Marca Maxmeio

Notícias

A Marinha do Brasil abriu as inscrições para o concurso do Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA), que oferta 30 vagas para candidatos com nível médio técnico completo. O curso forma submarinistas, com rendimentos de mais de R$ 5 mil após o período de especialização.

As inscrições vão até 11 de julho e podem ser realizadas no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou presencialmente, nos endereços listados no edital. Na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval, as inscrições podem ser realizadas: em Natal-RN, no Comando do 3º Distrito Naval; em Recife-PE, na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco; e em Fortaleza-CE, na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará.

A taxa de inscrião é de R$ 74, tendo direito a pedido de isenção os candidatos pertencentes a família com renda inferior ou igual a meio salário-mínimo e que sejam registrados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, ou que sejam doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Para concorrer, é preciso ser brasileiro nato ou naturalizado do sexo masculino, ter 18 anos completos e menos de 25 no dia 1° de janeiro de 2020, possuir ensino médio técnico completo na área a que concorre, estar registrado no órgão fiscalizador da profissão e estar em dia com as obrigações civis e militares.

Das 30 vagas, 14 são para a área de Eletroeletrônica – titulações em Automação Industrial, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica e Mecatrônica – e 16 para Mecânica – titulações em Manutenção Automotiva, Manutenção de Máquinas Industriais, Manutenção de Máquinas Navais, Manutenção de Máquinas Pesadas, Mecânica, Mecânica de Precisão, Mecatrônica e Refrigeração & Climatização.

Os candidatos realizarão Prova Objetiva de conhecimentos profissionais para cada área técnica e uma Redação. Em seguida, os aprovados na prova objetiva realizarão Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física (nadar a distância de 25 metros em 50 segundos e correr o percurso de 2.400 metros em 16 minutos), Avaliação Psicológica, Verificação de Documentos e Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração.

Os aprovados vão para o Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), localizado no Rio de Janeiro, e estudarão Formação Militar Naval e Compatibilização técnica para a especialização. Ao final, serão graduados Terceiro-Sargento da Marinha recebendo rendimentos de cerca de R$ 4.000,00.

Os alunos que forem aprovados no Curso de Formação de Sargentos serão matriculados no Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças, que terá duração de cerca de 24 semanas no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA). Ao final, serão submarinistas com rendimentos de mais de R$ 5 mil.

Locais de inscrição no Comando do 3º Distrito Naval:

Natal (RN) – Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 3º Distrito Naval – Rua Coronel Flamínio, S/N – Santos Reis – Natal/RN- CEP: 59010-500. Tel: (84) 3216-3117.

Recife (PE) – Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco – Avenida Olinda s/nº – Complexo do Salgadinho – Olinda – PE. CEP: 53010-000. Telefone: (81) 3412-7615.

Fortaleza (CE) – Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará – Avenida Coronel Filomeno Gomes s/nº – Jacarecanga – Fortaleza – CE. CEP: 60010-280. Telefone: (85) 3288-4726.

 

 


Assessoria de Comunicação Social do Comando do 3º Distrito Naval

Foto postado no blog www.canindesoares.com

A Secretaria Municipal de Saúde de Guamaré (SMS) encerrou no dia 31 de maio, a Campanha Nacional de Vacinação que visa prevenir os três tipos de Influenza: Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B, contabilizando um saldo positivo. O município imunizou 98% do público alvo, superando a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde que era de 90%.

“Guamaré ficou também acima da média estadual, que foi 93% nessa campanha”, destacou o Secretário Municipal de Saúde, Fabrício Morais, lembrado que esse excelente resultado só foi possível graças as estratégias de vacinação da Rede de Atenção Básica do município– que consistiu em busca ativa pelo público alvo e ainda com o ‘DIA D’ para incentivar a população a procurar a imunização.

No período da campanha, que se iniciou no dia 15 de abril foi disponibilizado doses da vacina para os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde: Crianças de 6 meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, idosos, professores, profissionais de saúde e portadores de comorbidades e todas as salas de vacinas estiveram abertas.

Ainda de acordo com o balanço da campanha, divulgado em relatório pela Secretaria de Saúde, durante o “DIA D”, realizado em 4 de maio, nos ESF 1 – Centro, ESF 2 – Vila Maria, ESF – Salina da Cruz, ESF 6 – Lagoa Seca e na UBS Porte II de Baixa do Meio, o público recebeu atendimento das 7h às 17h.

Dois meses muito festivos para o povo nordestino que são junho e julho, será o período ideal para realização da primeira temporada do projeto ‘Domingo na Cidade’. A alegria e diversão pedem passagem e invadem a Cidade da Criança a partir deste domingo (09) com uma linda ocupação de atrações culturais que vão animar as famílias potiguares.

 

A cada domingo o projeto irá proporcionar para o público: dança, música, teatro, lazer, gastronomia, saúde e muito mais no único espaço de Natal voltado para a criançada. Sempre à partir das 15h. A programação será gratuita, apenas e a entrada do parque custa R$ 2,00 (dois reais).

 

Neste domingo (9) na primeira edição teremos no anfiteatro aulas de zumba Kids a partir das 15h. As 16h o ‘Circo do Peteca’ entra em cena com muita alegria. Às 17h a dupla Carmem Pradella & Levi Ribeiro animam o público com um super repertório musical. Traga a família pra melhor opção de arte, cultura e lazer da capital potiguar.

 

O projeto ‘Domingo na Cidade’ tem realização da Idearte Produções, com patrocínio da Pulse Academia, Unimed Natal e Prefeitura do Natal através da Lei Djalma Maranhão. Apoio do Governo do RN, Fundação José Augusto e Intertv Cabugi.

 

SERVIÇO

DOMINGO NA CIDADE – TEMPORADA 2019

1ª EDIÇÃO – 09 de Junho, a partir das 15h, na Cidade Criança (Av. Rodrigues Alves, S/N, Tirol)

Acesso ao Parque: R$ 2,00 (Dois reais)

Realização: Idearte Produções

Patrocínio: Prefeitura do Natal, Pulse Academia e Unimed Natal

Apoio cultural: Governo do RN e Fundação José Augusto

Mais informações: www.idearteproducoes.com.br | @idearteproducoes

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte) confirmou nesta terça-feira (4), a programação completa e sequência de apresentações do XXXI Festival de Quadrilhas Juninas da Cidade do Natal, que acontece de 13 a 16 de junho, no estacionamento do ginásio Nélio Dias (Zona Norte de Natal). Serão 25 quadrilhas juninas de diversos bairros de Natal competindo nas categorias “Tradicional”, “Estilizada” e “Cômica”. Eis a sequência de apresentações e horários definidos entre organizadores das quadrilhas e Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura:

 

 

XXXI FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS DA CIDADE DO NATAL

DATA: 13/06/2019 a 16/06/2019

LOCAL: ESTACIONAMENTO DO GINÁSIO NÉLIO DIAS

 

DIA 13 DE JUNHO:

 

1° QUADRILHA GRUPO CULTURAL MATUTA BONITA (TRADICIONAL) 19H

2° QUADRILHA GRUPO CULTURAL BARULHO JUNINO (TRADICIONAL) 19:40H

3° QUADRILHA JUNINA FESTEJA SÃO JOÃO (ESTILIZADA) 20:20

4° QUADRILHA GRUPO JUNINO ENCANTA SÃO JOÃO (TRADICIONAL) 21H

5° QUADRILHA ESTILIZADA GRUPO JUNINO SOL DO NORTE (ESTILIZADA) 21:40

6° QUADRILHA ARRAIAL BEIJO JUNINO (ESTILIZADA) 22:20

 

DIA 14 DE JUNHO:

1° QUADRILHA JUNINA ARRAIÁ ALEGRIA DE VIVER (TRADICIONAL) 19H

2° QUADRILHA FLOR DO CERRADO (TRADICIONAL) 19:40

3° QUADRILHA ARRASTA PÉ DE ARÊZ (ESTILIZADA) 20:20H

4° QUADRILHA PADRE PINÁ (TRADICIONAL) 21H

5° QUADRILHA JUNINA SAI DA FRENTE (TRADICIONAL) 21:40H

6° QUADRILHA GRUPO JUNINO REBULIÇO (TRADICIONAL) 22:20H

 

DIA 15 DE JUNHO:

1° QUADRILHA GRUPO JUNINO ZÉ MATUTO (TRADICIONAL) 19H

2° QUADRILHA ARRAIÁ JEITO MATUTO (TRADICIONAL) 19:40H

3° QUADRILHA GRUPO JUNINO CORAÇÃO MATUTO (TRADICIONAL) 20:20H

4° QUADRILHA JUNINA ARROXONÓ (TRADICIONAL) 21H

5° QUADRILHA ARRAIÁ BRILHO MATUTO (TRADICIONAL) 21:40H

6° QUADRILHA JUNINA REI DO BAIÃO (TRADICIONAL) 22:20H

 

DIA 16 DE JUNHO:

1° QUADRILHA ESTILIZADA EXPLOSÃO JUNINA (ESTILIZADA) 19H

2° QUADRILHA JUNINA ARRAIÁ ARROCHA O MILHO (TRADICIONAL) 19:40H

3° QUADRILHA VICE – VERSA (CÔMICA) 20:20H

4° QUADRILHA JUNINA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ARRAIÁ DANÇA NORDESTE (ESTILIZADA) 21H

5° QUADRILHA MATUTO JUNINA AMOR (TRADICIONAL) 21:40H

6° QUADRILHA JUNINA BOM NA HORA (TRADICIONAL) 22:20H

7° QUADRILHA ESTILIZADA JUNINA SÃO JOÃO (ESTILIZADA) 23H

O presidente da República Jair Messias Bolsonaro assinou na tarde desta terça-feira (4), o decreto presidencial que reconhece o sal como um bem de interesse social. A medida vai garantir a segurança jurídica necessária que atividade precisa, sem que haja perdas para o meio ambiente, nem para os produtores e trabalhadores do setor. O pleito foi uma luta do deputado federal Beto Rosado (Progressistas) junto aos salineiros do Rio Grande do Norte.

 

O parlamentar apresentou em 2017 a indicação Nº 3966, sugerindo a criação do decreto que ao longo dos últimos anos vem tramitando entre os ministérios do Meio Ambiente, Economia, além da Casa Civil. Com a mudança do governo federal, Beto Rosado apresentou uma nova indicação Nº 464/2019, sugerindo a criação do decreto, que foi assinado na tarde desta terça-feira.

 

“A ameaça iniciou em 2013 e vem gerando imensa insegurança jurídica à atividade salineira, inibindo investimentos e gerando desconfiança quanto a sua continuidade por parte de fornecedores e clientes. Se não fosse este decreto, a atividade chegaria em curto espaço de tempo a um verdadeiro colapso, atingindo os mais de 50 mil empregos diretos e indiretos gerados pela indústria”, alertou Beto.

 

A medida do presidente Jair Bolsonaro, tão esperada pelos produtores, obedece aos preceitos estabelecidos no código florestal.  “A medida abrangerá aquelas indústrias consolidadas até o ano de 2008 e sem alternativa locacional, garantindo não só a continuidade do setor salineiro, mas a própria preservação do ambiente hipersalino desenvolvido na região, sempre respeitado pela indústria do sal”, afirmou o vice-presidente do Sindicato das Indústrias da extração do Sal Aírton Torres.

 

Participaram da assinatura do documento o Ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni, os deputados federais Beto Rosado (Progressistas), Fabio Fabia (PSD), Rafael Motta (PSB), General Girão (PSL), João Maia (PL) e o senador Styvenson Valentim (Pode); prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (Progressistas), de Areia Branca Iraneide Rebouças (PSD) e o prefeito de Macau Túlio Lemos (PSD), além dos representantes do setor salineiro Rafael Mandarino, José Mandarino, Aírton Torres, Marcelo Monteiro, Herbert Junior, Frediano Rosado, Francisco Ferreira Souto Filho, Edite Souto, Francisco Aldemir de Souza, Severino Praxedes Sobrinho, Lucivan Praxedes Gomes, Marcos Roberto Alves, Renato Fernandes e David Maranata.

 

História

 

A indústria salineira do Brasil é uma atividade secular. O Rio Grande do Norte concentra 95% da produção de sal do país. A sua área de atuação é composta por 35 salinas situadas no semiárido brasileiro, nos municípios de Mossoró, Grossos, Areia Branca, Macau, Porto do Mangue, Guamaré e Galinhos, denominada região da Costa Branca.

 

A produção anual brasileira é de aproximadamente 7,5 milhões de toneladas, correspondente a 6 milhões de toneladas de sal marinho e 1,5 milhão de sal gema – sendo o sal gema utilizado integralmente de forma cativa, como insumo em determinadas indústrias químicas detentoras de sua exploração. Logo, o sal marinho do Estado do Rio Grande do Norte representa a quase totalidade do sal brasileiro que é negociado para os diferentes segmentos de mercado, seja no Brasil ou no exterior.

 

“Infelizmente, desde o ano de 2013, o setor salineiro está sendo ameaçado de ter que desocupar e restaurar todas as áreas marginais de rios e cursos de água, justamente nas áreas onde ocorre toda a sua produção há praticamente um século. Nesses locais foram construídas todas as benfeitorias que constituem a indústria salineira, tais como cristalizadores, evaporadores, canais, estações de lavagem do sal, estações de bombeamento, áreas de estocagem do sal, portos de embarque, edificações para instalações de beneficiamento de sal, escritórios, oficinas e demais facilidades operacionais dos empreendimentos”, lembra Aírton.

 


Assessoria de Comunicação
Déborah Fernandes

O pernambucano deputado Coronel Azevedo (PSL) foi agraciado com o título de cidadão norte-rio-grandense em sessão solene que aconteceu nesta terça-feira (4), no plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Familiares, autoridades, representantes religiosos, policiais militares, além dos deputados Souza (PHS) e Vivaldo Costa (PSD) prestigiaram o evento.

De acordo com o deputado estadual Souza (PHS), propositor da entrega do título, “é com grata satisfação que prestamos essa homenagem ao Coronel Azevedo. Pode até alguém imaginar que tivemos a iniciativa de oferecer o título pelo simples fato de homenagear um colega de parlamento. Quem assim pensa, está equivocado. Quando apresentamos a proposta, não sabíamos que o deputado ingressaria na vida pública, sendo deputado eleito desta Casa. A propositura foi pelo seu histórico que muito nos orgulha”, disse.

O parlamentar Coronel Azevedo subiu à tribuna para agradecer aos presentes pela homenagem. “A emoção é uma graça de Deus. Estar feliz, emocionado, tocado em minhas mais remotas lembranças em uma trajetória de vida construída pelo sacrifício, para os obstinados é normal, estranho seria frieza. Sou um cidadão de luta. Quero agradecer ao deputado Souza, graças ao seu reconhecimento passo a ser seu conterrâneo, passo a ser o seu irmão. Sem nenhuma vaidade de ser detentor de dois mundos, agora se consolida em mim a honra de ser filho de duas terras. Minha história é a história do nordestino persistente, lutador que não se conforma em sonhar, mas de fazer o sonho virar prática” discursou.

O deputado Andre Azevedo é natural de Recife (PE), formado em Direito pela Universidade Potiguar (1996) e foi eleito para seu primeiro mandato na atual legislatura. Ingressou na Polícia Militar em 1988 e esteve no comando do Bope/RN e do Gabinete de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça. Em 2008, foi promovido a Coronel da PM-RN.

 

 

 

Os policiais e bombeiros militares de Natal, praças e oficiais, deliberaram por unanimidade, em Assembleia Geral Unificada nesta sexta-feira (31), a interrupção das atividades a partir do dia 17 de junho. A reivindicação principal é a atualização salarial e os pagamentos das folhas salariais em atraso.

Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), o déficit salarial dos militares atualmente chega a 60,49%. Ele explica que a categoria não recebe ao menos a reposição inflacionária há cinco anos.

Além disto, os militares do RN possuem o pior salário inicial da Federação na carreira policial, e uma diferença extrema entre as demais forças de segurança. “Os índices de violência têm diminuído em todo o RN, vemos isto sendo noticiado pelos institutos de pesquisa, jornais e até mesmo pelo próprio Governo. Este resultado se dá graças ao sacrifício e abnegação dos militares estaduais, que merecem uma contrapartida do Governo pelo seu bom trabalho”, argumenta o subtenente Eliabe.

A decisão acompanhou o que foi aprovado em Assembleias realizadas no interior do estado, com militares estaduais das regiões de Nova Cruz, Currais Novos, Caicó, Pau dos Ferros, Mossoró e Santa Cruz – que também estiveram presentes na Assembleia desta sexta-feira. Além disso, foram confirmadas as pautas de reivindicação: pagamento das folhas em atraso; pagamento das promoções já efetivadas (abril, agosto e dezembro de 2018); efetivação das promoções referente a 21 de abril; e atualização dos níveis remuneratórios.

 


Daisa Alves
Letra A Comunicação

 

Brevidades. Esse é  o título do novo livro do Juiz Federal Ivan Lira de Carvalho. A obra traz crônicas retratando a trajetória do autor, sobressaindo-se o sertão e o gosto pela música, o interesse pela história, educação e cinema.

O lançamento aconteceu nesta quinta-feira, 30 de maio no Midway Mall. O escritor Ivan Lira  explica que o título tem inspiração em um bolinho muito simples, feito para ser tomado com café ou chá em regiões interioranas de Minas e do Nordeste. Comentando sobre a nova obra diz que “as crônicas que adiante estão são pequeninas, feitas para leitura rápida, de consumo em pouquíssimo tempo. Tanto poderão ser vistas em bloco, como em unidades. De trás pra frente ou em salteado, como quem escolhe os referidos bolinhos de uma bandeja”.

O prefácio é do advogado José Daniel Diniz, membro da Academia de Letras Jurídicas do Rio Grande do Norte. “As crônicas escritas por Ivan Lira de Carvalho retratam a sua trajetória desde o sertão até o mar, na sua porção Curimataú. Como todo sertanejo, Ivan deve ter esperado muito que o sertão virasse mar. Mas, a incerteza sobre se isso vai acontecer, e quando, fez com que ele cuidasse de se acercar do mar. Para tanto, saiu de sua querida Paraíba – onde nasceu – e, graças a Deus, veio habitar o nosso pequeno Estado, que, de grande, tem apenas o litoral e o pomposo nome”, diz um dos trechos.

O Governo do Estado apresentou ao Ministério do Desenvolvimento Regional o projeto para ampliar a segurança da ponte Newton Navarro, em Natal. A obra representa um investimento de R$ 2,8 milhões com o objetivo de prevenir a ocorrência de suicídios no local.

A requisição da verba foi feita pela governadora Fátima Bezerra diretamente ao ministro Gustavo Canuto, em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (29) em Brasília-DF. “Essa ação de segurança na ponte é um compromisso do nosso Governo. O ministro Canuto foi muito sensível ao nosso pedido e vai analisá-lo o mais rápido possível. Recebi os grupos que estão atuando no importante trabalho de acolher as pessoas na ponte. Precisamos vencer essa situação que aflige a todos nós”, comentou a governadora.

O projeto prevê a ampliação dos guarda-corpos laterais, aumentando a segurança e mantendo a funcionalidade da ponte que conecta as zonas Norte e Leste da capital. “Com essa obra a ponte teria toda a segurança para evitar suicídios”, explica o secretário de Estado da Infraestrutura, Gustavo Rosado, que participou da reunião.

A governadora e o secretário ainda trataram de outras ações de infraestrutura no estado que contam com a participação do Governo Federal, como o programa Pró-Transporte e obra de reestruturação viária da Avenida Engenheiro Roberto Freire. A reunião também contou com a presença dos secretários nacionais de mobilidade e Serviços Urbanos, Jean Carlos Pejo, e Segurança Hídrica, Marcelo Borges.

As obras do Pró-Transporte na Zona Norte de Natal se arrastam há vários anos e necessitam de R$ 50 milhões para a conclusão das duas etapas restantes. Fátima requisitou ao ministro a ampliação do financiamento. “Precisamos dar continuidade a esse trabalho de melhoria na mobilidade urbana da Zona Norte, beneficiando milhares de pessoas não só da região, mas também da Região Metropolitana. Certamente agora, com esse pedido, vamos conseguir essa verba e concluir a obra”, disse a governadora.

ROBERTO FREIRE

Ao longo de quase dez anos, impasses travaram a execução da obra de readequação viária da Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul de Natal. Recentemente, a Caixa Econômica Federal, responsável por financiar o investimento de R$ 72 milhões, comunicou ao Governo a necessidade de apresentar um novo projeto de execução em até de 30 dias ou a verba não estaria mais disponível. O comunicado seguia uma determinação do Ministério do Desenvolvimento Regional para tratar do financiamento.

Por isso, a governadora Fátima Bezerra foi ao ministério requisitar a manutenção da verba para o investimento. “A equipe do ministério vai analisar nosso pedido e Governo vai fazer sua parte, que é trabalhar para garantir a verba”, pontuou a chefe do Executivo. A Secretaria de Estado da Infraestrutura será a responsável pela reformulação no projeto. “Neste momento a nossa tarefa principal é cumprir as requisições garantir o financiamento”, afirmou o secretário Gustavo Rosado.

No dia 15 de maio a governadora Fátima Bezerra recebeu membros da Fecomércio-RN, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN (FCDL-RN) e representantes de diversas entidades ligadas ao comércio, hotelaria, restaurantes e bares da região de Ponta Negra para discutir a obra na avenida Roberto Freire. Pela falta de consenso ao redor da obra, o Governo buscou o ministério para tentar assegurar o valor por mais tempo e readequar o investimento em outras ações para melhorar o tráfego na região em parceria com a Prefeitura de Natal. O planejamento prévio indica a realização de ações como a recuperação asfáltica da avenida, reorganização do trânsito e intervenções em vias paralelas.