Marca Maxmeio

Notícias

Veja mais fotos deste voo em www.csfotojornalismo.net

 

O Prefeito Carlos Eduardo entrega, oficialmente, ao Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte o documento que altera a sua área, aumentando dos atuais 136 ha para 148 ha. A solenidade de anúncio de ampliação da área da Unidade de Conservação do Município de Natal acontecerá nesta segunda-feira (08), às 9 horas, no auditório do Parque da Cidade.

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte está inserido numa Zona de Proteção Ambiental – ZPA 01, uma área de extrema importância para a qualidade de vida dos moradores e visitantes da capital potiguar. A alteração foi publicada por meio de Decreto, no D.O.M. do dia 29 de dezembro de 2017, baseada na Lei Orgânica do Município que estabelece ser a área ampliada, decorrência de doação de bens imóveis localizados no bairro Pitimbu. Com isso, o Horto Pitimbu passará a ser parte integrante do Parque da Cidade e já possui uma trilha natural ligando as duas áreas, aberta à visitação pública mediante agendamento prévio. “A integração do Horto Pitimbu ao Parque da Cidade vai facilitar ainda mais a parceria que já é feita na parte da educação ambiental e do manejo. As nossas próximas metas são finalizar o Plano de Manejo Ambiental e implementar o Conselho Gestor do Parque da Cidade, que já estão sendo elaborados pelos setores competentes”, adianta o gestor do Parque da Cidade, Carlos da Hora.

Em parceria com o Departamento de Gestão de Sistema de Informação Geográfica da Semurb – DGSIG, o Parque da Cidade está fazendo um trabalho de sinalização e delimitação da sua área e também da ZPA-01 por meio de vértices, uma espécie de cercamento georreferenciado, com latitude e longitude, que vai servir para delimitar toda a área de proteção ambiental, onde o Parque está inserido e isso vai evitar possíveis invasões. Recentemente o Parque da Cidade foi alvo de invasões com construções irregulares e que foram derrubadas pela equipe de fiscalização urbana e ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo. A sinalização, colocada em toda a extensão da Zona de Proteção Ambiental, vai alertar que aquela é uma área ambiental, protegida por lei e que não é permitido construir ou devastar. “O Parque da Cidade está sinalizando, por meio de placas, toda a área do Parque e também da ZPA-01, destacando a lei ambiental para evitar invasões e construções ilegais. Portanto, quem invadir, já está sabendo que vai responder pelo crime e a população pode colaborar denunciando pelo telefone 3232-3028, que está inscrito na placa”, explica o chefe do Setor de Manejo Ambiental do Parque da Cidade, Uilton Campos.

Os vértices darão condições de fazer o alinhamento para saber o que está dentro ou não da área do Parque da Cidade. Este trabalho é pioneiro no Município de Natal e o Parque da Cidade passa a ser a primeira Unidade de Conservação com o sistema de “Cercamento Virtual”, que poderá ser acessada na internet e, em breve, estará disponível na página da Prefeitura de Natal com todas as informações coletadas durante o processo de georreferenciamento. “O georreferenciamento vai facilitar muito o trabalho da gestão municipal de saber a delimitação da sua área pública, fazer o monitoramento e evitar invasões ou ocupações ilegais. Vamos fazer esse trabalho não só no Parque da Cidade, mas também em toda ZPA -01 e depois iremos implantar nas outras ZPA´s da capital potiguar”, explica o diretor do DPSIG, Reginaldo Vasconcelos.

Arquitetado por Oscar Niemeyer, o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte foi inaugurado pelo prefeito Carlos Eduardo no ano de 2008, passou um período fechado na gestão sucessora e foi reaberto em 2014, quando ele retomou a gestão da capital Potiguar. A Unidade de Conservação liga as áreas administrativas Sul e Oeste, com duas entradas e funciona diariamente, das 5h às 18h, inclusive sábados, domingos e feriados. Os telefones para informações e agendamentos são os 3232-3028/3232-3207/3232-3074.


Vilma Lúcia
Assessoria de Imprensa do Parque da Cidade

 

 

O governador Robinson Faria reuniu nesta quarta (03), na Governadoria, os presidentes dos Poderes e do Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público Estadual e ainda o Ministério Público Federal, o vice-governador Fábio Dantas, o deputado federal Fábio Faria e equipe de secretários, para discutir medidas para a superação da crise e reequilíbrio financeiro das contas do Rio Grande do Norte.

 

O governador apresentou aos poderes as iniciativas que o Governo do RN vem adotando para o reequilíbrio fiscal do tesouro estadual e o quadro de austeridade no controle dos gastos com custeio e investimentos, controlados desde 2015.

 

Por outro lado, mostrou também o crescimento exponencial dos gastos com a previdência estadual, que aumentaram 78% nos últimos três anos, e discutiu medidas para o enfrentamento do déficit apontado.

 

Participaram da reunião o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira; do Tribunal de Justiça, Expedito Ferreira; do Tribunal de Contas do Estado, Gilberto Jales; além dos procuradores-gerais do MPE, Eudo Leite, e do MPF, Caroline Maciel. O deputado estadual José Dias também esteve presente.

 

O Governo do RN pediu apoio para a aprovação de projetos de lei que já estão na Assembleia Legislativa e que são fundamentais para o ajuste das contas, entre eles o novo regime fiscal, a previdência complementar, o aumento das alíquotas da Previdência. E ainda, de projetos que serão encaminhando como o da alienação de ativos, dentre outros.

 

Com os projetos e outras iniciativas conjuntas, o esforço deverá adequar o Estado, o mais rápido possível, ao limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

Robinson explicou que o Governo mantém tratativas com o Tesouro Nacional para aderir ao Regime de Recuperação Fiscal do Governo Federal e que permanece pleiteando recursos federais para equilibrar as finanças em curto prazo, tendo como principal objetivo a regularização do pagamento dos servidores públicos estaduais.

 

Ele relatou que técnicos do Tesouro já estiveram no RN levantando informações sobre as finanças e que retornarão ao Estado no próximo dia 25, para dar andamento aos entendimentos.

Com a cidade repleta de turistas, o prefeito Carlos Eduardo se reuniu nesta terça-feira (02) com auxiliares e secretários municipais cujas pastas integram a Operação Verão, realizada desde o dia 08 de dezembro na orla da capital potiguar. Na reunião, além da apresentação de um balanço das ações já desenvolvidas, chegou-se à conclusão de que há necessidade de reforçar as atividades, em função da demanda da alta estação.

Coordenada pela Secretaria Municipal de Turismo, a Operação Verão atua na fiscalização da área da Praia de Ponta Negra, no combate ao comércio clandestino, e também com ações de limpeza, pintura, manutenção dos banheiros públicos, reparos estruturais, patrulhamento por parte da Guarda Municipal e diversas outras iniciativas para manter o processo de ordenamento da orla de Natal. O quiosque 6 é base de trabalho das equipes envolvidas, como também de informações e suporte aos turistas.

Com o alto número de turistas que visitam nossa cidade no período de alta estação, o prefeito Carlos Eduardo destacou o compromisso de deixar a orla da cidade ordenada para que natalenses e turistas aproveitem a nossa cidade. “A Prefeitura está trabalhando com uma equipe integrada para solucionar as demandas que surgem da Operação Verão”, explicou o prefeito.

Participam da operação as secretarias municipais de Turismo, Serviços Urbanos, Meio Ambiente e Urbanismo, Obras, Mobilidade Urbana, Gabinete Civil, Trabalho e Assistência Social, Urbana, Guarda Municipal e Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município do Natal (Arsban).


Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

A Prefeitura do Natal inicia o pagamento dos salários do funcionalismo municipal referente ao mês de dezembro. Recebem os vencimentos nesta quarta-feira os servidores do Instituto de Previdência Social do Município (NatalPrev); da Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico (Arsban); todo o magistério e uma parcela de funcionários da administração direta.

 

Com isso, o executivo municipal chega ao primeiro dia útil do mês pagando a 13.961 funcionários ativos, inativos e pensionistas, alcançando 68% da folha.

A administração continuará monitorando o movimento das receitas para concluir o pagamento dos salários o quanto antes. O pagamento da folha é prioridade para a gestão do Município.

 


Secretaria Municipal de Comunicação

Ao todo, foram 380 ações, entre rondas e patrulhamentos; durante a virada do ano, cerca de 100 viaturas se encontravam nas ruas do estado – em quatro dias, homicídios caíram de dezoito para um

Em relatório divulgado nesta segunda-feira 1º, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, constatou que houve uma “queda vertical” nos delitos praticados no Rio Grande do Norte desde que as Forças Armadas chegaram para socorrer o estado, que desde o dia 19 de dezembro não é mais protegido por policiais militares, civis e bombeiros.

O ministro, revelando os resultados da Operação Potiguar III, explicou que houve um decréscimo de assassinatos no estado desde a última sexta-feira 29, quando foram registrados 18 homicídios – número, este, que caiu para 11 no dia seguinte, dois no último dia de 2017, e apenas um nesta segunda-feira. Outros crimes, como arrombamentos também registraram queda, de acordo com Jungmann.

Ao todo, foram 380 ações, entre rondas e patrulhamentos. Durante a virada do ano, cerca de 100 viaturas se encontravam nas ruas do estado.

“Considerando as milhares de pessoas que estavam nas ruas, o resultado é excelente. Prometemos trazer tranquilidade e cumprimos. Entregamos tudo o que prometemos”, disse Raul Jungmann, lembrando que esta é a terceira vez que as Forças Armadas precisam intervir no Rio Grande do Norte – algo que, segundo ele, não pode continuar. “Trata-se de uma situação extraordinária e que não pode perdurar. A constituição não permite. Cumpre ao estado restaurar a segurança aos cidadãos”.

Durante seu pronunciamento, o ministro pediu mais uma vez que a força policial potiguar volte às ruas. Ele elogiou aqueles que desistiram da paralisação para se juntar às equipes das Forças Armadas e prometeu que medidas estão sendo tomadas para que os salários dos servidores da Segurança sejam quitados.

Confira a relação dos outros crimes registrados:

Arrombamentos: 6 (entre 26 e 28 de dezembro); 3 (entre 29 e 31 de dezembro)
Furto: 7 (entre 26 e 28 de dezembro); 9 (entre 29 e 31 de dezembro)
Receptação: 1 (entre 26 e 28 de dezembro); 0 (entre 29 e 31 de dezembro)
Roubo: 131 (entre 26 e 28 de dezembro); 100 (entre 29 e 31 de dezembro)

Fonte:
Portal Agora RN

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, desembarcou neste sábado, 31,  em Mossoró, para acompanhar o trabalho de militares do Exército nas ruas da Cidade.

Jungmann foi recepcionado pela vice-prefeita Nayara Gadelha (PP) e o secretário municipal de Segurança, general da reserva Eliéser Girão, no Ginásio Pedro Ciarlini, que está servindo de quartel das provas.

Os homens do Exército,  desembarcaram em Mossoró no início da tarde deste sábado (30) para realizar o trabalho de patrulhamento nas ruas da cidade. A operação vai suprir a ausências dos policiais militares, que há quase duas semanas estão aquartelados, em protesto ao atraso de salário. Nesse período, a violência avançou no Rio Grande do Norte, principalmente em Natal e Mossoró.

O número de homens que farão a segurança em Mossoró não foi revelado, mas é o suficiente para garantir o trabalho ostensivo, segundo informação do comando da operação.

A operação  permanecerá acontecendo em Mossoró e Natal até o dia 12 de janeiro, conforme decreto assinado pelo presidente Michel Temer.

A atuação das tropas federais em Mossoró foi solicitada pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), uma vez que o Governo do Estado havia pedido apenas para Natal e região metropolitana.

O Governo do Estado, em decreto publicado na edição deste sábado do Diário Oficial do Estado, transferiu o controle da segurança pública para o Exército. E nomeou como comandante o general de brigada Ridauto Lúcio Fernandes (VEJA AQUI).

O comando está concentrado em Natal, tropas federais desembarcaram no início da noite desta sexta-feira (29). O Ministério da Justiça enviou mais de 2 mil homens para restabelecer a ordem e a segurança no Rio Grande do Norte.

Fonte:
http://defato.com/seguranca/72341/ministro-da-defesa-chega-a-mossor-para-acompanhar-trabalho-das-tropas

A virada do ano no Rio Grande do Norte será tranquila”, declarou neste sábado (30), em Natal, o ministro Raul Jungmann. Em pronunciamento durante a do início da Operação Potiguar III, para garantia da lei e da ordem no estado, o ministro afirmou que um total de 2800 homens das Forças Armadas estarão no estado até o final do dia. Militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica começaram a atuar nas ruas da capital potiguar nesta sexta-feira (29). Apesar disso, a noite foi violtenta na capital.

Leia mais em www./g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/ministerio-da-defesa-envia-28-mil-militares-ao-rn.ghtml