fest Bossa & Jazz – Pipa e Mossoró)

– Tatiane Fernandes (Quartas Clássicas)

– Nathalia Santana (Burburinho Festival de Artes / Cine Verão)

– Marcos Sá de Paula (Som da Mata e Bosque Encena)

 

– Anderson Foca (Festival Dosol / Circuito Cultural Ribeira)

– Jarbas Vasconcelos (Caminhada Histórica de Natal)

– Jomardo Jomas (MADA)

– Nelson Rebouças (Feira da Diversidade)

– Raildon Lucena (Festival de Cinema Curta Caicó)

 

LITERATURA

 

– “Espelho” – Camila Paula

– “Café e poesia”, organizado por David Leite e Clauder Arcanjo

– “Antonio Francisco: tradição e modernidade – uma poética da memória”, de Symara Tamara

– “Retratos Fora da Parede”, de Osair Vasconcelos

– “Anatomia do Ócio”, de Raimundo Leontino Filho

 

– “Argueirinha”, de Humberto Hermenegildo

– “Doce azedo amaro”, de Theo G. Alves

– “E por acaso deliro”, de Napoleão de Paiva Sousa

– “Mar interior” – Muirakytan K. de Macêdo

– “Os Últimos Passos do Enforcado”, de Edson Soares

 

 

FOTOGRAFIA

 

– Luana Tayze

– Brunno Martins

– Fernando Chiriboga

– Alex Régis

– Tiago Lima

 

– Delson Cursino

– Flávio Aquino

– Ian Rassari

– Max Pereira

– Pablo Pinheiro

 

ARTES VISUAIS

 

– Renata Lisieux

– Miguel Carcará

– Daniel Torres

– Civone Medeiros

– Carlos Sergio Borges

 

– Arbus

– Kefren Pok

– Leander Moura

– Lennon Lie

– Lucas MDS

 

AUDIOVISUAL

 

– Babi Baracho (Sem retrato e sem bilhete)

– Márcia Lohss (Enquanto o sol se põe)

– Sihan Felix (Maria e o espelho da quase memória)

– Rebeca Pelágio e Lucas Fernandes (O mistério das noites brancas)

– Paulo Dumaresq (Catarro)

 

– Helio Ronyvon (Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da noite)

– Júlio Castro e Seo Cruz ((IN)Sustentável)

– Lula Augusto (Arredia e tão só)

– Marcelo Buainain (Famintos)

– Wallace Santos (Tingo Lingo)

 

ESPETÁCULO DE DANÇA OU PERFORMANCE

 

– Sonhos Lúcidos (Cia Shaman Tribal)

– Sobre nossos pés (Grudun – Grupo de Dança Universitário)

– Anticorpos (Domínio Cia de Dança)

– Chamada (Entre Nós Coletivo de Criação)

– Pelo Pescoço (Ana Cláudia e Mariana Hardi)

 

– Apático (Moisés Ferreira)

– Estado Transitório (Coletivo Cida)

– Exit (Ana Vieira, Yasmim Cabral, Alexandre Américo e Iego José)

– Maré – versão compartilhada (Coletivo Cida)

– V. Exa. O candidato (Willy Helm)

 

ATOR

 

– Igor Fortunato (Meu Seridó)

– Cesar Ferrario (Onde Nascem os Fortes)

– Pedro Fasanaro (Onde Nascem os Fortes)

– Rodrigo Bico (A jornada de um imbecil até o entendimento)

– Romero Oliveira (O Torto Andar do Outro)

 

– Damásio (Grupo Máscara de Teatro)

– Jeyson Leonardo (A Farsa)

– Nonato Santos (Nos Confins do Horizonte)

– Paulo Lima (O Torto Andar do Outro)

– Rogério Ferraz (Guerra, Formigas e Palhaços / Quintal de Luís)

 

ATRIZ

 

– Titina Medeiros (Meu Seridó / Onde Nascem os Fortes)

– Nara Kelly (Meu Seridó)

– Priscilla Villela (Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte / Onde Nascem os Fortes)

– Bárbara Cristina (Fogo de Palha)

– Luciana Duarte (A Farsa)

 

– Giovana Araújo (Sal, o menino mar)

– Joriana Pontes (Cia Bagana de Teatro)

– Lenilda Sousa (Nos Confins do Horizonte)

– Monica Danuta (O Torto Andar do Outro)

– Mikaelly Moreira (Nos Confins do Horizonte)

 

ESPETÁCULO DE TEATRO

 

– Meu Seridó (coletivo de artistas)

– A Jornada de um Imbecil até o Entendimento (Grupo Facetas, Mutretas e Outras Histórias)

– O Torto Andar do Outro (Cia Pão Doce)

– A Farsa (A Máscara de Teatro)

– Romeu e Julieta (Grupo Arruaça de Teatro)

 

– A Coisa do Humano (Cia Bagana de Teatro)

– Casa do Louvor (Cia Bagana de Teatro)

– Lembranças de um Circo (Cia Rascunho de Teatro)

– Nada (GRutum)

– Nos Confins do Horizonte (Cia Escarcéu de Teatro)

 

BANDAS

 

– Plutão Já Foi Planeta

– Ribeira Boemia

– Luísa e os Alquimistas

– Potyguara Bardo

– Talma&Gadelha

 

– Bex

– Camarones Orquestra Guitarrística

– Joseph Little Drops

– Skarimbó

– SouRebel

 

CANTORES

 

– Sueldo Soaress

– Igor Fortunato

– Caio Padilha

– Allan (Rastafeeling)

– Zé Maria Pescador

 

– Carlos Lucena (Alfândega)

– Marcos Souto

– Rafael Barros

– Wescley Gama

– Yrahn Barreto

 

 

CANTORAS

 

– Khrystal

– Valéria Oliveira

– Clara Menezes

– Simona Talma

– Clara Pinheiro

 

– Ângela Castro

– Antoanete Madureira

– Fernanda Azevedo

– Maíra Soares

– Silvia Sol

 

SHOWS

 

– Cartola – Simplesmente Divino (vários músicos, no Teatro Riachuelo)

– Rumo a Roma (Orquestra Sinfônica da UFRN, no Teatro Riachuelo)

– Igor Canta Caetano (Igor Fortunato, no Teatro Dix Huit Rosado)

– Cores do Nosso Samba (Valéria Oliveira, no Teatro Riachuelo)

– Uma Noite na Espanha (Orquestra Sinfônica do RN, no Teatro Riachuelo)

 

– 100 anos de Aldo Parisot (100 violoncelistas regidos por Fábio Presgrave, no Holiday Inn)

– Giros in Solo (Tiquinha Rodrigues, no Ribeira 360)

– Linus Lerner 35 anos de música (OSRN e Linus Lerner, no Teatro Riachuelo)

– Potyguara Bardo (Festival Dosol e Mada)

– Tudo Nosso (gravação do DVD de Marcos Souto, no Auditório do Sesc)

 

ARTISTA DO ANO

 

– Orquestra Sinfônica do RN (música)

– Khrystal (música)

– Titina Medeiros (artes cênicas)

– Orquestra Sinfônica da UFRN (música)

– Igor Fortunato (música/teatro)

 

– César Ferrario (artes cênicas)

– Cia. Trapiá (artes cênicas)

– Coletivo Caboré (audiovisual)

– Grupo Carmin (artes cênicas)

– Mudernage (audiovisual)

 


Papo Cultura Assessoria de Imprensa
Sergio Vilar

O Governo do Estado inicia nesta sexta-feira (1º) a Operação Carnaval 2019, que visa garantir festejos tranquilos para a população do Rio Grande do Norte. A ação vai até a próxima quarta-feira (6), com esquemas especiais montados por todos os órgãos que compõem a Secretaria do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e que contarão com efetivo extra e diárias operacionais no valor de mais de R$ 3 milhões. Além disso, as forças estaduais atuarão em parceria com Polícia Rodoviária Federal (PRF), Guarda Municipal e Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

“Montamos um esquema de integração entre todas as Forças de Segurança do Estado para que a população possa aproveitar o período de carnaval sabendo que o Governo do Estado está trabalhando para garantir a segurança de todos”, destacou o coronel Francisco Araújo, secretário da Segurança do RN, na manhã desta quinta-feira, 28, durante entrevista coletiva à imprensa.

Polícia Militar

O trabalho ostensivo será realizado em todo estado, com destaque para os municípios que costumeiramente atraem um maior público nesse período. Ao todo, serão 4.900 PMs de efetivo extra, sendo 2.478 do Comando de Policiamento Metropolitano (COM), 1.752 do Comando de Policiamento do Interior (CPI) e 670 do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE).

Polícia Civil

A Polícia Civil disponibilizará 465 agentes de segurança realizando um policiamento ostensivo/repressivo e exercendo as funções de polícia judiciária, visando reprimir crimes como o porte ilegal de armas; o furto e roubo aos foliões, veranistas, turistas, moradores e comerciantes; o furto e o roubo de veículos; o tráfico de entorpecentes; a exploração sexual infanto-juvenil, como também outras modalidades de delito.

ITEP

Durante o período do Carnaval, os serviços essenciais do ITEP funcionarão 24h por dia, com os profissionais atuando em escala de plantão. Neste período, os médicos legistas, peritos criminais, atendentes do necrotério, digitadores da sala de laudo, necrotomistas, motoristas e papiloscopistas estarão à disposição do instituto.

Corpo de Bombeiros

Ao todo, serão mais de 150 militares atuando diariamente nos principais polos em solo potiguar. Militares do 1º e 2º Grupamento de Bombeiros Militar, além dos que atuam no Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), e do Serviço de Atividades Técnicas (SAT), estarão à disposição da população em locais estratégicos. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) divulgou em entrevista coletiva à imprensa, nesta quinta-feira (28), o plano de operação para o Carnaval 2019.

Mergulhadores e guarda-vidas atuarão em postos distribuídos nas praias da Redinha, Praia do Forte, Praia do Meio, Praia dos Artistas, Praia de Areia Preta, Ponta Negra, Búzios, Camurupim, Praia da Barra (Tibau do Sul), Praia do Amor (Tibau do Sul), Emanuelas e Ceará (Tibau). O objetivo é desenvolver ações de prevenção, fiscalização, orientação e resgate nas diversas praias do litoral potiguar.

O 1º Grupamento Bombeiro Militar, que atua na área de prevenção e combate a incêndio na Grande Natal e cidades vizinhas, atuará com postos avançados durante as festividades do Carnaval visando reduzir o tempo resposta às possíveis ocorrências que surgirem no período.

O Serviço de Atividades Técnicas (SAT) contará com militares que atuarão nas ações de vistorias de carnaval de eventos temporários em 38 municípios do Rio Grande do Norte.

“Estamos prontos e focados na missão de garantir um Carnaval com segurança aos potiguares e turistas”, disse o comandante-geral do CBMRN, coronel Monteiro Júnior.

03 de janeiro de 2019 às 10:39

Novos secretários de Segurança do RN tomam posse

 
Com vasta experiência e atuação na área, o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva e o delegado Osmir de Oliveira Monte foram empossados, nesta quarta-feira (2), respectivamente, como secretário e secretário-adjunto da Segurança do Rio Grande do Norte.
Aos 54 anos, coronel Francisco Araújo faz parte do quadro da Reserva da Polícia Militar. Natural de São Bento do Trairi/RN, integrou a Operação de Manutenção de Paz das Nações Unidas em Moçambique – ONUMOZ no ano de 1994, participou do Planejamento e Execução das Atividades de Segurança dos Jogos da Copa da FIFA – 2014, foi comandante-geral da Polícia Militar e Presidente do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil, para a Região Nordeste, de 2010 a 2014. Antes de assumir a titularidade da Sesed, exercia a chefia do Gabinete de Segurança Institucional da Assembleia Legislativa.
Ele é graduado em Segurança Pública na Polícia Militar de Pernambuco; licenciado em Administração Superior e Graduado em Ciências Policiais nos Carabineiros do Chile; licenciado em Letras pela UFRN; pós-graduado em Ciência Política pela Universidade do Chile; especialista em Segurança Pública e Cidadania pela UERN; especialista em Analise Internacional pela UFRJ; e especialista em Gestão Pública pela Escola da Assembleia Legislativa.
Também é possuidor do Curso de Infantaria no Exército Brasileiro – NPOR; do Curso de Observador Policial para Missões de Paz das Nações Unidas no Corpo Nacional de Polícia na Espanha; e do Curso Superior de Inteligência Estratégica na Escola Superior de Guerra.
Secretário-adjunto
Nomeado delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte em 1985, Osmir de Oliveira foi titular, em Natal, das seguintes delegacias: 4ª, 6ª, 7ª, 8ª, 10ª, 11ª, 12ª e 13ª. Além disso, já exerceu exerceu os cargos de diretor da Diretoria de Polícia do interior, diretor de Polícia de Natal e Grande Natal, diretor de ensino da Academia de Polícia Civil e respondeu interinamente pela Delegacia Geral de Polícia Civil.
Também teve atuação na Delegacia Especializada em Defesa do Patrimônio Público e da Delegacia de Furtos e Roubos, Tóxico e Menores em Mossoró.