Marca Maxmeio

Notícias

Maio é tempo de celebração da maternidade com o eterno espírito infantil e a Cidade da Criança abriga um evento voltado àquelas que dedicam a vida ´para cuidar dos filhos com muito amor. Neste sábado (13) será realizado a partir das 14h o “Cidade das Mães”, que apresenta uma programação especial que reúne arte, saúde e ecologia.

A ação é promovida pela Fundação José Augusto, através do Centro de Promoções Culturais.

Feira orgânica

A partir do início da tarde está programada uma feirinha com produtos orgânicos e saudáveis destinados ás mães e filhos que frequentam o parque. Participam o Goodi Colares Mordedores,  Oficina dos Pães – Pães Artesanais,  Idéias e Arte Artesanato, Jô Artes e Ateliê,5. Club dos Laços , Kinacor Menino Sabido Brinquedos Educativos, Ludus, AlêDinDin,. Fabiola Dias Doceria Gourmet, Vivá Biocosméticos,  Cozinha da Índia, Rota Tribal, Ateliê Fios e Modas, Tapí Comida Saudável, Pão de Mel Artesanal, Mariana Flor Artes e Artefatos, Pandai Pratas, Mimos de Princesa e Mini Bee. Haverá exposição também de comida  vegana e vegetariana e de alimentos sem lactose.

Meditação

O “Cidade das Mães” abre espaço para as terapias voltadas á saúde e bem estar com a prática do Mindfulness , traduzido para o português como “Atenção Plena” ou “Consciência Plena. Apresentado pela terapeuta Rízia Vargas.

Trata-se, uma característica da mente, que pode ser treinada e aperfeiçoada por técnicas, exercícios e treinamentos mentais, dos quais, a meditação é a forma mais utilizada em todo o mundo para se obter essa característica, devido às inúmeras pesquisas científicas realizadas nas melhores universidades de todo o mundo.

Espetáculo circense

O evento será encerrado em frente a igrejinha da Cidade da Criança com a apresentação do    espetáculo potiguar ‘Cambalhotas’, da Base de Experimento do Grupo de Teatro Eureka, que resgata  a arte circense e ao teatro de rua.

O espetáculo utiliza de elementos da cultura popular – coco de roda, cortejo, cantigas de roda, etc. E um dos personagens leva o nome de “Palhaço Facilita”, em homenagem ao artista circense, que há 39 anos leva alegria para a população potiguar, e tem feito parte da infância de várias gerações. O projeto foi aprovado pelo Fundo de Incentivo a Cultura 2015 – FIC, e vem circulando pelas quatro zonas da cidade potiguar, levando a magia e a alegria do circo.

 

 


Assessoria de Imprensa – FJA
Moisés de Lima

Oficinateatral

 

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte), promove a partir do dia 24 de maio uma série de palestras e oficinas dentro do Programa de Formação Teatral, elaborado pela equipe de Artes Cênicas da Secult para o segmento do teatro na cidade. Grandes nomes do cenário nacional estarão em Natal ministrando seis palestras (uma por mês) totalmente grátis.

Trata-se de uma ação planejada para atender as diversas demandas da classe artística. Nos meses de maio, junho e julho, o número de vagas para cada oficina é de 20. E nos demais meses são 25 vagas ofertadas. As oficinas são ministradas na própria sede da Secretaria de Cultura de Natal (avenida Câmara Cascudo, Cidade Alta).

A ficha de inscrição deve ser solicitada pelo email funcarteteatro@gmail.com. É necessário estar atento ao período de matrículas e inscrições. As vagas passam pela seleção da equipe da Secult/Funcarte que avalia a experiência e perfil dos candidatos. “São oficinas e cursos específicos do fazer teatral, por isso haverá seleção para valorizar as vagas oferecidas”, comentou a atriz e diretora de Teatro da Secult, Quitéria Kelly.

As oficinas a serem oferecidas neste Programa de Formação Teatral são as seguintes: ‘Iniciação à iluminação cênica’, com Aurélio de Simoni (RJ). Em junho chega a oficina ‘E o palhaço, o que é?’, que terá como professor Ésio Magalhães. Em julho tem oficina de ‘Resistência vocal e corporal’, com Babaya Morais comandando as aulas. Em agosto tem ‘Direção teatral’ com Sérgio Carvalho.

Na sequência (agosto) tem ‘Um teatro pós-desmanche’ com José Fernando Azevedo e em setembro a oficina ‘Do registro à memória’,  que será ministrada por Marcelo Flecha.

A oficina de maio terá o carioca Aurélio de Simoni, com mais de 40 anos de carreira e que já realizou mais de mil trabalhos nas áreas de teatro, ópera, dança, shows e feiras. Entre os destaques estão “as Lágrimas Amargas de Petra Von Kantz”, “O Carteiro e o Poeta”, “O Avarento”, “CONDUZINDO MISS DAISY”, “A ALMA IMORAL”, “O FILHO ETERNO” e tantos outros.

 

 

Programa de Formação Teatral

Realização: Prefeitura do Natal (Secult/Funcarte)

Inscrições: funcarteteatro@gmail.com

Informações: 3232-4956

Para entrevistas: Quitéria Kelly: 99990-8679

 

 


Assessoria de Imprensa da Secult/Funcarte
Dionísio Outeda

 

Ballet_3733

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte), promove nesta quinta-feira (11), no auditório do CEMURE, o espetáculo “Uma Festa para Natal”, em homenagem ao Dia Internacional da Dança (29 de abril) e em comemoração ao Dia das Mães. O espetáculo começa às 14h30 e a entrada é franca. A produção do espetáculo é do coreógrafo e diretor Dimas Carlos, Chefe do Núcleo de Dança da Secretaria de Cultura com participação dos alunos e professores da Escola de Ballet Professor Roosevelt Pimenta.

 

Espetáculo: Uma Festa Para Natal

Realização: Prefeitura do Natal (Secult/Funcarte)

Local: Auditório do CEMURE (avenida Coronel Estevam, 3705, Nazaré)

Data: Quinta-feira, às 14h30

Entrada franca

Informações: 3232-4956

 


Assessoria de Imprensa da Secult/Funcarte
Dionísio Outeda

IMG_1552

Por proposição do deputado Fernando Mineiro (PT), a Assembleia Legislativa vai promover audiência pública na próxima quinta-feira (11), às 15h, para discutir os festejos, quadrilhas juninas e a cultura no Rio Grande do Norte. O parlamentar explica que o debate visa propor políticas públicas de apoio às tradições juninas.

“A audiência será a oportunidade para debater e sugerir ações na área da Cultura, voltadas para os festejos juninos, refletindo sobre a tradição cultural do Estado e do Nordeste e seus efeitos na economia local, bem como mobilizações e envolvimento de vários setores da sociedade com o tema”, justifica Mineiro.

Para compor o debate, foram convidados pela Casa Legislativa representantes da Fundação José Augusto (FJA), Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE), Liga das Quadrilhas Juninas do RN (LIQUAJUTERN), União Nordestina de Entidades Juninas (UNEJ), Secretaria de Cultura de São Gonçalo do Amarante e sociedade civil.

Festas Juninas no Nordeste

Embora sejam comemoradas em todo Brasil, na região Nordeste as festas juninas ganham grande expressão. O mês de junho é o momento de prestar homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Por ser uma região afetada periodicamente pela seca, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.

As festas representam também um importante momento econômico, movimentando o turismo local. Hotéis, comércios e clubes aumentam os lucros e geram empregos nos municípios. Embora a maioria dos visitantes sejam brasileiros, é cada vez mais comum encontrarmos turistas europeus, asiáticos e norte-americanos que chegam ao Brasil para acompanhar os festejos juninos.

Memória

A Assembleia do Rio Grande do Norte está atenta ao assunto. Por meio de uma lei de iniciativa do deputado George Soares (PR), sancionada pelo Executivo Estadual em 2013, a festa de São João do município do Assu, no Oeste potiguar, foi reconhecida como patrimônio cultural, imaterial e histórico do Rio Grande do Norte. No ano passado, outras duas festas juninas do interior do Estado foram agraciadas com o título: a Festa de Santa Luzia, em Mossoró, por propositura da deputada Larissa Rosado (PSB); e a Festa de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, proposta pelo deputado Tomba Farias (PSB).

Dentre outras vantagens, o título possibilita a obtenção de benefícios de políticas públicas, buscando assegurar a preservação e manutenção da festividade.

 

17032013-IMG_0159

A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, vai promover no dia 13 de maio (sábado), das 9h às 13h, mais uma edição do Projeto “Conselho Itinerante”, em conjunto com o Projeto Energia com Cidadania. A iniciativa leva ao mesmo tempo ações de Eficiência Energética e o Conselho de Consumidores da Distribuidora ao encontro dos clientes.

Nesta edição, a comunidade contemplada será o bairro de Mãe Luiza, na Zona Oeste de Natal, e vai se instalar na Casa Paroquial (Av. João XXIII, S/N).

Durante a ação, serão realizados atendimentos presenciais, oferecidos esclarecimentos ao consumidor sobre os serviços oferecidos pela distribuidora e orientações sobre o uso seguro e eficiente de energia elétrica, além da doação e troca de lâmpadas incandescentes / halógenas por lâmpadas LED, para os  consumidores que atenderem  os pré-requisitos do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela ANEEL, abaixo descritos:

As lâmpadas LED distribuídas na ação consomem, em média, 30% menos energia elétrica e possuem vida útil três vezes superior às lâmpadas fluorescentes compactas.

Além das lâmpadas LED, serão distribuídos kits educativos e cartilhas informativas com orientações sobre o uso seguro e eficiente da energia elétrica e iluminação pública. Os consumidores que atenderem aos critérios estabelecidos pelo governo federal para inscrição na Tarifa Social de Energia Elétrica poderão atualizar seu cadastro, o qual possibilita descontos na conta de luz.

Critérios para recebimento  de Lâmpadas   LED

 

Doação de lâmpadas:

  • Estar cadastrado na TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica) ou ser cliente residencial morador de comunidade popular(*);
  • Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, receberá três lâmpadas LED;
  • Caso nos últimos seis anos o consumidor já tenha recebido um total de oito lâmpadas LED doadas pela COSERN, em uma mesma conta contrato,  ele não  poderá ser beneficiado novamente.

Documentos Necessários:

  • Conta de energia do último mês paga;
  • Documentos pessoais (RG e CPF).

 

 

Critérios para troca de Lâmpadas Incandescentes ou Halógenas por LED

 

Troca de Lâmpadas:

  • Ser cliente residencial;
  • Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, poderá trocar até 5 ( cinco) lâmpadas incandescentes  ou halógenas, de no  mínimo 40W, por um modelo LED com selo PROCEL;

 

Documentos Necessários:

  • Conta de energia do último mês;
  • Documentos pessoais (RG e CPF).

 

(*) Entende-se por comunidade popular ou de baixa renda, os bairros com renda média mensal per capita até R$794,66, com base nos dados do Censo Demográfico do IBGE 2010.

Eficiência Energética

A Cosern sugere algumas recomendações importantes para consumir energia elétrica de forma eficiente:

Chuveiro elétrico: usar na posição menos quente (verão), o que poderá proporcionar uma economia média de 30% no consumo;

Geladeira e freezer: verificar periodicamente o estado das borrachas de vedação;

Ar-condicionado: adquirir os modelos que possuem o Selo Procel de economia e limpar sempre os filtros;

Máquina de lavar e ferro elétrico: juntar o máximo de roupas para lavar e passar de uma só vez.

 

SAIBA MAIS:

O Conselho de Consumidores da Cosern é um órgão de caráter consultivo que tem como objetivo defender os interesses coletivos dos consumidores de energia elétrica. O CCC desenvolve atividades no sentido de orientar e analisar questões ligadas ao fornecimento de energia elétrica, tarifas e adequação dos serviços prestados pela concessionária. A cada dois meses, os representantes do Conselho se reúnem para discutir questões ligadas direta ou indiretamente ao uso da energia elétrica e serviços prestados pela Cosern nos 167 municípios do Rio Grande do Norte, sua área de concessão.

Para estreitar a relação com os clientes, a Cosern disponibilizou uma página especial (Conselho de Consumidores) dentro do site www.cosern.com.br

Também é possível entrar em contato com o CCC no e-mail: conselhodeconsumidores.cosern@neoenergia.

SERVIÇO:

Conselho de Consumidores e Projeto Energia com Cidadania, da Cosern

Sábado (13), das 9h às 13h, Casa Paroquial (Av. João XXIII, S/N), Mãe Luiza

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), em parceria com Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), por meio da campanha “Piscina + Segura”, reforça o alerta para a prevenção de afogamentos, em especial o de crianças. Neste final de semana, uma criança se afogou em uma piscina em um condomínio localizado em Natal. A criança foi socorrida e passa bem.

A ideia da Campanha é que, com cinco medidas simples, os índice de afogamento em piscinas possam ser reduzidos. No Brasil, o afogamento é a segunda causa de morte em crianças de um a nove anos de idade e a terceira entre 10 e 19 anos. A Campanha Piscina Mais Segura foi criada com o objetivo de aumentar a segurança em piscinas e assim reduzir o número óbitos e incidentes, uma vez que elas são responsáveis por 53% de todos os casos de óbitos por afogamento na faixa de um a nove anos de idade.

O capitão Natanael Avelino, comandante do Grupamento de Busca e Salvamento, explica que a Campanha + Segura pretende conscientizar os pais sobre a necessidade de garantir a segurança dos filhos em piscinas públicas e residenciais. “As piscinas são a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos no Brasil. É como se, a cada quatro dias, uma criança morresse afogada. No verão, o intervalo cai para dois dias. O objetivo é vacinar as piscinas contra o afogamento”, alerta o capitão Avelino.

Segundo ele, o número de afogamentos é mais alto nas praias, mas não se pode subestimar os riscos nas piscinas. “Na praia, as pessoas tomam muito mais cuidado com os filhos. E os guarda-vidas são qualificados, o que não acontece em todas as piscinas. Com cinco medidas simples, pode-se evitar 95% dos afogamentos”, garante. O afogamento em piscinas ocorre, na maioria das vezes, de forma inesperada, sempre em situações de lazer e pouquíssimos cogitam a sua possibilidade trágica.

No Rio Grande do Norte, ainda não há piscina que possua a certificação de “Piscina + Segura”. “Não existe legislação que obrigue a certificação dessas piscinas, mas são medidas simples que podem salvar vidas”. Após atender os cinco passos, o proprietário da piscina pode solicitar uma vistoria do Corpo de Bombeiros Militar e de representantes da Sobrasa que forneceram o Selo Piscina + Segura. “Essa é uma ação que será reforçada agora no veraneio, mas que deve ser permanente”.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), quatro crianças até 14 anos morrem afogadas diariamente no Brasil. As estatísticas mostram que 65% dos afogamentos ocorrem ao redor do domicilio e 50% das crianças que morreram afogadas foram vistas minutos antes circulando dentro ou ao redor de casa. O Corpo de Bombeiros alerta a população para ter cuidado ao entrar em lagoas, cachoeiras, piscina e rio. “O cuidado com as crianças deve ser algo coletivo, a sociedade tem que ajudar a zelar pelos pequenos. Um minuto de distração pode provocar uma tragédia”.

A prevenção deve ser constante inclusive no caso de piscinas próprias para crianças. É um erro imaginar que é necessário um grande volume de água para que haja o afogamento. Uma quantidade pequena de água pode ser a causa de afogamento, pois geralmente ele acontece muito rápido e de forma silenciosa. Em caso de emergência, acione o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193.

 

Cinco passos para garantir a diversão

Atenção

Preste sempre atenção aos seus filhos na piscina e mantenha-os à distância de um braço, mesmo com a presença de um guarda-vidas.

 

Guarda-vidas

Cobre a presença permanente de um guarda-vidas em piscinas coletivas. Embora a profissão ainda não seja reconhecida, há requisitos mínimos que podem ser exigidos do profissional, como cursos de prevenção e socorro aquático.

 

Urgência ao agir

Aprenda como agir em emergências aquáticas. Se não souber nadar, não tente salvar a criança. O uso de cilindro de oxigênio é restrito ao guarda-vidas e deve estar em local visível e à disposição na área da piscina.

 

Acesso restrito

Restrinja a presença de crianças em piscinas residenciais com o uso de grades ou cercas, instaladas a uma altura que as impeça de entrarem na área sem estarem acompanhadas de um adulto.

 

Sucção controlada

Use ralos antissucção e meios de interrupção da bomba da piscina. Para clubes, hotéis e condomínios, a orientação da Sobrasa é adotar sempre ralos antiaprisionamento e um sistema de desligamento da bomba.

 

Alguns números sobre mortes em piscina

90% dos óbitos por afogamento ocorrem em água doce (piscinas, parques aquáticos, represas e rios)

53% dos afogamentos de crianças entre 1 e 9 anos ocorrem em piscinas

2º lugar é a posição que o afogamento em piscinas ocupa no ranking dos óbitos de crianças brasileiras entre 1 e 9 anos

95% dos casos poderiam ser evitados, segundo a Sobrasa, se os pais seguissem os cinco passos que a associação propõe.
Corpo de Bombeiros do RN reforça alerta para prevenção de afogamentos de crianças.jpg

 

A Feira de Artes e Antiguidades de Petrópolis está de volta com programação cultural definida para o mês de maio. O evento será realizado entre os dias 19 e 21, na Praça das Flores, no bairro de Petrópolis. Com a proposta de enaltecer e democratizar o acesso à cultura a partir da valorização do artista da terra, o fim de semana de atividades da Feira será marcado por apresentações musicais de artistas locais.

A programação oficial da 42° edição da Feira de Artes será iniciada com um show muito animado e recheado de regionalismo com a banda As Nordestinas. A apresentação acontece na sexta-feira (19) no horário das 20h às 22h. No sábado (20) é a vez da cantora Debinha embalar o público do evento com sua voz marcante e repertório dançante. O show está previsto para iniciar às 19h30 seguindo até às 22h.

Já no domingo (21) a banda Xeqmate sobe ao palco da Feira de Artes, das 18h às 21h, encerrando a programação do evento com chave de ouro. Durante os três dias de evento o músico Danilo Costa é quem abre o show para as demais atrações. Com programação inteiramente gratuita, o evento começa sempre às 16h e segue até às 22h.

Na ocasião os natalenses também poderão adquirir peças de artesanato, artes plásticas, antiguidades, plantas ornamentais, produtos e flores orgânicas, diretamente das mãos dos produtores, garantindo assim um preço mais justo e diferenciado ao passo em que contribuem para o desenvolvimento da economia local.

SERVIÇO – Feira de Artes & Antiguidades de Petrópolis
Período: 19 a 21 de Maio de 2017
Horário: 16 às 22H
Local: Praça das Flores/ Petrópolis

Já está em andamento o projeto da TV Santa Rita, que é comandada pelo núcleo da Pastoral da Comunicação de Santa Cruz. A TV ainda tem caráter experimental e funciona na plataforma web. O projeto é de transforma em um dos principais veículos de comunicação de Santa Cruz e do Trairi, com informações e foco voltado para a religião católica local.

Através do Facebook, Youtube, Instagram e outras plataformas virtuais, a Paróquia de Santa Rita de Cássia, de Santa Cruz, irá transmitir o novenário, programação cultural, entrevistas, missas, outras celebrações e a procissão do dia 22 de Maio. O coordenador geral da PASCOM, Cosme Bezerra, acredita que é a maior inovação na comunicação regional. “Nunca antes tivemos uma inovação como esta. A TV Santa Rita é sem dúvida um dos melhores projetos que a PASCOM implementará este ano”, disse.

O diretor da TV, que é o coordenador de estratégias e jornalismo da PASCOM Santa Cruz, Wallace Azevedo, informou que já foram realizadas duas formações para os agentes, além do investimento para equipamentos e estrutura da TV. “Nós já temos uma central pronta para operar, além de equipamentos de ponta para uma transmissão bem profissional e que possibilita ao internauta imagens e som de qualidade de cada noite do novenário. A programação cultural também será transmitida, e, sem dúvida, a melhor novidade é transmitir a procissão de Santa Rita”, explicou Wallace.

A TV Santa Rita vai transmitir as imagens através do facebook, na página da Paróquia (www.facebook.com/paroquiasantaritarn), no youtube (www.youtube.com/channel/UCMShqjY_77CzoyYn7tOFWLA), pelo site oficial (paroquiasantaritarn.com.br), além de outros blogs parceiros que serão divulgados ao longo da programação.

_MG_2431

O Aquário de Natal, localizado na Praia da Redinha, no trecho conhecido como Redinha Nova, já na saída para Jenipabu, possui dezenas espécies de animais, como tubarão, moreias, peixes de corais, cavalos marinhos, além de jacarés, hipopótamo, pingüins, pirarucu, entre outros inclusive “sereias”. Entre as atrações do aquário está o tanque de toque de tubarões, onde os visitantes podem passar as mãos nas costas dos tubarões. Há também um espaço de 110 m2, onde os pinguins brincam, nada e se aproxima das pessoas. O Aquário Natal dispõe de lanchonete e loja. A lanchonete oferece um cardápio variado de sanduiches e sucos e a tradicional tapioca recheada e na loja, podem ser encontrados artigos para presentes e artesanato.

Endereço:
Av. Litorânea, 1091, Redinha – Extremoz 0
Telefone: +55 (84) 3224-2177
http://www.aquarionatal.com.br/

_MG_2412

O Alecrim, um dos mais célebres e afortunados bairros da capital potiguar, está ainda mais rico. Há alguns meses nasceu na Avenida dos Canindés, a antiga Av. 6, o mais novo empreendimento comercial e cultural da capital potiguar. É o Restaurante Alecrim, que trouxe com ele o Espaço Palco Alecrim – local de resgate da memória e dos valores artísticos da região.

De segunda a sábado, o restaurante abre para almoço self service com comida de qualidade e preço popular. O prato, sem balança, custa R$ 10,99. Já aos sábados, é a boa música que toma conta do lugar. Além do cardápio da semana, a casa ainda oferece uma deliciosa feijoada ao mesmo preço do almoço. E os visitantes ainda têm o privilégio de conhecer a história do bairro e das pessoas que fazem do Alecrim um local singular.

“A proposta é exatamente essa. Queremos valorizar o que é nosso, resgatar a cultura local, dar o devido reconhecimento aos artistas que aqui surgiram, premiar as pessoas que fizeram e fazem a história do Alecrim”, ressaltou o advogado e professor de Direito Penal Heráclito Noé, um dos sócios do estabelecimento. Filho de Heráclito e também sócio, o empresário Victor Noé destaca a estrutura do ambiente: “O Espaço Palco Alecrim é um local diferenciado. É acolhedor, aconchegante, totalmente climatizado. Ideal para confraternizações, eventos, até mesmo para um happy hour após um dia cansativo de trabalho”.

O restaurante, que funciona no térreo, abre às 10h45 e funciona até as 16h. O Espaço Palco Alecrim, que fica no piso superior, também abre a partir das 10h45. O diferencial do local é o sábado, quando tem música ao vivo de 13h às 22h. Também é no Palco que a cultura renasce e histórias de sucesso são devidamente reconhecidas.

 

Serviço:
Restaurante Alecrim/Espaço Palco Alecrim
Fica na Av. dos Canindés (antiga Av. 6), nº 1406 (entre as avenidas 2 e 3)
O restaurante abre de segunda a sábado, de 10h45 às 16h
Já o Palco, somente aos sábados, de 10h45 às 22h (com música ao vivo a partir das 13h).
Telefone:  (84) 2226-4108